Em destaque:

O Melhor do Twitter: “O Satanismo, o DiCaprio e os Beatles Comunistas” edition

>>

*****
Satanismo, Aborto e Rock n’Roll. Quando você acha que o Brasil está andando pra frente vem alguém e pá, a gente volta vinte casinhas. Ainda teve o presidente cutucando o DiCaprio. Os Beatles comunistas. E os nossos pets preferidos, que Baby Yoda (não parem) os tenha.
*****

dogs

satanismo

leo di caprio

>>

Goes and it goes and it goes… IDLES lança seu primeiro álbum ao vivo, registrado no famoso Le Bataclan de Paris

>>

idles8

Desde já um dos melhores shows de 2020 no Brasil (ainda mais se entrar em uma Lolla Party), o grupo punk inglês IDLES soltou hoje “A Beautiful Thing: IDLES Live at Le Bataclan”, que capta um pouco do que é essa banda maravilhosa ao vivo.

Registrado na icônica casa de shows de Paris, o show significa o fim de um ciclo para o IDLES, de acordo com o vocalista Joe Talbot. “Naquela turnê, aprendemos muito sobre nós mesmos, sobre cada um, e sobre como nosso público cresceu nos últimos 10 anos”.

Descrito como um show que foi uma catarse cheia de amor, o álbum saiu em três versões coloridas em vinil, com três capas diferentes, e ainda com um livreto rascunhado pelo próprio Joe, com fotos de apresentações da banda e alguns poemas.

Em sua versão digital, o álbum é duplo com 19 canções no total. Aaaaaaaaaaaaaaaaah!!!

>>

Ê laiá!!! De surpresa e com cover de Leonard Cohen, Courtney Barnett solta disco acústico feito com a MTV

>>

061219_barnett2

A princesinha indie Courtney Barnett pegou o mundo da música de surpresa e lançou nesta sexta-feira um disco acústico, em parceria com a MTV.

“Courtney Barnett MTV Australia Unplugged Live in Melbourne” tem 8 faixas, entre elas reedições de faixas como “Depreston” e “Avant Gardener”, e ainda uma cover de “So long, Marianne”, do grande Leonard Cohen.

Segundo a cantora, se envolver em um projeto acústico significou um resgate de nostalgia. “A mistura de canções antigas, novas e covers foi interessante para vê-las através de um filtro diferente. Isso traz esse outro lado emocional à música e às letras”, disse Barnett.

O resultado pode ser conferido abaixo, cortesia da Deezer.

>>

Nicolas Godin, do Air, solta a inédita “The Foundation” e anuncia lançamento de disco solo para o fim de janeiro

>>

Fotos: Camille Vivier

Fotos: Camille Vivier

Uma das metades do refinado duo francês Air, Nicolas Godin anunciou para 24 de janeiro o lançamento de seu novo e segundo disco solo, o primeiro desde 2015.

“Concrete and Glass” estará nas lojas no dia 24/01 e já tem single de promoção. Com o auxílio do artista norte-americano Cola Boyy, está nas plataformas digitais a inédita “The Foundation”.

Outra faixa que está no disco é a já também lançada “The Border”, que saiu mês passado. O projeto também conta com as participações especialíssimas de Kadhja Bonet, Kate NV, Kirin J Callinan e de Alexis Taylor, o vocalista do Hot Chip, que há poucos dias brilhou no Popload Festival.

“The Foundation” pode ser ouvida abaixo.

Concrete and Glass – Tracklist
01 Concrete and Glass
02 Back to Your Heart [ft. Kate NV]
03 We Forgot Love [ft. Kadhja Bonet]
04 What Makes Me Think About You
05 Time on My Hands [ft. Kirin J Callinan]
06 The Foundation [ft. Cola Boyy]
07 Catch Yourself Falling [ft. Alexis Taylor]
08 The Border
09 Turn Right Turn Left
10 Cité Radieuse

>>

Em Manchester, Primal Scream faz seu show explosivo de sempre e ainda bota o Johnny Marr para tocar junto

>>

271119_primalscream2

Ontem, a cidade de Manchester viveu mais uma noite de glória com a apresentação do inoxidável Primal Scream no Manchester Albert Hall.

Não bastasse a apresentação explosiva de sempre do grupo liderado por Bobby Gillespie, que botou de todo tamanho uma cortina com os dizeres “MAXIMUM ROCK’N’ROLL”, o gênio Johnny Marr, filho da terra, apareceu para dar o ar de sua graça e de sua guitarra inconfundível.

O ex-Smiths “invadiu” o palco do Primal Scream e tocou as canções “Jailbird” e “Rocks”, para o delírio da inglesada toda.

O registro fala por si.

>>