Em cloud nothings:

O defunto nem esfriou e o Cloud Nothings já lançou seu novo disco, o segundo em menos de dois anos

>>

240117_cloudnothings2

Este 19 de outubro também nos reserva o lançamento de “Last Building Burning”, novo disco do quase sempre veloz Cloud Nothings, banda indie norte-americana que tem um pezinho no hardcore e é liderada pelo distinto Dylan Baldi.

O álbum sai mais ou menos um ano e meio depois de seu antecessor, “Life Without Sound”, que fez certo barulho no ano passado, mas que estava até meio fresco, ainda.

“Last Building Burning” é puxado pelos singles “The Echo Of The World”, “Leaving Him Now” e “So Right So Clean” e está disponível também nas plataformas digitais como Spotify e Apple Music.

>>

Cloud Nothings lança “So Right So Clean”, mais um single do disco novo que sai semana que vem

>>

240117_cloudnothings2

Na próxima semana, o prolífico e acelerado Cloud Nothings, banda indie quase hardcore de Cleveland e dos nomes mais legais da cena alternativa nos últimos tempos, vai lançar seu novo disco, “Last Building Burning”.

O projeto aparece tipo um ano e meio depois do bom “Life Without Sound”, lançado ano passado, e acabou de ganhar seu terceiro single.

Depois de “The Echo Of The World” e “Leaving Him Now”, a trupe do distinto Dylan Baldi lançou nesta terça-feira “So Right So Clean”, som um tanto mais melódico, com vocal feroz. “So right, so clean / But does it mean anything / No!”, canta o Dylan.

“Last Building Burning” chega às lojas dia 19 de outubro.

>>

O Cloud Nothings vai lançar seu novo álbum na sexta, mas já lançou. Sacou?

>>

240117_cloudnothings2

Chega ao mercado na próxima sexta-feira, 27, o aguardado novo álbum do Cloud Nothings, banda indie quase hardcore de Cleveland e dos nomes mais legais da cena alternativa nos últimos tempos.

O novo disco é “Life Without Sound” e foi produzido por John Goodmanson, o cara que costuma conduzir os trabalhos do incrível Sleater-Kinney.

A ferocidade sonora do Cloud Nothings ganhou um certo ar de sofisticação melódica nas mãos de John e é isso que podemos conferir com a audição do álbum na íntegra, a quatro dias de seu lançamento oficial. Vamos?

>>

As deliciosas sobras do disco do Wavves com o Cloud Nothings começaram a aparecer

>>

230216_wavves2

Ótima banda californiana de garagem com um pé no punk zoado, o Wavves lançou no fim do ano passado um disco colaborativo com outra banda incrível, a indie-quase-hardcore Cloud Nothings. “No Life For Me” rendeu tanto material bom que agora o pequeno gênio Nathan Williams resolveu soltar mais registros inéditos da parceria.

Dentro da série mensal de singles do selo Ghost Ramp, do próprio vocalista do Wavves, foi lançado o single “I Find”, que tem como lado-b a versão demo da canção que deu título ao disco cheio do fim do ano passado.

“I Find” conta ainda com a participação do Rostam Batmanglij (Vampire Weekend) na guitarra. As duas faixas podem ser ouvidas abaixo.

>>

O Cloud Nothings está nu. E foram seus amigos que o despiram

>>

160415_cloud2

Enquanto aproveita um rolê pela Califórnia, onde é uma das atrações do festivalzaço Coachella, o grupo indie quase hardcore Cloud Nothings anunciou para este fim de semana o lançamento de um projeto exclusivo para o Record Store Day, que acontece sábado agora, 18.

O grupo de Cleveland convidou alguns amigos da região para remixarem faixas de seu mais recente disco, “Here and Nowhere Else”, lançado ano passado. Os convites partiram do vocalista e líder da banda, Dylan Baldi, que convocou gente como Outer Space, Factorymen e Goldberg, para mostra um outro lado do Cloud Nothings em “Here And Nowhere Else (In Wingdings)”.

O resultado em 8 faixas foi mais um trabalho experimental do que eletrônico, como o termo remix pode sugerir. O álbum retrabalhado será lançado em vinil e está disponível para audição gratuita, em oferecimento da própria banda.

>>