Em destaque:

Lana Del Rey mostra um trecho de “Norman Fucking Rockwell”, faixa que dá título ao novo disco que não tem previsão de lançamento

>>

180417_lana2

Ainda sem previsão exata para o lançamento de seu novo álbum, que já está pronto e que sairia no final de março, Lana Del Rey mostrou um trecho de “Norman Fucking Rockwell”, a faixa que dá título ao projeto, em seu Instagram.

Sem dar muitos detalhes, ela apenas botou na legenda o título da canção e marcou o produtor Jack Antonoff, seu parceiro no álbum.

“Norman Fucking Rockwell” começou a ser gravado em 2017, mas que já teve seu lançamento adiado algumas vezes. O nome do disco é inspirado no pintor que, entre sua longa vida nas artes, ganhou fama retratando tanto a cara de presidentes americanos quanto a América Branca Caipira, dessas que vota no Trump. É ao mesmo tempo cafona, supercriticado no meio, e algo cult, depois que morreu, nos anos 70.

Lana disse que via em Norman Rockwell uma “alegria na tristeza” e é isso que dita o ritmo de seu novo disco.

A última faixa divulgada pela cantora, há exatamente um mês, foi uma cover honestíssima de “Doin’ Time”, música lançada pelo Sublime nos anos 90.

Ver essa foto no Instagram

Title track #normanfuckingrockwell @jackantonoff

Uma publicação compartilhada por Lana Del Rey (@lanadelrey) em

>>

Direto da Holanda, parte 3 – Um show inteirinho do Wilco, daqueles de partir o coração, registrado em Amsterdã

>>

170619_wilco2

Parece que algo vem acontecendo na Holanda nas últimas semanas. Além do festival Pinkpop, que atrai muitos turistas para o país, o Wilco pirou os indies locais com dois shows em Amsterdã neste final de semana, alguns dos primeiros de uma extensa turnê de quase 30 apresentações pela Europa que terá uma parte agora e será retomada no mês de setembro.

O segundo das duas apresentações na famosa casa de shows Paradiso teve transmissão ao vivo na noite de ontem, com duração de mais ou menos duas horas. No setlist, um passeio incrível por todo o catálogo da banda norte-americana, adorada por 10 a cada 10 indies.

No meio da turnê europeia nestas próximas semanas, o Wilco dará um pulinho em Massachusetts no final deste mês para a realização do seu próprio festival, o Solid Sound, que além da própria banda, terá atrações como Courtney Barnett, Cate Le Bon, Tortoise e muito mais entre os dias 28 e 30 de junho.

O último disco de estúdio do Wilco é “Schmilco”, lançado em setembro de 2016.

O show de ontem em Amsterdã começa perto do sexto minuto do vídeo abaixo.

SETLIST
05:50 Ashes of American Flags
12:50 Whole Love
17:05 I Am Trying to Break Your Heart
22:20 Kamera
25:55 I’ll Fight
30:28 The Joke Explained
33:45 Handshake Drugs
40:00 How to Fight Loneliness
45:10 Shouldn’t Be Ashamed
48:50 Either Way
52:27 Company in My Back
57:00 Sky Blue Sky
1:00:43 Bull Black Nova
1:07:03 Laminated Cat
1:13:25 Forget the Flowers
1:17:28 Box Full of Letters
1:22:03 Reservations
1:25:40 Impossible Germany
1:34:03 I’m Always in Love
1:38:30 Random Name Generator
1:42:55 At Least That’s What You Said
1:48:29 Theologians
1:52:20 Heavy Metal Drummer
1:55:50 I’m the Man Who Loves You
2:01:38 Misunderstood
2:07:50 Outtasite (Outta Mind)
2:10:30 I’m a Wheel

>>

Direto da Holanda, parte 2 – Quinze minutinhos do The Cure, em vídeo profissional, tocando “A Forest”, “Lullaby” e “aquele” hit. Que tal?

>>

Foto: Ben Houdijk

Foto: Ben Houdijk

A exemplo do Cage The Elephant, quem também passou recentemente pelo festival holandês Pinkpop, na condição de uma das principais atrações, foi o seminal e cada vez mais presente The Cure.

A banda de Robert Smith está acelerando cada vez mais seus trabalhos em 2019. Além de shows pelo verão europeu e a promessa de apresentações especiais dos 30 anos do disco “Disintegration”, o Cure também prepara para o segundo semestre o lançamento de seu primeiro disco de inéditas em 11 anos.

Do show no Pinkpop, o festival liberou registros profissionais e impecáveis de três canções clássicas da banda inglesa, sendo elas: “A Forest”, “Lullaby” e o super hit “Boys Don’t Cry”.

Enjoy!

0:00 A Forest
7:18 Lullaby
11:54 Boys Don’t Cry

>>

Oba! Primavera Sound divulga show inteirinho da Courtney Barnett em Barcelona

>>

040619_courtney_2

Princesinha do indie que nos brindou com inesquecível visita ao Popload Gig no início deste ano, Courtney Barnett continua mostrando seu talento mundo afora com o show de seu último disco.

A mais recente parada da australiana foi no festival Primavera Sound, em Barcelona, onde, claro, ela fez show elogiadíssimo.

A ótima notícia é que o próprio evento publicou a íntegra do show de 70 minutos em seus canais oficiais. A atual turnê é a do discaço “Tell Me How You Really Feel”.

O show todo pode ser visto abaixo.

>>

Mike Patton se joga em mais uma aventura, agora ao lado do compositor francês Jean-Claude Vannier, com disco novo e tudo

>>

200519_patton_slider

Além de ser o excêntrico e genial vocalista do Faith No More, Mike Patton também é conhecido por ser um cara inquieto quando o assunto é música. Longe de sua banda mais famosa, ele está sempre envolvido em outras vertentes, o que faz dele um dos caras mais ecléticos da música.

Ele, que também tem projetos como o Tomahawk e o Dead Cross, anunciou por agora uma parceria com o compositor francês Jean-Claude Vannier, que é melhor conhecido pelo seu grande trabalho com Serge Gainsbourg no clássico “Histoire de Melody Nelson”.

A dobradinha nova resultará em um disco cheio, chamado “Corpse FLower”, a ser lançado dia 13 de setembro. Das 12 faixas novas, o duo liberou o primeiro single, “On Top of the World”, que pode ser ouvida no fim do post.

Patton disse que conheceu Jean-Claude em 2011, quando eles trabalharam juntos em um show sobre Gainsbourg no Hollywood Bowl, em Los Angeles, e que a química foi imediata entre os dois que se tornaram bons amigos.

Corpse Flower – Tracklist
01 Ballad C.3.3.
02 Camion
03 Chansons D’Amour
04 Cold Sun Warm Beer
05 Browning
06 Ghost
07 Corpse Flower
08 Insolubles
09 On Top of the World
10 A Schoolgirl’s Day
11 Pink and Bleue
12 Yard Bull

>>