Em destaque:

É um disco novo? É um cartoon? É o single com o Slaves e o slowthai? Gorillaz vai lançar sua Song Machine

>>

280120_gorillaz2

Projeto revolucionário que bombou na música pop na virada de séculos, o Gorillaz continua se reinventando, mesmo após duas décadas de existência.

O coletivo liderado por Damon Albarn e Jamie Hewlett divulgou um teaser de 20 segundos, que recebeu o título de “Song Machine”. Ainda não se sabe se pode ser o sucessor de “The Now Now”, lançado em 2018, ou se é enfim um projeto de cartoon que a banda tem falado há alguns anos.

A verdade é que o novo projeto já está se tornando burburinho obrigatório entre os fãs. No Spotify, uma lista sugere este passo inicial como “Season One” e pede para que os fãs fiquem atentos ao próximo episódio.

Há ainda um boato que consta que, na próxima semana, o Gorillaz vai soltar um single com o Slaves e o slowthai envolvidos. Pensa.

O jeito é ficar ligado…

Ver essa foto no Instagram

Follow your nearest Song Machine (snooze you lose)

Uma publicação compartilhada por Gorillaz (@gorillaz) em

>>

Top 50 da CENA – quem sobe, quem desce, as estreias e o Carne Doce no topo

1 - cenatopo19

* Entre elogios e críticas após a primeira edição, publicada aqui na Popload semana passada, o Top 50 da CENA brasileira desta semana está no ar.

Gostamos de ver a galera conversando nas redes sobre a edição passada, sinal de que é bom levantar sim a discussão. Fora que vem com um playlist semanal com uma seleção de 50 músicas feitas neste país recentemente, as “mais quentes do momento”, então já está valendo.

A discussão toda na real, entenda, não é sobre quem é pior ou melhor, vale repetir. Mas sobre quem (nos) movimenta, quem chama (nossa) atenção, quem merece destaque (na nossa humilde opinião) na música brasileira. Seja indie, seja MPB, seja velho, seja novo, conhecido ou desconhecido.

Enfim!

Nesta semana resolvemos dar prioridade auditiva, digamos, para algumas novidades que saíram neste ano, para que a lista comece a ser renovada. Ainda pescamos algumas belezinhas perdidas de 2019. Veja aí, ouça aí.

1 - rincon_slider

1 – Carne Doce – “Temporal” (2)
Esta só melhora quanto mais se ouve. Que musiquinha enoooorme soltou o grupo goiano Carne Doce para já anunciar que em 2020 vai ter disco novo, o quarto da banda do casal Macloys/Salma. A gente aqui quer morar nessas guitarrinhas que embalam a música nova, da metade para a frente. Semana passada ficou em 2º lugar, agora vem para o 1º.

2 – Vivian Kuczynski – “Carne” (Estreia)
Vem aí novo single da Vivian e um novo e belo vídeo. Por isso já destacamos “Carne” por aqui, outra das boas músicas do álbum de estreia da Vivian, single que tem uma letra que está na parte de críticas sociais do disco, segundo ela, mesmo que um tanto cifrada. Nem tanto assim. É só prestar atenção na menina.

3 – Kiko Dinucci – “Veneno” (Estreia)
O álbum solo novo de Kiko Dinucci é uma peça e tanto. Violão no comando de tudo. E muita informação ainda há ser captada em futuras audições. A música com Rodrigo Ogi é, de cara, um dos achados dos disco e pode dar a prévia do novo álbum do rapper, que tem produção do próprio Kiko.

4 – Rashid – “Eu” (Estreia)
Em seu novo álbum, Rashid deixa para a última faixa talvez um de seus melhores sons, a reveladora “Eu”. Uma daquelas reflexões pessoais de um artista que acaba refletindo no ouvinte.

5 – Rincon Sapiência – “Real Oficial” (Estreia)
Uma das muitas boas músicas do mais recente álbum de Rincon Sapiência, um disco lançando no final de 2019 e que passou meio batido, injustamente, pelo menos por aqui. Corrigimos a rota agora.

6 – Saskia – “Tô Duvidando” (1)
Já escutou o disco da Saskia? A gaúcha é uma das revelações do ano passado para você também? E a participação do Edgar nesta faixa, então? Outro nível esses dois.

