Em cruel world:

Um festival para indie raiz não botar defeito. Vem aí o Cruel World, com Morrissey, Blondie, Bauhaus e grande elenco. Só que na Califórnia…

>>

Morrissey Performs at The Anthem in Washington, D.C.

A “velharada indie”, com todo o devido respeito, está em festa. É que a gigante Goldenvoice, produtora responsável por eventos como o Coachella, resolver fazer um festival voltado para a galera que já era indie lá nos anos 80.

Dia 2 de maio, a cidade de Carson, na Califórnia, vai receber o Cruel World, festival que reunirá grandes ícones da new wave, do pós-punk, do gótico e tudo mais.

Entre as atrações estão Morrissey, o Bauhaus com formação original, o Blondie, o Devo e o Echo and the Bunnymen. Tem ainda Gary Numan, Marc Almond, KVB, Violent Femmes, The Psychedelic Furs, Public Image LTD. e até o She Wants Revenge. Pensa…

Os ingressos serão colocados à venda nesta sexta-feira, 14 de fevereiro. Animou?

110220_cruel

>>

Tudo bem lindo. Phantogram tocando Radiohead em session na Austrália

>>

Captura de Tela 2017-01-17 às 8.22.30 AM

* O belo duo electroindie Phantogram, de Nova York, passou o Réveillon na Austrália, e aproveitou os primeiros dias do ano para fazer shows e mostrar seu mais recente álbum, “Three”, o terceiro (jura?!), em Sydney. Obviamente, caíram nos estúdios da espetacular rádio local Triple J para uma session básica.

É muito singular ouvir a Triple J aqui do Brasil, pelo seu ótimo app. Com a diferença de fuso que gira em torno das 12 horas, ouvir a Triple J numa manhã calma é às vezes pegar a programação, lá, de uma bombada noite. E vice-versa. Você querer algo “mais animado”, à noite aqui, é encontrar os DJs tocando músicas “maneiras” lá. Enfim.

E lá foi o Phantogram fazer uma participação em especial para a rádio. Eles da Triple J tem o excelente “Like a Version”, que incentiva os visitantes a tocarem uma música cover de alguém “fora da casinha” do artista em performance.

Daí que Sarah, Josh e banda sacaram uma espetacular versão para “Weird Fishes/Arpeggi”, musicaça do “In Rainbows”, disco de 2007 da turma do Thom Yorke. De chorar.

O Phantogram tocou também a bela “Cruel World”, de seu álbum lançado em outubro do ano passado.

Oh, Sarah.

>>