Em david letterman:

Dave Grohl se veste de Letterman e rouba a cena na TV americana em noite de Halloween

>>

011117_davegrohl2

Na noite de Halloween, Dave Grohl causou na TV americana. O líder do Foo Fighters teve um talk show só dele, que substituiu o Jimmy Kimmel, vestido de… David Letterman.

Letterman, que resolveu adotar uma longa barba grisalha após sua aposentadoria, esteve bem representado pelo seu amigo xará, que conduziu uma entrevista com a atriz Kristen Bell (vestida de Tom Selleck). Boa parte do papo foi sobre o filme “Frozen”, febre mundial entre a garotada, no qual Bell interpreta Anna, uma das protagonistas.

Depois, a dupla se uniu para um mash-up que envolveu a música tema do filme, “Do You Wanna Built A Snowman?”, que Grohl pediu que fosse dedicada para suas filhas, e emendaram “Enter Sandman”, do Metallica, com Dave na bateria.

Outra atração do programa foi Alice Cooper, que mostrou músicas do seu novo álbum, tendo o Foo Fighters como banda de suporte.

>>

Então: em 2000, Maurício Manieri ganhou uma chuva de latas de cerveja por “culpa” do… Letterman

>>

220515_lettermanmanieri

Um dos maiores mistérios do showbiz nacional nos últimos tempos foi desvendado na última quarta-feira, 20 de maio. E partiu do agora aposentado David Letterman, em seu discurso final, ao apresentar e justificar a presença do Foo Fighters como seus últimos convidados musicais após 33 anos na TV.

Primeiro, cortando para 2000. Na época uma das bandas mais comentadas do mundo, o Foo Fighters viria ao país no início daquele ano pela primeira vez para três shows em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Faltando apenas uma semana para a realização dos shows, veio um comunicado de que a turnê estava cancelada. A justificativa, dias depois informada pela gravadora BMG, foi a morte do pai do guitarrista Chris Shiflett. Mas muitas teorias foram criadas à época.

A primeira delas é a de que a banda resolveu não vir ao país simplesmente porque resolveu gravar um vídeo para “Generator”, música de trabalho naquele momento. A outra vinha de Belo Horizonte. O show na cidade seria realizado no ginásio Mineirinho, em um evento promovido pela extinta marca de telefonia Telemig Celular, que havia comprado todos os ingressos e distribuiria para clientes de sua rede. O fato, dizem, teria desagradado o Foo Fighters e o papo foi inclusive levantado pelos jornais mineiros no início deste ano, quando enfim o grupo norte-americano se apresentou na cidade. Outra teoria, menos forte naquele tempo, era de que a banda deixou de vir ao Brasil (e em outros países da região) porque eles foram convidados para se apresentarem no programa de Letterman, que havia passado por uma delicada cirurgia no coração e ficado mais de um mês fora do ar.

Logo no início de 2001, com a banda confirmada para um show no Rock In Rio poucos dias depois, entrevistei Dave Grohl para a Folha de São Paulo e, óbvio, perguntei na lata se a banda realmente viria ao Brasil e qual a razão do cancelamento do ano anterior.

“Com certeza [iremos]. E não tenha dúvida de que vamos fazer o melhor show das nossas vidas no Rock in Rio. Embora me sinta um pouco embaraçado pelo que aconteceu, desta vez vai ser muito melhor do que seriam os shows se fôssemos aí no começo do ano passado. Agora o pique é outro. Muitas bandas, muita gente. Estamos bem mais afiados depois de um ano de turnê. E nossa vontade de tocar aí só aumentou. Pode escrever aí no seu jornal. O Foo Fighters vai arrebentar. Uma semana antes de irmos ao Brasil, aconteceram algumas coisas que nos fizeram sentar e dizer: não vamos agora. Foi um conjunto de coisas, não uma simples razão, como andaram falando”, disse o Grohl.