7 – Os Mutantes – “Mutant’s Lonely Night” (Estreia)
Os Mutantes hoje são apenas Sérgio Dias e um novo pessoal, mas estão na ativa e lançaram um disco novo. Entre boas faixas setentistas, ecos de Beatles e Caetano (uma forma de descrever até outros trabalhos dos Mutantes, não?), destacamos uma das mais melancólicas do álbum. Sérgio Dias sabe os atalhos bonitos da guitarra.

8 – Liniker – “Não Adianta” (Estreia)
Parte do projeto “Acorda Amor”, Liniker faz um bom cover de uma música do Trio Mocotó. O projeto ainda conta com as vozes de Maria Gadu, Xênia França, Letrux e Luedji Luna. O disco saí nesta terça-feira.

9 – Ana Frango Elétrico – “Chocolate” (3)
Ficamos aqui pensando no abstrato desta música. Entendemos nada e tudo certo. Ana Frango Elétrico merece toda a atenção que está recebendo. Se até o gringo do Anthony Fantano já sacou ela, você está esperando o quê?

10 – Hot e Oreia – “Estilo” (4)
Da ótima cena mineira de rap, Hot e Oreia conseguem dosar aqui humor e mensagem de uma maneira única. A sacada “Cês são CS, eu RPG” é para poucos. E o “pior” é que o som é bem bom. Olho neles.

11 – Bixiga 70 e Luiza Lian – “Alumiô (Cai Na Terra)” (5)
O encontro entre Luiza Lian e Bixiga 70 nasceu com cara de clássico. Fica a deixa para um projeto mais extenso, um álbum, quem sabe? Estamos na espera.

12 – Yma – “Vampiro” (7)
Os shows da Yma que andamos vendo por aí ajudaram a recolocar o disco dela, que foi lançado lá no começo do ano passado, de novo em rotação por aqui. “Vampiro” é uma delícia de música.

13 – Mc Thá – “Rito de Passá” (8)
Quem não entender com a MC Thá a dimensão do funk em si e no diálogo com outros gêneros não entende mais. Uma contribuição imensa ela dá aqui em “Rito de Passá”.

14 – Emicida – “Ismália” (9)
A gente já falou desta faixa por aqui. Se o novo álbum do Emicida for encarado como um filme, “Ismália” é a cena mais triste. Um resumo sobre a tragédia do racismo na estrutura social do país. Que peso de som. Que coisa séria.

15 – Boogarins – “Sombra ou Dúvida” (10)
Melhor banda brasileira em atividade, os Boogarins fizeram mais uma beleza de disco no ano passado. E esta música é uma das belezas dessa beleza.

16 – Black Alien – “Vai Baby” (11)
17 – Djonga – “Bença” (12)
18 – Papisa – “Fenda” (13)
19 – O Terno – “Pra Sempre Será” (14)
20 – Apeles – “A Alegria dos Dias Dorme no Calor dos Teus Braços” (16)
21 – Moons – “No More Tear about It” (17)
22 – Linn Da Quebrada – “Oração” (18)
23 – Francisco, El Hombre – “Matilha :: coleira ou cólera” (Estreia)
24 – Fresno – “Sua Alegria Foi Cancelada” (19)
25 – Marrakesh – “Prove Me Wrong” (20)
26 – Supervão – “XXI” (21)
27 – Gumes – “Impossible” (22)
28 – AIYÉ – “Terreiro” (23)
29 – Brvnks – “Don’t” (24)
30 – Alessandra Leão – “Ogum Está De Ronda” (25)
31 – Nego Gallo – “DVD” (26)
32 – Bruna Mendez – “Tropical” (27)
33 – Meu Nome Não É Portugas – “Raiz” (28)
34 – Livia Nery – “Estranha Melodia” (30)
35 – Céu – “Rotação” (29)
36 – Amen Jr. – “Futuro” (31)
37 – Martte – “Sua Pele” (32)
38 – Diomedes Chinaski – “Meus Nikes” (34)
39 – Raça – “Paciência” (35)
40 – Karol de Souza – “Tambor” (41)
41 – Flerte Flamingo – “Curió” (44)
42 – Nill – “Embalagens” (45)
43 – Rômulo Fróes – “Elza” (43)
44 – Rachel Reis – “Ventilador” (50)
45 – Pabllo Vittar – “Amor De Que” (46)
46 – Souto MC – “Retorno” (47)
47 – Bruno Capinam – “Mais Amor” (Estreia)
48 – Céu de Vênus – “O Acaso Não Existe” (Estreia)
49 – Vovô Bebê – “Exôdo” (Estreia)
50 – Caio – “Entorna” (Estreia)

* Entre parenteses está a colocação da música na semana anterior. Ou aviso de nova entrada no Top 50.

