Em carne doce:

CENA – Todo Carnaval tem seu indie: Cordel do Fogo Encantado vai agitar o Guaiamum Treloso Rural, em Pernambuco. Carne Doce, Jaloo e Marrakesh também estão no line-up

>>

1 - cenatopo19

Foto: Tiago Calazans

Foto: Tiago Calazans

Já reparou como nossa gaaaaaama de festivais indies está cada vez mais… eclética? Veja bem. Essa absurda produção de eventos independentes no Brasil, que acontece no mato, na cachoeira, no cimento, na praia, nas metrópoles, nas cidadezinhas, no meio do nada, no meio de tudo, vai culminar na 4ª edição do Guaiamum Treloso Rural, na região de Camaragibe-PE.

O evento, que vai acontecer na Fazenda Bem-Te-Vi, dia 9 de fevereiro, é promovido pelo Guaiamum Treloso, um dos blocos pré-carnavalescos mais tradicionais e legais de Pernambuco, no auge de seus 25 anos.

Depois de escalar nomes como Carne Doce, Ana Frango Elétrico, MC Carol, Marrakesh e Jaloo, a Popload entrega que o lindo Cordel do Fogo Encantado também está na programação. Oriundo de Arcoverde, também estado de Pernambuco, o Cordel do Fogo Encantado tem realizado shows de seu mais recente disco, “Viagem ao Coração do Sol”, lançado em abril.

Outra novidade incrível para a edição 2019 é a criação do ingresso verde, que dá desconto no preço de inteira e parte da arrecadação será destinada à geração de uma contrapartida ambiental permanente que será implementada ao longo das semanas pós-evento.

SERVIÇO – Guaiamum Treloso Rural 2019
Local: Fazenda Bem-Te-Vi – Estrada de Aldeia, km 13, Camaragibe – PE
Horário: A partir das 14h
Ingressos LIMITADOS: 2º Lote: R$ 55 (meia), R$ 80 (ingresso verde) e R$ 110 (inteira)
Ingressos Expresso Treloso: R$ 20 – Shopping Plaza, Shopping Recife e Shopping Tacaruna
Link para compra online: https://www.sympla.com.br/guaiamum-treloso-rural-2019__341009

* A entrada de maiores de 18 anos é liberada com a apresentação da carteira de identidade ou documento oficial com foto.

* Já os maiores de 16 e menores de 18 anos, é necessária a autorização conforme modelo (LINK) assinada e reconhecida a firma em cartório por pais ou responsável legal. Os menores de 16 anos só entrarão acompanhados pelos pais ou responsável.

>>

Respeita as mina! L7 e Carne Doce vão tomar conta de BH nesta quinta. Quer ingressos?

>>

180618_L7_slider

No público, muita barba e cabelo branco misturados num mar de camisas de flanela. No palco, quatro senhoras de respeito voltando ao país depois de 25 anos. E com o gás de antes e o mesmo apelo para hits. Foi mais ou menos assim o cenário do show do L7 em São Paulo, no último final de semana.

O L7 tem uma fórmula pra canção chiclete que se mantém intacta mesmo após um hiato da banda. Das 20 músicas do setlist, dá para dizer que mais da metade eram cantadas do começo ao fim. A verdade é que mesmo as mais desconhecidas ou novas também não deixaram a desejar, com refrões grudentos fazendo com que os velhos/novos grunges cantassem juntos. E muita gente saiu do Tropical Butantã achando que foi um dos grandes shows de um ano recheado de shows.

Nesta quinta, as meninas ícones do Riot Grrrl vão fechar sua turnê em grande estilo no país com um show imperdível em Belo Horizonte, no Mister Rock (Av.Tereza Cristina, 295, Prado). Como se não bastasse toda a bagagem de seis discos bastante honesta, a banda norte-americana ainda terá como show de suporte o nosso lindo e incrível Carne Doce, que tem também na vocalista Salma Jô uma vertente feminista de respeito, apresentando o show de seu novo disco, “Tônus”.

pf_carnedoce

Os ingressos para o show, promovido pelo Queremos!, custam R$ 80 e podem ser adquiridos aqui.

Mas, como a Popload é camarada, a gente coloca para sorteio 2 PARES DE INGRESSOS para o rolê. Basta enviar um e-mail para lucio@uol.com.br com nome completo e RG, com o assunto “L7 BH”. O resultado sai nesta quinta, dia do show, por volta de 13h. Bora?

>>

BH é das mina! L7 anuncia show na capital mineira em dezembro, com o Carne Doce abrindo

>>

180618_L7_slider

Além do Noel Gallagher em novembro, Belo Horizonte também vai contar com um certo clima 90’s no mês seguinte, já que as meninas do L7 anunciaram show na capital mineira. A apresentação acontecerá dia 6 de dezembro, uma quinta-feira, no Music Hall. Os ingressos já estão disponíveis em pré-venda, custando R$ 70.

O show será promovido pela galera do Queremos! e terá como atração de abertura a deliciosa banda goiana Carne Doce, que está na estrada mostrando seu novo disco, “Tônus”. Vale lembrar também que o quinteto de Goiás tem à sua frente a talentosa Salma Jô, só reforçando o título de que BH é das mina.