220515_folha_davegrohl

Voltando para 2015. Em seu discurso final na última quarta-feira, Letterman confirmou a história. Antes de apresentar a banda, David disse que (em 2000) foi perguntado por uma de suas produtoras se ele tinha preferência por algum convidado musical em especial. Foi então que ele escolheu o Foo Fighters, por causa de “Everlong”, sua canção favorita, que “significou muito durante todo o processo de minha recuperação”, contou o apresentador. No entanto, a escolha de Letterman não foi em tom de exigência. Seria apenas se o FF estivesse disponível naquele momento. “Dois dias mais tarde, ela [produtora] me ligou e disse: ‘Eles estão em turnê pela América do Sul… Mas eles cancelaram a tour”.

Assim, Letterman em seu literal último ato desvendou o mistério. Só que, juntando as peças, quem pagou o pato foi mesmo o… Maurício Manieri. Dos shows cancelados no Brasil, BH foi a praça que mais “sentiu” o baque. A Telemig Celular precisou remontar na correria todo seu festival, adicionou um dia de programação e convocou bandas nacionais como Barão Vermelho, Nativus, Pavilhão 9, Maurício Manieri, Tianastácia e Charlie Brown Jr para tocarem nos dois dias. Neste meio aí você deve ter percebido algo peculiar: Maurício Manieri.

Logo após os shows de Tianastácia e CBJR, o público não perdoou a apresentação deslocada de Manieri na programação e não apenas o vaiou, como também atirou latas de cerveja e garrafas de água no cantor, que não terminou o show.

Quinze anos depois dá para dizer: Maurício Manieri tomou uma chuva de latas de cerveja por culpa do… David Letterman.

* P.S.: Só para não perder uma zoeirinha básica e adicional. Neste festival da Telemig, além do cancelamento do Foo Fighters e do Manieri gate, o Charlie Brown Jr. não podia tocar no domingo. Em seu lugar entrou o… Los Hermanos.

#ThanksDave

>>

Fallon, Conan e Kimmel prestam homenagens à Letterman

>>

210515_letterman_concorrentes

Não estamos falando muito no Letterman. Estamos? A agora oficial e já vigente aposentadoria de um dos maiores apresentadores da TV americana em todos os tempos rendeu homenagens até de sua forte concorrência. Em seus programas nesta semana, Jimmy Fallon, Conan O’Brien e Jimmy Kimmel dedicaram bons minutos para falarem sobre a aposentadoria de Dave e sua importância na formação dos apresentadores do gênero. Especialmente deles, que são de uma geração seguinte e têm Letterman como referência.

JIMMY FALLON

dave_fallon

Jimmy Fallon disse que iria tomar um minuto de seu programa para falar de Dave. “Tenho certeza de que todos aqui sabem que ele vai se aposentar após 33 anos de inovação, diversão e pura esquisitice. Mas, principalmente, diversão. Esse programa e o que o ‘Late Night’ se tornou é o resultado dele brincando com o gênero, experimentando e explorando. Eu, como todos os moleques que cresceram assistindo ele, vamos sentir sua falta”, contou o apresentador, que aproveitou para mostrar ao seu público um boletim escolar dos anos 80, quando umas de suas professoras fez uma profecia. “Isso é algo do meu anuário da 8ª série. No final do ano minha professora fazia previsões sobre o que os alunos dela iam continuar a fazer. No meu anuário tem os dizeres: ‘James Fallon irá substituir David Letterman no Late Night Show’. Eu quero ir para a pista de corrida com esta professora em duas semanas”.

fallon_anuario

Comediante de sucesso, Fallon embarcou nos talk shows há seis anos, quando assumiu o comando do Late Night Show em substituição a Conan O’Brien. “Me ofereceram para fazer o Late Night Show antes deste programa. Conversei com minha esposa e perguntei se deveria fazer isso. Ela disse: ‘sim, você vai ser bom nisso, aceite a chance. A lista é curta, apenas duas outras pessoas fizeram isso antes de você: Conan O’Brien e David Letterman. Então mesmo se você falhar, ainda é uma boa lista para estar. É um bom clube'”.