** Na vinheta do Top 50, o rapper paulistano Rincon Sapiência. A cantora curitibana Vivian Kuczynski ilustra a foto da chamada do post na home da Popload.

>>

Anna Calvi relança seu último disco e convida amigos como Courtney Barnett, Charlotte Gainsbourg e o Joe Talbot, do IDLES

>>

Anna Calvi - O2 Arena, London 29/11/14 | Photo by Burak Cingi

A cantora e compositora britânica Anna Calvi resolveu mexer no que já era bom e anunciou “Hunted”, um relançamento de “Hunter”, seu álbum de estúdio lançado em 2018. E o novo projeto vem recheado de novidades. A principal delas é que as músicas foram retrabalhadas e, com isso, alguns nomes de peso da música alternativa se juntaram e apoiaram a ideia.

Entre os artistas convidados por Anna estão nada menos que Joe Talbot, o incrível vocalista do IDLES, que canta em “Wish”, Charlotte Gainsbourg abrilhanta a nova versão de “Eden” e ainda Julia Holter participa da faixa de abertura, “Swimming Pool”.

Outra convidada de luxo é a doçura Courtney Barnett, que canta em “Don’t Beat The Girl Out Of My Boy”, faixa que foi divulgada como cartão de visitas do projeto, que tem 7 faixas no total, e estará nas lojas dia 6 de março.

“Hunter”, o disco original, é o terceiro de Calvi e explora temas como a diversidade de gêneros, estereótipos e sexualidade subversiva. O álbum foi produzido por Nick Launay, produtor do Nick Cave.

Hunted – Tracklist
01. Swimming Pool (feat. Julia Holter)
02. Hunter
03. Eden (feat. Charlotte Gainsbourg)
04. Away
05. Don’t Beat The Girl Out Of My Boy (feat. Courtney Barnett)
06. Wish (feat. Joe Talbot/IDLES)
07. Indies Or Paradise

>>

Ê laiá!!! De surpresa e com cover de Leonard Cohen, Courtney Barnett solta disco acústico feito com a MTV

>>

061219_barnett2

A princesinha indie Courtney Barnett pegou o mundo da música de surpresa e lançou nesta sexta-feira um disco acústico, em parceria com a MTV.

“Courtney Barnett MTV Australia Unplugged Live in Melbourne” tem 8 faixas, entre elas reedições de faixas como “Depreston” e “Avant Gardener”, e ainda uma cover de “So long, Marianne”, do grande Leonard Cohen.

Segundo a cantora, se envolver em um projeto acústico significou um resgate de nostalgia. “A mistura de canções antigas, novas e covers foi interessante para vê-las através de um filtro diferente. Isso traz esse outro lado emocional à música e às letras”, disse Barnett.

O resultado pode ser conferido abaixo, cortesia da Deezer.

>>

Nicolas Godin, do Air, solta a inédita “The Foundation” e anuncia lançamento de disco solo para o fim de janeiro

>>

Fotos: Camille Vivier

Fotos: Camille Vivier

Uma das metades do refinado duo francês Air, Nicolas Godin anunciou para 24 de janeiro o lançamento de seu novo e segundo disco solo, o primeiro desde 2015.

“Concrete and Glass” estará nas lojas no dia 24/01 e já tem single de promoção. Com o auxílio do artista norte-americano Cola Boyy, está nas plataformas digitais a inédita “The Foundation”.

Outra faixa que está no disco é a já também lançada “The Border”, que saiu mês passado. O projeto também conta com as participações especialíssimas de Kadhja Bonet, Kate NV, Kirin J Callinan e de Alexis Taylor, o vocalista do Hot Chip, que há poucos dias brilhou no Popload Festival.

“The Foundation” pode ser ouvida abaixo.

Concrete and Glass – Tracklist
01 Concrete and Glass
02 Back to Your Heart [ft. Kate NV]
03 We Forgot Love [ft. Kadhja Bonet]
04 What Makes Me Think About You
05 Time on My Hands [ft. Kirin J Callinan]
06 The Foundation [ft. Cola Boyy]
07 Catch Yourself Falling [ft. Alexis Taylor]
08 The Border
09 Turn Right Turn Left
10 Cité Radieuse

>>