Em devon welsh:

O Majical Cloudz acabou e o Devon Welsh já soltou um EP novo e esquisito

>>

210316_belave2

Há duas semanas, o mundo indie foi pego de surpresa com o anúncio do fim do Majical Cloudz, duo canadenses dos bons, formado por Devon Welsh e Matt Otto. Na ocasião, Devon publicou uma carta aos fãs dizendo que o fim foi decidido em consenso com seu ex-parceiro de banda, e que ambos iriam continuar trabalhando com música. “Eu vou lançar músicas com meu próprio nome, Devon Welsh, e já estou trabalhando em algumas coisas por agora e animado com tudo. Vou lançar material online durante o ano e fazer um show aqui e ali. (…) Matt também continuará fazendo música pelo seu projeto The Dahlia, e ele vai se pronunciar em breve”, contou o vocalista careca que bota uma emoção cortante em suas músicas.

Daí que o defunto nem esfriou direito e o Devon já soltou seu primeiro material “sozinho”. Sob o nome Belave, projeto que ele mantém com Matthew E. Duffy (membro antigo do Majical Cloudz), Welsh soltou gratuitamente o EP Indigo, Streams, Lash, com Duffy cantando e ele Welsh tocando os instrumentos.

Este é o segundo trabalho do projeto, que já lançou um disco em 2014. A sonoridade é bastante experimental e o disco foi gravado entre 2014 e 2015 nas cidades de Londres, Detroit e Montreal. Devon disse que está esperando por novas descobertas com o trabalho. “Creio que com este projeto estamos sempre tentando criar nosso próprio mundo e fazer algo que nunca se ouviu antes”.

O difícil EP do Belave pode ser ouvido abaixo.

Indigo, Streams, Lash – tracklist
01. Capesé
02. Shale
03. Gypsophila devenir brumeux
04. Entente\entendre\intendere(a latin)///horn cannonnie
05. Other Lost Ports?

>>

Um passeio por viadutos e pontes com o Majical Cloudz

>>

Screen Shot 2015-09-09 at 20.06.02

* Não sei você, mas comigo algumas poucas bandas conseguem fazer meu coração parar, parece, nas horas em que eu as ouço. Era assim com o Cocteau Twins, com The Felt, Smiths há tempos atrás. É assim hoje com o Majical Cloudz, duo canadense indie-teatral com músicas programadas de gelar a alma e uma das vozes mais bonitas da cena desta década, emitidas pelo ex-careca depois cabeludo e agora quase-careca Devon Welsh.

Há umas semanas demos aqui a aparição da dilacerante “Silver Car Crash”, single novo apresentado para anunciar que em outubro a dupla, Devon e o parceiro dos botões Neil Corcoran, lançam álbum novo em 16 de outubro, chamado “Are You Alone?”, o disco sucessor do álbum de estreia (bem…) do impressionante “Impersonator”.

Neste post anterior do Majical Cloudz falamos aqui que a música “é sobre um acidente de carro em que o casal da letra vai morrer. Morrer sorrindo. Porque não há muito mais o que fazer”. O nome da música é também o nome de um quadro do artista pop Andy Warhol, de 1963, dentro de uma série sobre “morte e desastre”. Tragédia artística.

Daí que saiu o vídeo de “Silver Car Crash”. E nele os sujeitos do Majical Cloudz mostram em preto-e-branco uns túneis, pontes e viadutos de Montreal, a terra deles.

Pode ver. O desastre do vídeo é implícito. Acho.

>>

O impressionante Majical Cloudz pergunta: você está sozinho?

>>

Screen Shot 2015-08-12 at 15.51.12

* Primeiro, uma observação importante: O DEVON DEIXOU CRESCER O CABELO E NÃO ESTÁ MAIS CARECA?!?!?!?! Segundo: fizeram a música mais tragicamente linda desde “There Is a Light That Never Goes Out”, dos Smiths. Na linha “morrer juntos e felizes num acidente de carro”. Coisa tranquila.

b4cffab2-3edd-4164-8d95-136573bc3f1b

A incrivelmente absurda banda canadense Majical Cloudz, na verdade uma dupla de Montreal em que um canta e faz drama e outro toca eletronices sorumbáticas enquanto dança como se tivesse num show do Disclosure, anunciou ontem que tem álbum novo a ser lançado em outubro. E ainda por cima apresentou nova música. E a capa do novo álbum. E, hum, o novo visual, da foto acima.

Daqui dois meses sai “Are You Alone?”, segundo (ou terceiro, ou quarto…) disco cheio do duo formado pelo ex-careca Devon Welsh, uma das vozes mais tristes da história da música, e do produtor cool Matthew Otto, atmosférico até a alma. O sucessor do álbum de estreia (ou o segundo, ou o terceiro) “Impersonator”, excelente, será puxado pelo single “Silver Car Crash”.

A música, típica pequena obra do Majical Cloudz, que trabalha silêncios e tensões em meio a “distorções de teclado” e uma pegada teatral no som, enquanto a letras fala sobre uma relação amorosa em meio a um acidente de carro em que o casal vai morrer. Morrer sorrindo. Porque não há muito mais o que fazer.

I want to kiss you
Inside a car that’s crashing
And we will both die laughing

Jesus… Majical Cloudz é muito f•d•.

* “Silver Car Crash” é o nome de um quadro pintado pelo artista americano Andy Warhol, que retrata um acidente de carro com um corpo nas ferragens distorcidas. Em 2013, foi vendida num leilão por 105 milhões de dólares. Apenas.

* “Silver Car Crash”, do Majical Cloudz, a letra.

I never show it
But I am always laughing
I want to kiss you
Inside a car that’s crashing
And we will both die laughing
Cause there is nothing left to do
And we will both die laughing
While I am holding onto you

[Verse 2]
I will be honest
I am afraid of love
If I’m not perfect
Then it will let me starve
But I am always perfect
When I am holding onto you
And I know love is worth it
I am in perfect love with you

[Verse 3]
I want to show you
The funny dream I’m having
My head splits open
For all the camera’s flashing
But I am dead already
And I am bleeding onto you
I hope you won’t forget me
I am so hopelessly for you

>>