Em conor oberst:

Enfim, aconteceu. Conor Oberst reúne o Bright Eyes e lança a primeira música do grupo em quase uma década

>>

210120_brighteyes2

Em janeiro deste ano, o cultuado Conor Oberst chocou o mundo indie ao informar que iria retomar os trabalhos com o Bright Eyes após quase uma década. A notícia inicial foi a de que o grupo faria uma série de shows agora em março, todos obviamente cancelados devido ao coronavírus.

No entanto, o pacote do retorno do Bright Eyes também vai incluir o lançamento de um novo disco, já que a banda formalizou uma parceria com o selo Dead Oceans. O último deles até o momento é “The People’s Key”, que saiu em 2011.

Agora, Conor e seus parceiros apareceram com uma nova música, “Persona Non Grata”, a primeira deles em nove anos. Junto, eles confirmaram que, SIM, vai sair um disco novo este ano.

A nova faixa pode ser ouvida abaixo.

250320_brighteyes_carta

>>

Agora vai! Conor Oberst retoma os trabalhos com o Bright Eyes, que vai fazer shows e lançar disco após quase uma década

>>

210120_brighteyes2

Um dos diversos projetos do pequeno gênio Conor Oberst, o Bright Eyes está preparando o retorno aos palcos após quase uma década.

A primeira aparição do grupo será em Tóquio, no mês de março, e as datas seguirão em cidades como Los Angeles e Nova York, em maio, e no festival inglês End of the Road, em setembro. No total, serão cinco shows.

O grupo também formalizou uma parceria com o selo Dead Oceans, pelo qual lançará um novo disco provavelmente neste ano. O último álbum da banda é “The People’s Key”, que saiu em 2011.

No início deste ano, eles chegaram a soltar uma espécie de teaser misterioso. O que é que pega, Conor?



210120_brighteyes3

>>

O Oscar também é indie: Conor Oberst e Phoebe Bridgers reeditam dueto de “Shallow”, da Lady Gaga com o Bradley Cooper

>>

020419_better_oblivion2

O imparável Conor Oberst, sujeito do Nebraska conhecido especialmente pelo seu trabalho com o bem bom Bright Eyes, está na estrada com seu novo projeto, Better Oblivion Community Center, que ele toca com a cantora Phoebe Bridgers.

Em turnê divulgando o álbum homônimo e de estreia, lançado em janeiro, o duo tem dedicado uma parte de seus shows a versões covers. Já rolou “Title and Registration”, do Death Cab for Cutie, e “Human”, do Killers. Mas, agora, eles ousaram e foram longe demais.

Em show no Brooklyn, na noite de ontem, a dupla arriscou nada menos que “Shallow”, a canção chiclete que resume o filme “A Star Is Born”, trilha vencedora do Oscar deste ano e cena eternizada por um dos maiores duetos do cinema nos últimos tempos, envolvendo Lady Gaga e Bradley Cooper.

Quem apareceu para dar uma força na versão foi o guitarrista e produtor Nick Zinner, do Yeah Yeah Yeahs.

E a versão ficou bem boa, hein?

>>

Olha só quem apareceu… Conor Oberst lança duas músicas novas, lindas e de graça

>>

090317_conor2

Sujeito talentoso e eclético, Conor Oberst liberou online duas músicas inéditas que serão lançadas no início do ano que vem, em tiragem limitada em vinil. Ele, bem conhecido pelo seu trabalho com o harmonioso Bright Eyes, mas que também tem seu lado punk com o projeto Desaparecidos, lançou seu último disco ano passado.

As novas canções são “No One Changes” e “The Rockaways”, ambas com pegadas mais intimistas. As canções estarão nas lojas, em vinil, dia 1º de fevereiro.

Mês passado, Conor também mostrou a inédita “LAX”, em uma session para a Amazon Music. No fim deste mês, ele tem dois shows marcados com o veterano cantor norte-americano John Prine, em Kansas e Omaha.

>>

Killers, Conor Oberst, Ezra Koenig… Aumenta a fila de homenagens ao já saudoso Tom Petty

>>

Foto: CMGA360

Foto: CMGA360

Passada uma semana da atribulada morte de Tom Petty, músicos e bandas continuam prestando suas homenagens ao talentoso músico norte-americano, um dos mais reconhecidos de sua época, que nos deixou aos 66 anos, vítima de um ataque cardíaco.

O Killers, por exemplo, que vem ao Brasil no Lollapalooza do ano que vem, tocou duas canções de Tom Petty no show de ontem, em Austin, dentro do Austin City Limits Festival. A banda de Brandon Flowers mostrou para o público as faixas “American Girl” e “The Waiting”.

Já o Ezra Koenig, do Vampire Weekend, dedicou o mais recente episódio de seu programa de rádio na Beats 1, Time Crisis, a Tom Petty. Durante o programa, Ezra discutiu com Jake Longstreth a carreira de Petty e ainda fez uma cover de “Free Fallin'”, sua canção favorita, que pode ser ouvida aqui.

Quem também rendeu homenagem ao lendário artista foi o cultuado Conor Oberst, que em um show na sexta-feira, no festival Hardly Strictly Bluegrass, cantou a bela “Walls” com o Felice Brothers, mesma canção que eles fizeram cover junto ao Bright Eyes há mais de dez anos.

As releituras do Killers e do Conor podem ser vistas abaixo.



>>