Em dave grohl:

Liam Gallagher confirma que Dave Grohl está em sua nova música e entrega “sem querer” que o irmão Noel tocará no Glastonbury. Entre outras muitas coisas…

>>

260719_liam_slider

Liam Gallagher concedeu algumas entrevistas na imprensa no dia de hoje para promover o lançamento oficial de seu novo single, “Everything’s Electric”, mostrado aqui na Popload ainda ontem. Toma, BBC. Com bom humor, quem diria, Liam antes de tudo confirmou que, de fato, Dave Grohl participa da faixa como um dos compositores e também fazendo os trabalhos de baterista.

A historinha boa por trás da música é que ela não faria parte do álbum até os 45 do segundo tempo. “Tínhamos terminado as gravações e eu já estava em um pub para comemorar e relaxar, quando meu produtor ligou dos Estados Unidos e disse: ‘Não beba hoje. Nem amanhã’. Eu e Dave temos uma música aqui para você”, disse o irmão do Noel ao Chris Moyles, na Radio X. O produtor, no caso, é o bombado Greg Kurstin, responsável pelos outros discos solo de Liam e que trabalha com o próprio Foo Fighters, além de outros nomes como Paul McCartney, The Shins e Adele.

Diz o Liam que as gravações do novo single, derradeira faixa das 12 do disco, foi remota. “Greg e Dave estavam em Los Angeles, na Califórnia. E eu estava na ‘ensolarada’ Londres”, disse, com sua ironia peculiar. Ainda sobre o álbum, “C’Mon You Know”, que será lançado dia 27 de maio, Liam também falou que se trata de um registro “80% peculiar, mas ainda muito bom”, e que apenas “20% do disco se parece com o single”.

O ex-vocalista do Oasis, famoso por suas mil confusões desde antes da banda ser fundada, disse que está mais tranquilo e disciplinado, já que neste ano completará 50 anos em setembro. Ele contou, por exemplo, que não bebe nem fuma em dias próximas aos shows e toma apenas “chá de jasmim” para tratar a voz. Liam disse ainda que não está correndo nas suas mais, apenas “caminhando pra caralho”, porque está velho. E reclamou que as ressacas estão durante mais: “Estivemos por uma semana em Mustique para comemorar o aniversário da minha mulher e estou me recuperando até hoje. Uma merda”.

ENTREGANDO O IRMÃO

Desta vez, Liam não andou falando muito do seu irmão e alma gêmea Noel, mas aprontou uma para cima do seu ex-parceiro naquela banda.

Em outra entrevista, esta para a BBC, um fã perguntou se Liam tocaria no Glastonbury deste ano. Enfático, Liam disse que não, e acabou dando o spoiler de que Noel será uma das atrações a serem anunciadas mês que vem. “Não vou tocar. O Glastonbury não é grande o suficiente para meu irmão e eu. Por mais que o Glastonbury seja gigante, não é grande o suficiente para dois Gallagher”.

090916_oasis_slider

De toda forma, Liam fará diversos shows a partir do meio do ano e deverá anunciar novas datas nas próximas semanas. Ele antecipou que a turnê terá provavelmente “10 músicas solo e 10 músicas do Oasis” no setlist em média. Na próxima terça, Liam será uma das atrações musicais do tradicional Brit Awards. “Eles precisam de mim”, resumiu.

>>

Lá vem o Liam Gallagher com a sua música nova e elétrica. E ainda com o Dave Grohl na bateria, parece

>>

030222_liam2

Nas próximas horas, as plataformas oficiais de streaming colocarão para rodar o novíssimo e aguardado single do adorado Liam Gallagher.

“Everything’s Electric” abre oficialmente os trabalhos para “C’mon You Know”, terceiro disco solo de estúdio do irmão do Noel, que enfim se reencontrou de forma surpreendente desde o fim do Oasis, láaa em 2009.

A faixa, ao que tudo indica, conta com nada menos que Dave Grohl como um dos compositores ao lado de Liam. O líder do Foo Fighters também seria o responsável por tocar bateria na faixa. Tudo isso está na condicional ainda porque não houve confirmação oficial das partes envolvidas, mas sites técnicos voltados para produção de música creditam o astro americano no single do ícone do rock inglês.

A parceria nem chega a ser tão surpreendente, já que Liam e Dave cultivam uma boa relação desde os tempos em que o Foo Fighters chegou a abrir shows do Oasis, coisa de mais de 15 anos atrás. E o próprio Liam já abriu shows do FF recentemente e tem novos encontros marcados para este ano, especialmente em Madrid e no Rock In Rio Lisboa.

Dave, por outro lado, já falou mais de uma vez que o Oasis foi “a melhor banda de rock que ele já viu” ao vivo.

Existe até uma passagem interessante envolvendo Dave e Liam. Em 2017, o ex-Oasis participou de um festival promovido pelo Foo Fighters na Califórnia – Cal Jam – e em um determinando momento do show dos americanos o Liam cantou “Come Together”, dos Beatles. O detalhe é que ele estava mais do que chapado, esqueceu a letra, pegou a colinha, chamou uma moça do público para cantar junto, e em seguida se jogou na galera. Gênio.

