Em duda beat:

Popload Festival vai às lives. E ao bar. Conheça o Home Hour Popload Festival

>>

* O futuro é incerto, mas os drinks em happy hour, mesmo que em casa e com a devida responsabilidade, não. A Popload se juntou à Diageo, empresa de bebidas alcoólicas premium tipo Johnnie Walker, Smirnoff e Tanqueray, para lançar o Home Hour Popload Festival, com o objetivo de criar um fundo de apoio para bartenders, outra atividade profissional bastante afetada pela pandemia.

O festival, que terá Emicida, Tulipa Ruiz, Duda Beat (foto abaixo), Manu Gavassi e Letrux como destaques musicais, vai oferecer lives com pocket show, bate papo com artistas, dicas de consumo responsável e conteúdos com bartenders mulheres ensinando a fazer drinks em casa.

DUDA BEAT 4_créd Fernando Tomaz

Com estreia no próximo dia 14, o Home Hour Popload Festival será realizado semanalmente nas redes sociais – às quintas-feiras, às 19h. O projeto também conta com a participação de bartenders renomadas realizando miniaulas de drinks para serem feitos em casa.

No primeiro home hour, assinado pela marca Johnnie Walker, o projeto recebe a cantora Duda Beat e o influenciador João Vicente de Castro. Já na live do dia 21, Tanqueray promove
o encontro da cantora Letrux com Manu Gavassi. No encerramento, dia 28, a Smirnoff traz o artista Emicida com a cantora Tulipa Ruiz, conversando e cantando.

Todas as lives serão transmitidas nas redes sociais YouTube e Facebook da Popload Music.

As receitas e o passo a passo dos drinks ficam por conta das mixologistas Adriana Pino (que ensina a fazer os drinks Red Highball Citrus e Gold & Apple), Jéssica Sanchez (a Caipiroska de Smirnoff), e Talita Simões (Tanqueray & Tonic).

A agenda do Home Hour Popload Festival poderá ser conferida nos canais do Popload – Instagram, Twitter, Facebook e YouTube e das marcas Johnnie Walker, Smirnoff e Tanqueray, além do site do The Bar, loja virtual de bebidas da Diageo. Os conteúdos produzidos também estarão disponíveis nos canais e em playlists no Spotify.

Captura de Tela 2020-05-11 às 6.01.52 PM

***

* A foto de Tulipa Ruiz na home da Popload, na chamada para este post, é de Érica Garrida. A imagem acima, da Duda Beat, é de Fernando Tomaz.

>>

Cultura Inglesa Festival no sofá. Shows de Lily Allen e Duda Beat serão transmitidos ao vivo pela TV neste domingo

>>

060619_culturainglesa2019

Neste domingo, São Paulo será palco da 23ª edição do Cultura Inglesa Festival. O evento acontecerá no Memorial da América Latina e já tem ingressos esgotados para os shows de Lily Allen e Duda Beat, em um choque de gerações de duas cantoras que dão o que falar.

Estrela do pop inglês do início deste século, Lily retorna ao Brasil após uma década. Dona de diversos hits, a cantora também coleciona inúmeras polêmicas ao longo da carreira, que viraram até livro, “My Thoughts Exactly”, lançado no ano passado. Foi também em 2018 que ela soltou “No Shame”, seu quinto disco de estúdio que é base da atual turnê.

Já Duda Beat é hoje atração de destaque em 199 dos 200 festivais indies brasileiros. Com canções como “Bixinho” e “Bédi Beat”, ela também promete cantar neste domingo algumas releituras de clássicos britânicos de nomes como George Michael e Spice Girls.

A boa notícia é que tudo isso vai passar ao vivo na TV fechada, pelo canal Multishow, a partir das 17h30 de domingo. A Cultura Inglesa tem incentivado as pessoas que têm ingresso, mas que não irão ao show, doem as entradas para quem está buscando por uma entrada ainda.

>>

CENA – Festival Bananada fica oficial, vai agitar Goiânia por uma semana inteira e escala 90 atrações. Quer ir com passaporte ouro?

>>

1 - cenatopo19

* Uma espécie de Glastonbury brasileiro menos hippie mais urbano, por ser fora-do-eixo e ainda assim juntar uma cavalar quantidade de bandas em seu line-up, o tradicional festival indie Bananada anunciou ontem em um evento em São Paulo (no eixo, portanto) que vai botar para circular em Goiânia, entre 12 e 18 de agosto, cerca de 90 atrações, seja grupos ou DJs. Parece sempre que o Bananada chama todo mundo da cena indie nacional para tocar. Só que não, felizmente.

Comparação acochambrada ou não, você há de concordar: o Fabrício Nobre, capo do Bananada, é uma espécie de Michael Eavis tupi.

O festival, de guerreiros 21 anos de idade, botou no topo de seus dias principais (dias 16, 17 e 18) nomes como Criolo, Duda Beat (foto da home da Popload), Baco Exu do Blues (abaixo), Boogarins e Pitty, e acontece em uma arena montada no estacionamento do Passeio das Águas Shopping, na capital goiana.

7 - Baco Exu do Blues [divulgacao]

A programação mistura artistas (Tulipa Ruiz & João Donato; Jaloo e MC Tha), bota som de festa no palco (Teto Preto, foto abaixo), elenca o melhor da cena instrumental (Metá Metá e Bixiga 70), veteranos (Hurtmold 20 anos), novatos (Tuyo), locais (Brvnks, Mateus Carrilho, Goiaba e os Tranquilos), gringos (Frente Cumbiero/Colômbia, Paus/Portugal e The Holydrug Couple/Chile), eletrônicos (Faul, Kefing).

3 - Teto Preto [divulgacao]

Confira o line-up completo, abaixo, e de quebra concorra a UM PAR DE PASSAPORTES BANANA OURO, que vale para os sete dias do festival, da parte de clubes (segunda à quinta) e a do festivalzão na arena principal (sexta a domingo).

Captura de Tela 2019-05-13 às 4.07.59 PM

O esquema você conhece: email no lucio@uol.com.br pedindo. Sorteio x vencedorx até o fim desta semana e boto aqui o nome de quem levou. Linha de assunto: Bananada. Se você é de Goiânia, está em casa. Mas, se você é forasteiro, uma viagenzinha a Goiânia para o Bananada é recomendadíssimo. A cidade fica muito legal.

>>