Na parte final, já com a voz embargada, Fallon lembrou que Letterman foi o primeiro comediante a aparecer na TV após os ataques de 11 de setembro fazendo um “discurso memorável” em seu programa. “Ele [Dave] sempre está lá quando você precisa dele. Lembro que, depois do 11 de setembro, precisávamos de alguém. A cidade estava em choque e todos estávamos procurando por respostas. Queríamos ver o que o Dave tinha a dizer e esperávamos que ele dissesse algo. Daí ele disse: ‘Só há uma exigência para qualquer um de nós: ser corajoso. Porque coragem, como vocês sabem, define todo o resto do comportamento humano’. Nós precisávamos ouvir aquilo. David Letterman é um corajoso. Que tenha uma boa aposentadoria”.

**********

CONAN O’BRIEN

dave_conan

Conan O’Brien foi outro que se pronunciou e disse que só está nessa até hoje porque Letterman salvou sua carreira. “Todo mundo esta semana vem tentando explicar o que ele representa para a televisão, mas vamos ser honestos: não há palavras que possam resumir o que David Letterman conquistou nesses 33 anos. Ele foi uma referência para mim e para qualquer comediante da minha geração.”

Em seu discurso que durou mais de 7 minutos, Conan falou sobre seu primeiro dia se apresentando na TV, há cerca de vinte anos, quando ninguém sabia quem ele era ou de onde havia surgido. As críticas foram péssimas, destruidoras de todos os lados, e ele teve certeza que nunca iria longe (até espinhas ele ganhou com a ansiedade).

Todo mundo achou que ele (segundo suas próprias palavras) deveria ser demitido o quanto antes, até que a emissora recebeu um recado dizendo que David Letterman gostaria de participar do programa, como convidado. Na época, Letterman já era um dos apresentadores mais famosos dos EUA e nunca ia a outros programas de TV. “É como se os Beatles pedissem para ir ao programa do Maury Povich e dar uma palhinha. Era tão absurdo quanto isso”, disse, se referindo a um programa de debates estilo tabloide da época (uma Sônia Abraão, digamos, fazendo um paralelo nacional).

Conan disse que estava convicto de que se tratava de uma pegadinha, até que em fevereiro de 1994 Letterman foi ao seu programa, o qual O’Brien descreveu como a noite “mais feliz de sua carreira”. Depois daquela noite, a vida de Conan e do programa mudaram para sempre. Ele terminou dizendo que nada do que ele fez até hoje teria existido “se não fosse pelo Dave”, que com um simples ato de bondade transformou a vida dele e de todos que trabalham com ele. Como o programa do Letterman começa durante o programa do Conan, ele disse que iria pedir aos telespectadores para que trocassem de canal assim que o último programa do Dave começasse. “Não veremos alguém tão talentoso como ele tão cedo”.

**********

JIMMY KIMMEL

dave_kimmel

Na véspera do último programa de Dave, Jimmy Kimmel não só prestou sua homenagem, como avisou que era para todos os seus telespectadores assistirem à despedida de Letterman e que ele, Kimmel, nem faria um programa ao vivo, até porque “passaria o dia todo chorando”. “Amanhã é o último programa do Letterman. Eu gostaria que vocês assistissem a ele, em vez do nosso. Teremos um programa amanhã à noite, mas será uma reprise. Por favor, não assista. Especialmente se você for uma pessoa jovem que não entende a razão desse barulho todo. David é o melhor e você deveria assisti-lo”, disse o apresentador.

A exemplo de Conan, Kimmel – bastante emocionado – também disse que seu programa só existe graças à Letterman. “A razão de eu ter esse programa é porque os executivos da ABC viram quando eu fui convidado no programa do Dave. Quero agradecer a Dave e sua equipe”.