* “Everything’s Electric”, a nova do Liam, pode ser ouvida abaixo. O Gallagher caçula tem shows gigantes marcados para o meio do ano, incluindo duas apresentações com 160 mil ingressos esgotados na famosa Knebworth House, onde o Oasis fez história no meio dos anos 90, dando origem até a um filme.

** Update: Abaixo, o lyric video do novo single de Liam, lançado hoje:

>>

POPNOTAS – Coldplay anuncia hoje os outros shows da turnê por aqui. Dave Grohl encerra a Hanukkah Sessions com Clash e Kiss. Phoebe Bridgers toca uma do Tom Waits. E a ganhadora do livro brasileiro do Mark Lanegan

>>

– O enorme grupo Coldplay deve anunciar hoje outras datas de shows na América do Sul em 2022, ancorada em sua participação no Rock in Rio, no dia 10 de setembro. Pelo menos uma das datas da turnê “Music of the Spheres” está prevista para acontecer no Allianz Parque, laureada arena de São Paulo. Vão ter outros no Brasil. A colorida banda de Chris Martin deve botar para circular junto, também, a cantora americana-nascida-cubana Camila Cabello, como fez com a britânica Dua Lipa, da última vez, em 2017. Peru, Colômbia, Chile e Argentina estarão neste rolê. A gente atualiza esta nota conforme as notícias oficiais chegarem.

***

– O chapa Dave Grohl encerrou neste final de semana, com músicas de Clash e Kiss, as duas últimas performances da Hanukkah Sessions, o projeto anual que ele e o produtor amigo Greg Kurstin fazem para prestar homenagens musicais à famosa festa judia. As noites 7 e 8 foram de, respectivamente, “Train in Vain”, clássico da banda punk inglesa, e “Rock and Roll All Nite”, outro hit universal dos cara-pintada mais famosos do rock americano. Nesta última session, em que Kurstin faz todas as guitarras no sintetizador, sempre com Grohl na bateria lembrando seus tempos nirvânicos, o vídeo traz os dois dando rolezinho de carro em Los Angeles, com as pinturas do Kiss na cara.

***

– A loirinha californiana Phoebe Bridgers continou sua boa mania de fazer covers legais, desta vez lançando oficialmente, da sexta-feira, “Day After Tomorrow”, do grande cantor trovão, compositor e ator americano Tom Waits. A música, de 2004, é um hino antiguerra de Waits, sobre um soldado voltando para casa depois de uma batalha. No sábado Bridgers, que veremos de pertinho em março no Lollapalooza Brasil, participou da série de TV “Austin City Limits” cantando “I Know the End”, não por acaso a última faixa de seu segundo álbum, o belo “Punisher”, lançado no ano passado. Dois momentos tranquilinhos da fofa Phoebe Bridgers.

***

Cristina Sanfelici (cmsanfelice@gmail.com), que inclusive aproveitou o email para nos mandar um Feliz Natal, foi a vencedora do sorteio de um exemplar de “Sing Backwards and Weep (Memórias)”, impressionante livro do roqueiro Mark Lanegan. Um botton e um pôster estão no pacote. A obra acaba de sair em português pela editora Terreno Estranho.

Captura de Tela 2021-12-03 às 7.01.50 PM

>>

Hanukkah Sessions: Greg & Grohl fazem covers de Van Halen e Barry Manilow

>>

* Dave Grohl e o produtor Greg Kurstin seguem festejando a festa judia Hanukkah com covers legais de históricos artistas da comunidade étnico-religiosa. Como a gente pulou a da noite de quarta, trazemos aqui neste post, então, duas: a faltante, de anteontem, que homenageou o grande cantor e compositor americano dos anos 70 Barry Manilow, e a de ontem, um tributo ao judeu David Lee Roth, o principal cantor da história da grande banda Van Halen.

Então tome Grohl e Kurstin fazendo os hinos master “Copacabana”e “Jump”, respectivamente, cada uma dessas músicas com sua linhagem e importância.

A dupla, nesta temporada 2021 da Hanukkah Sessions 2021, completa assim quatro covers. As duas primeiras foram “Stay”, de Lisa Loeb, e “Blitzkrieg Bop”, dos Ramones. Serão oito covers no total.

>>

Dave Grohl vai aos Ramones para a nova Hanukkah Sessions

>>

* A segunda noite da segunda temporada das Hanukkah Sessions visitou os Ramones. Ontem, a estreia do projeto na versão 2021, que de alguma forma celebra os judeus na música, a cover feita por Dave Grohl (não judeu) e o brother produtor Greg Kurstin (este sim) foi do hit “Stay”, o super sucesso acidental de Lisa Loeb.

Serão oito covers, um em cada noite, para cada dia da festa judia.

Na de ontem à noite, Grohl e Kurstin fizeram sua versão para o hino “Blitzkrieg Bop”, do eterno grupo punk nova-iorquino. Grohl na bateria e cantando. Kurstin na guitarra e programação. O vídeo traz umas cenas de bailes antigos intercalando com os dois em ação. Tipo assim:

>>