Em direto da gringa:

CENA – Giovanna Moraes vai ao rock. E se dá bastante bem. Ouça e veja “Singularidade”

1 - cenatopo19

* Um dos discos mais criativos do ano, “Direto da Gringa”, lançado em junho desde 2020 “puxado”, fez a gringa-brasileira Giovanna Moraes botar os dois pés e a voz em suas origens. Depois de uma longa temporada morando e estudando nos EUA, ela resolveu entrar na cena brasileira de coração e fez um segundo disco cantando em português (o primeiro da gringa, ou “Gringa”, era 100% gringo).

Multiinstrumentista e multiestilos, Giovanna se espremeu entre a nova MPB, o new-jazz e o indie para sair com um disco-celebração de seus potenciais musicais e potenciais de brasileira mesmo.

Irrequieta, agora Giovanna resolveu mais uma vez se testar e nos testar. Aumentou o volume das guitarras e a impetuosidade de sua voz única, que ressoa em algum lugar no varal das grandes mulheres cantoras da música, entre, por exemplo, Fiona Apple e Elis Regina. Sem comparar, já comparando.

A cantora e instrumentista pegou algumas faixas de seu “Direto da Gringa” e fez o “Rockin’ Gringa”, uma versão roqueira de sua obra, sem negá-la, mas levando para outros caminhos. O resultado roqueiro do disco sai completinho, músicas mais vídeos, no dia 20 de novembro, semana que vem. O “Rockin’ Gringa” em vídeo, sai no comecinho de dezembro.

1 - PHOTO-2020-11-12-12-27-39

Mas enquanto o EP e a session em vídeo não saem, Giovanna dá entrega uma das faixas, “Singularidade”. O calor do vídeo ao vivo é altamente recomendado no acompanhamento da música (veja abaixo).

“Singularidade” e as músicas que vão acompanhar esse “Rockin’ Gringa” são um exercício ao vivo para dar um “xô” a este 2020 sem shows. Um final um pouco mais digno para este ano, com uma pira feminista/feminina no gênero onde as mulheres ganharam um lugar absurdo.
(o EP novo tem uma ainda não divulgada versão de mina para música do Queens of the Stone Age, uma das maiores “bandas de macho” que existem. Essa versão do QOTSA vai ter que esperar um pouco. Vamos respeitar a singularidade de Giovanna.)

Um próximo disco de inéditas já está pronto, ela diz, mas esse vai ter que esperar 2021 mostrar sua cara. Giovanna, no momento, quer mais fechar 2020 desafiando a si mesma, com uma boa dose de zoeira roqueira.

>>

OCUPA POPLOAD. GIOVANNA MORAES INVADE NOSSO INSTAGRAM AMANHÃ, PARA APRESENTAÇÃO EXCLUSIVA DE UMA HORA

1 - cenatopo19

* Na segunda edição do OCUPA POPLOAD, nosso Instagram vai ser apoderado neste sábado, 19h, pela cantora e multiinstrumentista Giovanna Moraes, que recentemente lançou seu segundo álbum, o bastante elogiado “Direto da Gringa”.

A primeira edição do OCUPA POPLOAD trouxe a invasão de nossa conta pelo incrível rapper Edgar, que fez uma live catártica semanas atrás.

5 - 1

Sobre a de amanhã, de novo não nos responsabilizamos pelo que nosso “ser invasor” vai causar. Por esta hora em que nossa conta vai estar nas mãos talentosas de Giovanna, com uma live em streaming, ela vai cantar, tocar, dançar, falar, mostrar seus dotes artísticos e mais outras coisas que nem a gente sabe.

Uma artista em construção e sempre à flor da pele, a live “Giovanna 24 Horas” promete mostrar um recorte de 24 horas intensas na vida da intensa cantora, compositora e multiinstrumentista. Nome de destaque na atual cena brasileira, com um som que mistura em doses iguais jazz, rock e a nova MPB, a inserindo de corpo, alma e voz nesse último estilo, Giovanna revela na live um dia “normal” de seu processo criativo em ebulição.

Nesse OCUPA POPLOAD, amanhã, sábado, às 19h, Giovanna traz ainda um compilado de momentos que a marcaram durante a produção do seu mais recente álbum, o “Direto da Gringa”, seu segundo disco. O primeiro, se considerarmos que Giovanna se estabelece agora como “brasileira”, depois de muitos anos vivendo nos EUA (seu primeiro disco é todo em inglês).

Nesta segunda edição do OCUPA POPLOAD, Giovanna convida a todes a assistirem sua ebulição, revelando-se uma artista em plena efervescência criativa, sem medo de arriscar.

Lá no @poploadmusic.

>>

CENA – Giovanna Moraes refaz sua neurogeografia, se inclui na cena brasileira e lança “Direto da Gringa”

1 - cenatopo19

Captura de Tela 2020-06-30 às 7.41.20 AM

* A talentosa Giovanna Moraes apareceu em live na Popload há algumas semanas para explicar algumas coisas. Por que ela tinha abandonado a carreira na neurociência para se dedicar à música? E por que um single em português depois de um primeiro álbum inteirinho em inglês?

As respostas, para quem não pode ver a Popload Live com ela, estão em “Direto da Gringa”, seu segundo álbum, de vários alcances, lançado na última sexta-feira.

A gringa em si é a própria Giovanna. Depois de muitos anos crescendo e estudando nos EUA, a compositora, cantora de múltiplas vozes e multiinstrumentista assumiu sua brasilidade em retorno ao país e quis experimentar. Experimentar sua bagagem de gringa dentro de sua alma brazuca (e dá-lhe Fiona Apple, na inquietude vocal). Experimentar-se na cadência da língua portuguesa e nos ritmos brasileiros (e dá-lhe um monte de referências da cena de cantoras brasileiras, mas nenhuma exatamente em particular).

Sobre a primeira questão, o disco também explica. Giovanna se sentia solitária na carreira de cientista, falando para muito pouca gente. Agora, como música, ela se sente melhor alcançando muito mais gente.

diretodagringa

“Direto da Gringa”, este segundo disco dela, joga para um passado distante o álbum de estreia, “Achromatics”, de 2018. Essa transição é feita na faixa 1, curiosamente com o nome em inglês, “Let’s Get Mental”, que nada mais é que aquela barulheira de mudança de dial numa rádio, até encontrar a emissora que se realmente quer ouvir. Aí chegamos todos na “estação Giovanna Moraes” e começa a ótima “Devaneios”, o primeiro single. E, como se essa primeira faixa fosse o rito de passagem, então a nova Giovanna Moraes se faz por inteira daí para frente.

Junto com o disco saiu o ótimo vídeo de “Sai por Inteira”, o novo single, que traz no “mode quarentena” muitas amigas de Giovanna cantando a música, cada uma de suas casas, dançando de um jeito, interagindo com a música de um jeito. O resultado, na edição espertíssima, é quase um real encontro de amigas, mesmo.

Giovanna é bastante visual, também. Comunica em vídeos no Youtube e Instagram seus processos, mostra making ofs, conversa com seus músicos, divide tudo.

E assim ela divide “Direto da Gringa” com a gente (o vídeo de “Sai por Inteira” está aí no meio:

>>