Em damage:

Adele e H.E.R., cada uma com seu jeitinho, abalaram o “Saturday Night Live”

>>

Captura de Tela 2020-10-26 às 8.48.33 AM

* Noite de gala no “Saturday Night Live”, que aconteceu, vamos lá, sábado à noite e ao vivo na TV americana. A ultrafamosa cantora britânica Adele apareceu com seu new shape pela terceira vez no lendário programa, mas desta vez para comandá-lo, não como atração musical (como em 2008 e 2015). Nessas, Adele chamou para ocupar o palco do “SNL” a maravilhosa H.E.R. (foto acima), persona da cantora e multiinstrumentista Gabriella Wilson, apesar da pouca idade (23 anos) já um grande nome do R&B americano.

H.E.R., que esteve no Rock in Rio do ano passado, cantou dois novíssimos singles, “Damage” e “Hold On”, com sua banda toda usando camisetas pretas com a frase #EndSARS, um movimento social estrangeiro para jogar luz na barra pesada polícia da Nigéria, o esquadrão SARS, cruelmente famoso pela brutalidade. O pai de Gabi Wilson é nigeriano.

Neste “SNL” de sábado, teve ainda o último debate entre Alec Baldwin (Donald Trump) e Jim Carrey (Joe Biden). E, veja, Adele até cantou sim. Mandou um monte de trechinhos de seus hinos (“Someone Like You”, “Hello”, “Rolling in the Deep”) ali no meio de uma paródia para cima da série de TV de encontros amorosos “The Bachelor”. Temos provas.

Que cardápio!!!

>>