Em david bowie:

Você pode morar no apê que foi do David Bowie e ainda ficar com o piano dele. Basta ter…

>>

300317_bowie

6 milhões e 495 mil dólares!!! É este o preço do apartamento onde David Bowie viveu por 11 anos ao lado de sua esposa Iman, em Nova York.

O imóvel, localizado ao sul do Central Park, está à venda em uma corretora da cidade e vem mobiliado, incluindo um piano que foi do inigualável Bowie, que viveu no local entre os anos de 1991 e 2002.

O instrumento da marca Yamaha foi mantido no local na última venda, em 2002, quando o astro inglês se mudou. Mas continua lá, intacto, e é uma espécie de cereja do bolo para o milionário que quiser gastar uma grana com um apê histórico.

Que tal?

ap5

ap4

ap2

ap3

ap1

>>

St. Vincent desenha nova linha de guitarras e presta homenagem ao eterno Bowie em uma delas

>>

110117_stvincent3

A incrível St. Vincent, além de cantar bem, tocar melhor ainda e ser toda estilosa e gata, também é dessas que desenham seus próprios modelos de guitarra. Simples assim.

A mais nova linha de modelos de guitarra da diva indie será lançada em parceria com a Ernie Ball Music e será comercializada em quatro cores. Uma delas, branca, recebeu o nome de “The Thin White Duke”, em homenagem ao eterno David Bowie.

Em entrevista à revista especializada em guitarras, Guitar World, Annie disse que os modelos “são clássicos e de visual elegante”, e que tem “tocado e escrito músicas com elas todos os dias”. As vendas se iniciarão em breve e cada guitarra custará módicos $1.899,00.

>>

Um ano sem Bowie. E as belas homenagens em forma de música não terminam…

>>

100117_bowiead

Dentro do projeto “O mundo não esquece David Bowie”, alguns amigos e fãs do astro britânico se reuniram no último domingo para celebrar a data que representaria os 70 anos do cantor e, de lambuja, relembrar a marca de um ano sem um dos maiores ícones da cultura pop em todos os tempos, completado hoje.

Em um show organizado em Londres por Gary Oldman, artistas como La Roux, Joe Elliott (Def Leppard) e Simon Le Bon (Duran Duran) armaram uma espécie de coletivo e cantaram canções de Bowie.

100117_bowietribute

A apresentação foi na noite do último domingo e alguns registros foram feitos por fãs. O mix Bowie-Duran Duran vai ser a coisa mais 80’s que você verá hoje.

>>

Um ano sem David Bowie. O lindo documentário da BBC está aqui (por enquanto)

>>

* Há exato um ano, no dia 10 de janeiro de 2016, o ídolo David Bowie iniciava uma temporada cruel de mortes na música, num período devastador que levou, entre outros, Prince e Leonard Cohen. Bowie morreu em seu apartamento em Nova York, em decorrência de um câncer no fígado, diagnosticado quase dois anos antes. Muito pouca gente sabia de sua doença. Mesmo em estado delicado, dois dias antes de sua morte o cantor inglês conseguiu lançar seu último disco, “Blackstar”, na mesma data em que completava 69 anos.

Untitled-2

Nos últimos dias (e no último ano, na real), Bowie está sendo lembrado de diversas formas.

Na rede de TV britânica BBC, no último domingo, foi mostrado o documentário “David Bowie: The Last Five Years”, que recorda o artista genial que ele foi desde os anos 60, mas em especial foca nos últimos cinco anos de sua inspirada volta à produção, participando ativamente de seus dois últimos discos, os delicadíssimos “The Next Day” e “Black Star”, e da peça “Lazarus”.

O documentário, de uma hora e meio e a princípio travado para ser visto apenas em solo britânico, tem aparecido para “outros povos” na internet e sendo derrubado em seu streaming. Para download, tem até razoavelmente fácil para achar.

Abaixo tem um canal bom de Youtube que, por enquanto e já há algum tempinho, está ativo. Veja antes que tirem do ar. Um bom jeito de celebrar Bowie neste primeiro aniversário de sua morte.

David Bowie – The Last Five Years (Jan. 2017) from parrovski on Vimeo.

>>

Novo EP, vídeo, documentário, reestreia de filme, musical. O mundo não consegue deixar David Bowie simplesmente partir

>>

Captura de Tela 2017-01-09 às 9.47.06 AM

* Amanhã completa o primeiro aniversário da devastadora morte de David Bowie, dois dias depois que o mundo comemorou por ele o que seria a passagem dos seus 70 anos. Devastadora morte para os que ficaram vivas, na verdade, porque Bowie morreu em forma de arte, como a gente testemunhou.

O que seria esses 70 anos de mister Bowie, na data deste domingo, foi lançado um novo EP e um vídeo para a cortante música “No Plan”, que tem imagens inspiradas num filme clássico e megacult estrelado pelo astro nos anos 70, em que ele era o que a gente sempre achou que ele fosse: um ser alienígena. “O Homem Que Caiu na Terra”, dirigido pelo incrível Nicolas Roeg, volta aos cinemas nesta quinta, dia 12.

“No Plan” é o nome do EP, que consiste em quatro músicas, puxada pelo single “Lazarus”, que está no derradeiro álbum de Bowie, “Blackstar”, lançado no ano passado dois dias antes de sua morte. “No Plan”, “Killing a Little Time” e “When I Met You” foram escritas por Bowie especialmente para o musical “Lazarus”, peça off-broadway que começou a ser apresentada em Nova York no finalzinho de 2015 e que também é inspirado em “The Man Who Fell to Earth”, o livro que gerou o filme. As três inéditas entraram depois como bônus de “Blackstar”.

No sábado passado, dia 7, a BBC inglesa levou ao ar o documentário “David Bowie: The Last Five Years”, que mostra Bowie em sua reta final de vida, gravando os discos “The Next Day”e “Blackstar”, assim como idealizando o musical “Lazarus”. O doc inclui imagens de uma das últimas aparições ao vivo do cantor, em 2004, no festival Isle of Wight.

O documentário está disponível no site da BBC, apenas para ser visto em solo britânico. Logo mais aparece para nós.

Amanhã a gente acende uma outra vela virtual em forma de post, aqui, para o primeiro aniversário da morte de um dos mais fundamentais artistas do nosso tempo. Por enquanto, fique com o vídeo da melancólica “No Plan”, em que Bowie tem uma homenagem poética em imagens, no fim.

>>