Em electronic:

Johnny Marr volta aos shows, enche o setlist de Smiths e toca até Electronic. Manja o Electronic?

>>

* O guitarrista inglês Johnny Marr, que um dia fez parceria de autor numa banda chamada The Smiths, retomou ontem à noite em Leeds sua vida de shows pós-pandemia. Ou nesta fase “apesar dela”.

Marr pretende lançar em meados de outubro um EP novo, “Fever Dreams Pt 1”, que dá pinta de ser um álbum novo dividido em dois, pelo nome. O último disco cheio de estúdio dele é “Call the Comet”, de 2018.

Em Leeds, na casa de shows Stylus, Marr fez tipo show do Liam, que carca Oasis no setlist. No caso do guitarrista, obviamente, The Smiths. Um pouco mais moderadamente, talvez. Num concerto de 21 músicas, ele tocou sete de sua ex-banda.

Marr ainda tocou dois hits da superbanda que Johnny Marr teve (por oito anos, três discos) nos anos 90, a Electronic. O grupo era uma parceria de Marr com Bernard Sumner, do New Order, e teve colaborações gigantes de gente como Karl Bartos (Kraftwerk) e da dupla Neil Tennant e Chris Lowe, do Pet Shop Boys.

Fizemos um apanhado do que achamos no Youtube do show do Johnny Marr ontem em Leeds.

>>

Johnny Marr, enquanto Jesus Cristo na Inglaterra, lança novo álbum e toca até Electronic em session

>>

091014_marr2

Enquanto Morrissey luta contra um câncer, outro ícone do rock relacionado aos Smiths desfruta de sua melhor fase desde o fim da banda. O virtuoso guitarrista Johnny Marr, em carreira solo cada vez mais sólida, lança nesta semana seu novo álbum, “Playland”, um disco cheio de “tensão, ansiedade e tédio”, como o próprio disse em entrevista ao semanário inglês New Musical Express.

Marr inclusive ganhou capa no NME que trata este novo álbum como “épico”. O guitarrista anda dizendo que a inspiração do disco partiu das cidades de Londres e Manchester, seus sentimentos e os envolvimentos das pessoas locais com a música. Outra inspiração partiu do livro “Homo Ludens: O Jogo Como Elemento da Cultura”, escrito por Johan Huizinga e publicado no fim dos anos 30.

091014_marrnme

Neste ritmo de divulgação, Johnny fez uma session para a rádio BBC 6 Music e tocou a nova “Easy Money” e a clássica “Getting Away With It”, do Electronic, trio formado por ele, Bernard Sumner (New Order) e Neil Tennant (Pet Shop Boys) no fim dos anos 80, início dos 90.

* Sobrou um tempinho para Johnny ensinar como ser um guitar hero.

* Marr atualmente está em turnê pelo Reino Unido. Em novembro, viaja pela Europa e segue sua excursão mundial pela América do Norte (dezembro) e Austrália (janeiro e fevereiro de 2015).

>>