Em colbert report:

Colbert para a "M.I.A." – "Tenho que dançar sua música e ainda pensar?"

>>

Screen Shot 2013-11-21 at 12.08.37 PM

Screen Shot 2013-11-21 at 12.08.18 PM

* Nossa amiguinha electroworld-rapper M.I.A., autora de um dos grandes álbuns do ano (o poderoso “Matangi”, lançado dias atrás) e que há pouco tempo chacoalhou festinha da moda no Ibirapuera, foi entrevistada ontem pelo grande Stephen Colbert, jornalista-palhação da TV americana. E, você deve concordar comigo, Colbert, que apresenta o imperdível “The Colbert Report”, é o melhor entrevistador dos EUA. Vai direto no que a gente sempre quer saber.

É genial o começo da abordagem em que Colbert diz não entender por que ela faz música política em cima de dance music. “Dance music é para eu me levantar e requebrar. Em sua música eu tenho que dançar e pensar ao mesmo tempo?”

Dentro de um contexto engraçado e “sério”, falando de Sri-Lanka, Estados Unidos, Inglaterra e questões políticas, M.I.A. foi questionada por Colbert sobre o que ela achava dele, Colbert: “Hum. Eu não sei. Nunca assisti a esse programa e…”. A cara que o Colbert fez, sob um barulho de “Oooooooh” vindo da plateia, foi impagável.

O vídeo da entrevista toda e de M.I.A. desempenhando ao vivo a ótima “Y.A.L.A”, acompanhada de sua DJ e de uma dançarina style, está aqui embaixo. A música em si começa lá pelo minuto 4:00. O resto é o papo bacana dela com Colbert. Recomendado.

Tem mais. Exclusivo para a porção virtual do “Colbert Report”, M.I.A. manda “Come Walk with Me”, outra faixa de “Matangi”.

>>

TVhead: o Radiohead na TV

* Nossa banda favorita, a britânica Radiohead, cumpriu mais uma agenda na TV americana. Nesse giro rápido por Nova York, o grupo de Thom Yorke, que já tinha passado sábado pelo lendário “Saturday Night Live” para lindas performances (você viu os vídeos lá embaixo, imagino), agora participou com quatro músicas ao vivo no programa do maluco Stephen Colbert. A apresentação foi ontem, não só com músicas, mas também respondendo “difíceis perguntas” de Colbert, impagável comediante político americano, do Comedy Central. O programa tinha seu foco zoeira para cima de, tipo, “alianças corporativas”, coisas, pessoas, bandas que se vendem pelo dinheiro do patrocinador etc. A “cara” do Radiohead.

– Vocês são a principal banda de todos os tempos. Como começaram a carreira? No “American Idol”, no “X-Factor”, no “Britains Got Talent”…?
– Errr. Não somos esse tipo de banda…
– Não? Mas é assim que as bandas começam aqui na América.

As músicas tocadas pelo Radiohead ontem no “Colbert Report” foram, na ordem, “Codex”, “Bloom”, “Little by Little”, todas do mais recente disco “The King of Limbs”, e a famosa “The National Anthem”, que aparece como “bônus da internet” do programa de Stephen Colbert.

Estão todas aí embaixo, incluindo a divertida entrevista. Se você manja um pouco de inglês, vale a pena atravessá-la. Colbert pergunta do “seu jeitinho” por que a banda é tão contra as grandes corporações, se elas são tão bacanas, geram empregos e tal. No primeiro vídeo, são cinco minutos de entrevista até entrar “Codex”. Enfim, está tudo aí embaixo.

Ladies and gentlemen, Radiohead. Comente.

O Radiohead toca amanhã e quinta no Roseland Ballroom, em Nova York. Óbvio, estaremos acompanhando daqui os shows.