Já o L7, que também toca no Rio e em SP, está em ritmo de retomada. Banda de meninas que fez bastante barulho no grunge, quando o grunge era o gênero que mais fazia barulho no mundo, o L7 vai voltar ao Brasil após 25 anos do inesquecível show no Hollywood Rock. O quarteto de Los Angeles, uma espécie de Nirvana de saias, ajudou muitas outras bandas femininas a se formarem na América nos anos 90 e continua exercendo influência por aí. Depois de um longo período de inatividade, de quase 15 anos, a banda voltou aos palcos em 2014. Do ano passado para cá, soltaram duas músicas novas, “Dispatch from Mar-a-Lago” e “I Came Back To Bitch”.

Rolê bom, hein mineirada?

pf_carnedoce

>>

CENA – Salma na luz negra e Radiohead na bateria. Carne Doce lança primeiro single do álbum novo. Em vídeo hot

>>

1 - cenatopo19

* No Dia dos Namorados, os goianos do Carne Doce, uma banda-casal, lançaram o primeiro single do novo disco, “Nova Nova”. Atração do último Popload Festival, o excelente grupo de Salma e Macloys se prepara para divulgar, nos próximos meses, o seu terceiro disco, segundo eles, o mais “diferente” de todos até aqui. A gente já falou do álbum aqui e inclusive apresentou a bastante famosa capa dele, com exclusividade.

Na faixa escolhida para abrir as divulgações, o Carne Doce mostra um arranjo bem mais complexo do que os sons apresentados em seu último e muito elogiado “Princesa”. A banda traz efeitos e ritmos quebrados, lembrando até alguns arranjos da banda de Thom Yorke.

O single marca a sua nova fase depois de uma turnê de dois anos por todo o Brasil, tocando semanalmente em diversos estados do país e testando algumas das faixas que agora estão no, ainda sem nome, novo álbum. Na turnê de “Princesa”, Salma Jô e companhia executaram alguns poucos arranjos das canções novas, mas ainda sem ter registrado nada, nem versões gravadas por fãs.

2 - capa _single

Junto do single, a banda ainda divulgou um vídeo gravado e protagonizado pelo casal. As imagens trazem a vocalista dançando lentamente com a sua meia arrastão sob a luz negra, usando a mesma identidade visual da capa. As imagens foram gravadas por Mac e a edição do vídeo tem assinatura do diretor Larry Machado.

Diferente do disco anterior, gravado em São Paulo no estúdio da Red Bull, esse último a banda vem produzindo em sua terra natal, Goiânia. O dia a dia das gravações pode ser acompanhado em um diário online escrito pela banda e publicado frequentemente neste link > https://medium.com/@carnedoce

“Nova Nova” em som e imagem pode ser conferido logo abaixo. Alertamos, as imagens podem ser hipnotizantes demais para o horário de trabalho. Assim como a capa do single. E do álbum.

>>

CENA – Popload apresenta a “tal capa” do novo disco da banda Carne Doce

>>

1 - cenatopo19

* Depois de um zunzunzum nos bastidores indie, são enfim reveladas a capa e algumas infos sobre o próximo disco da banda goiana Carne Doce, uma exclusividade Popload. O álbum, ainda sem nome divulgado e que sairá em algum dia de julho a ser definido, é o sucessor do disco “Princesa”, de 2016, que fez a banda ser conhecida nacionalmente e tocar em tudo quanto é festival, inclusive num tal de Popload Festival. O terceiro disco do Carne Doce conta com o patrocínio do selo Natura Musical.

Algumas coisas se sabem sobre o novo disco da banda liderada pelo casal Salma Jô e Macloys Aquino, formada em 2013. Ele será mais introspectivo do que os trabalhos “desbocadamente” femininos , no sentido político, dos dois anteriores, sem deixar de roçar muito nesses temas. Mas vai ser algo mais “virado para dentro”, digamos. Mais sarcástico.

“Eu cato as sobras / Dos teus sinais / Eu sou a sobra / Junto com as sobras / Eu não sou mais”, canta Salma Jô em “Comida Amarga”, uma das novas faixas do terceiro Carne Doce. “Andei na história sentindo o vento / Sangue correu, secou e tal / Engatilhei meus vinte dedos / Me espera sentada uma moral”, diz a letra de ‘Golpista'”. As duas novas músicas já ganharam performance ao vivo nos últimos shows da banda, presentes inclusive nos recentes festivais Bananada e XXXbórnia.

Tanto o novo disco quanto sua capa exploram a feminilidade latente de Salma Jô, a hipnótica vocalista do Carne Doce, que canta à frente de um excelente quarteto de músicos homens.

“O disco tem ainda um forte caráter feminino porque sou eu que escrevo as letras dele. E eu escrevo muita coisa a partir do que eu sinto, mesmo. Foi assim no primeiro disco, foi assim no segundo e será nesse terceiro. Mas acho que a gente não deve ser identificado agora como uma banda ‘feminista’, como acabou acontecendo com o ‘Princesa’. Porque as letras não vão ser mais discursivas nesse sentido. Elas vão mais narrar sentimentos, mesmo”, afirmou à Popload a cantora Salma Jô.

A CAPA: Numa pesquisa de imagens na internet, Salma e Macloys acharam uma imagem que vinha ao encontro de uma inspiração que buscavam e fosse ligada às ideias do novo disco. Algo desse conceito estético que transmitisse a introspecção do vindouro terceiro álbum, dessa virada “para dentro”. E deu numa fotografia da Salma Jô vestindo apenas uma meia arrastão branca e enrolada em carretel de linha branca, tirada e produzida sob blackout e luz negra por seu marido e guitarrista da banda Macloys Aquino. A qual a Popload mostra agora.

Capa Carne Doce (1)

** A foto de Salma na homepage da Popload é de Rodrigo Gianesi.

>>