Em crutch:

Band of Horses resolveu aparecer. Com disco novo depois de cinco anos e música sobre relacionamentos acabados

>>

* A gente não sabia que a saudade estava tão grande até a banda indie americana Band of Horses, de Seattle, ter lançado ontem sua primeira música em anos, a grudenta “Crutch”, que vai puxar o novo álbum, “Things Are Great”, o primeiro disco deles depois de mais de meia década de sumiço do estúdio. Mas o sexto álbum da banda de Ben Bridwell só sai em 21 de janeiro de 2022.

O novo gás da Band of Horses já vai fazer o grupo sair em turnê agora em outubro quando no dia 18 começa uma residência de três noites no Brooklyn Made, em Nova York. São dez datas ao vivo marcadas, até meio de novembro. São dez faixas novas que vão estar em “Things Are Great”, que a gente acredita ser um lindo nome de disco agora que a pandemia parece estar mais controlada toc.toc.toc.

O papo em “Crutch” é delicado. E Bridwell disse que é sobre a vida real dele. “Crutch”, em inglês, é muleta. No caso da música, relacionamentos que funcionam só como muleta para a vida. “Eu sinto que todo mundo tem tido seu momento em que nada parece estar certo, mas mesmo assim continua. Acho que essa música pode pegar em você mesmo se você nao saiba muito bem o que por quê.”

Então tá.

>>