Em entrevista ao New York Times, Kimmel disse que não gostaria de tirar nenhum tipo de atenção do programa de despedida de Dave. “Tenho muito respeito por ele para fazer qualquer coisa que tiraria a atenção dos telespectadores de seu último programa. Além disso, eu provavelmente vou chorar o dia inteiro, o que vai tornar difícil ir para o trabalho”.

*** Aos 68 anos de idade, Letterman se aposentou da TV após 33 anos à frente de talk shows. Desde sua estreia em 1982 foram 6.028 programas. “Estive em quase todos eles”, disse na noite de ontem, em seu capítulo final.

>>>

Obrigado. E boa noite. O adeus de Letterman

>>

210515_letterman1

Enfim, chegou o inevitável dia da aposentadoria de David Letterman, uma das figuras mais famosas da TV americana. Na noite de ontem foi ao ar seu último Late Show pela CBS. Após 33 anos apresentando se talk show, Letterman deu seu adeus e recebeu manifestações de carinho nas redes sociais em todos os cantos do mundo.

210115_letterman3

Em seu último programa, também gravado ontem, não houve entrevista. Rolaram apenas quadros especiais, como o famoso Top Ten, ontem apresentado por gente famosa como Bill Murray, Tina Fey, Chris Rock, Jerry Seinfeld, Julia Louis-Dreyfus, Jim Carrey, Alec Baldwin, Steve Martin, Peyton Manning e Barbara Walters.

A parte musical ficou na responsabilidade do Foo Fighters, que Dave diz ser sua banda preferida. Dave Grohl e seus companheiros tocaram a música favorita do apresentador, “Everlong”. Em 2000, quando Letterman retornou ao programa após passar por uma cirurgia no coração, o Foo Fighters foi a primeira banda convidada e tocou a mesma canção atendendo a um pedido pessoal do apresentador. Na época, o grupo chegou a cancelar alguns shows para participar da homenagem.

* Mais: Veja 33 performances musicais no programa de Letterman, desde 1982

Em seu discurso de despedida, Letterman agradeceu sua equipe, produtores, redatores e companheiros de longa data, como Paul Shaffer e sua banda, o locutor Alan Kalter e o assistente Biff Henderson. Letterman também cumprimentou sua esposa e seu filho, que estavam no auditório e encerrou suas palavras com um simbólico “Obrigado. E boa noite”. Desta vez para sempre.

* Enfim, o “pesadelo” acabou.

>>

Após 33 anos, David Letterman aposenta seu talk show. Veja 33 musicais que marcaram o programa

>>

200515_dave2

20 de maio de 2015 ficará marcado na história da cultura pop como dia em que David Letterman se aposentou. Ícone da TV norte-americana, o apresentador encerra na noite de hoje uma carreira de 33 dedicados aos programas “late show”, estilo que Letterman ajudou a consolidar no mundo todo, desde os anos 80.

Exibido no canal CBS há 22 anos, Dave iniciou o programa neste formato na NBC, em 1982, onde ficou por 11 anos. O primeiro entrevistado do programa foi o ator Bill Murray, que simbolicamente fecha o ciclo na noite de hoje, como o último a papear com Letterman.

Além de todas as entrevistas legais e os quadros bestas de humor, a gente se amarra mesmo é na parte musical. Letterman sempre foi um dos apresentadores que mais abriram espaço para a nova música. Bandas como R.E.M., Oasis e The Strokes fizeram suas estreias em rede nacional nos Estados Unidos no Late Show.

A nova fase do programa estreia em setembro, com o também gênio Stephen Colbert, que até o fim do ano passado guiava seu ótimo The Colbert Report no Comedy Central. No Brasil, o programa de Letterman vai ao ar com dois dias de atraso no canal Record News.

Para relembrar um pouco da trajetória do lendário Letterman, a Popload separa abaixo um vídeo musical por ano do programa, além da primeira entrevista com Bill Murray, em 1982.

Obrigado, Letterman.

>>