Em Caribou:

Mistura eletrônica das boas: Floating Points remixa um par de músicas do Caribou

>>

280819_floatingpoints_slider

Duas figuras bastante aclamadas no cenário da música eletrônica, Caribou e Floating Points remixaram seus caminhos em duas novas faixas.

No caso, Sam Shepherd, o britânico de Manchester, botou a mão em um par de faixas de Dan Snaith, sendo elas “Sister” e “Never Come Back”.

081019_caribou

“De princípio, Sam me pediu partes de Sister, a faixa mais íntima e pessoal do meu disco Suddenly, e retrabalhou sua estrutura usando as vozes da minha mãe e da minha irmão, de uma fita K7 velha da minha infância. Mas isso acabou se tornando algo hipnótico e bem bonito. Depois, ele me pediu para retrabalhar Never Come Back. Fiquei muito feliz”, disse o Caribou.

As remixes são as primeiras faixas oficiais de Snaith desde o lançamento do disco Sundelly, lançado em fevereiro.

>>

Brodagem electroindie: Four Tet faz remix cool de “Never Come Back”, do amigo Caribou

>>

140520_fourtet_caribou2

O incansável Four Tet está aproveitando o período de quarentena e se envolvendo em diversas frentes. A última delas é uma remix para um som de outro sujeito talentoso, o Caribou.

A música em questão é “Never Come Back”, que foi lançada originalmente por Dan Snaith no disco homônimo.

“Kieran é parte da minha música antes mesmo dele me remixar. Ele passou horas e horas ouvindo faixas do meu último disco e me dando feedback, assim como em meus álbuns anteriores. Adoro quando as pessoas pensam em nós como aliados musicais de um jeito real e genuíno, como se fossemos uma família, e amo o fato dessas pessoas que nos ouvem se sentem parte disso”, disse o Dan.

Em 2020, Four Tet já lançou um disco cheio, “Sixteen Oceans”, e divulgou de forma gratuita outras cinco gravações não-lançadas oficialmente, incluindo um remix para “Lose My Breath”, das Destiny’s Child.

* Esta é uma boa ocasião para relembrar um DJ set da dupla, em um festival na Carolina do Norte, em 2010.

>>

Após seis anos, Caribou retorna com disco pop perfeitamente imperfeito

>>

081019_caribou

Sujeito bastante plural quando o assunto é música, Dan Snaith lançou nesta sexta um novo disco do seu projeto mais famosos, Caribou.

“Suddenly” está bombando na crítica, tanto que o The Guardian deu nota 5/5 e descreveu o álbum como “perfectly imperfect pop”.

Quando deu pistas do álbum no final do ano passado, Dan disse que estava se sentindo um privilegiado por “gravar músicas todos os dias”. Desde então, ele soltou singles potentes como “Never Come Back” e “You and I”.

Os últimos trabalhos do músico e produtor são o álbum “Joli Mari” (2017) e o EP “Sizzling” (2019), ambos enquanto Daphni. Já o último álbum cheio do Caribou era, até então, “Our Love”, lançado em 2014.

>>

Caribou revela “Never Come Back”, mais uma canção do seu primeiro disco em cinco anos

>>

081019_caribou

O talentoso Dan Snaith está preparando para 28 de fevereiro o lançamento de “Suddenly”, seu primeiro disco em cinco anos enquanto Caribou.

Quando deu pistas do álbum no final do ano passado, Dan disse que estava se sentindo um privilegiado por “gravar músicas todos os dias”.

Deste projeto, Dan divulgou agora o terceiro single, “Never Come Back”, que segundo ele foi a primeira música finalizada para o disco. “Tudo funcionou muito rápido e foi uma daquelas canções bem divertidas de se fazer”.

Os últimos trabalhos do músico e produtor são o álbum “Joli Mari” (2017) e o EP “Sizzling” (2019), ambos enquanto Daphni.

O novo single pode ser ouvido abaixo.

>>

Dan Snaith reincorpora o Caribou, lança novo single, e promete disco novo para 2020

>>

091214_caribou

Em outubro, o esperto Dan Snaith reativou seu alter-ego Caribou e soltou “Home”, que naquela altura era sua primeira canção em cinco anos.

Agora ele anunciou um novo álbum, “Suddenly”, o sucessor de “Our Love”. Junto com o anúncio, veio outra inédita, “You and I”.

“Eu estou gravando música todo dia e eu amo isso. Me sinto privilegiado”, disse o Dan.

A data escolhida para o lançamento de “Suddenly” é 28 de fevereiro. Os últimos trabalhos do músico e produtor são o álbum “Joli Mari” (2017) e o EP “Sizzling” (2019), ambos enquanto Daphni.

* A capa.

041219_caribou_capa

>>