Em dee gees:

Vem aí o álbum dos Dee Gees, a versão disco-falsete do Foo Fighters, que inaugura domingo a era de shows enormes em Nova York. São duas coisas, ok?

>>

* Impressionante como os Foo Fighters não conseguem sair das notícias, haha. Às voltas ainda com os rolês do novo disco, “Medicine at Midnight”, lançado em fevereiro, fazendo todas as sessions possíveis, participando de todos os programas noturno de TV possíveis, lançando documentário sobre as vans no rock, encabeçando o gigantesco Lollapalooza Chicago que rola agora em julho, fazendo show para vacinados sob protesto dos antivacinação, agora Dave Grohl e sua turma vão bombar os notíciários no seguinte:

Captura de Tela 2021-06-18 às 9.29.33 AM

1. Falamos por aqui, mas vamos repetir. Os Foos fazem neste domingo o show de reinauguração pós-covid da enorme arena Madison Square Garden, no coração de Manhattan, Nova York. É o chamado “full-capacity” show, simbólico para estes tempos de retomada de uma “vida normal”. O MSG tem capacidade para 20 mil pessoas. E abrir a maior casa da maior cidade de shows dos EUA (Austin é uma ooooooutra coisa) é bastante significativo para além do show em si. O Madison Square Garden, no domingo do Foo Fighters, vai quebrar uma série de 460 dias sem nenhum showzinho.

2. No dia 17 de julho, a “parte 2” do Record Store Day, vai sair um disco especial da banda disco (ok…) chamada Dee Gees. Sim, você conhece os envolvidos. Dee Gees é a zoeira-séria que o Foo Fighters vai fazer para cima da histórica banda australiana, amada e odiada, da disco music, os famosos Bee Gees. Dave Grohl e galera estão no grupo dos que amam eles. O álbum vai se chamar “Hail Satin” e apresentará um lado A com covers do Bee Gees e um lado B com versões ao vivo do mais recente disco do Foo Fighters.

O tracklist é este:

lado A
1 You Should Be Dancing
2 Night Fever
3 Tragedy
4 Shadow Dancing
5 More than a Woman

lado B
6 Making a Fire
7 Shame Shame
8 Waiting on a War
9 No Son of Mine
10 Cloudspotter

É este o tweet!

>>