Em ellie rowsell:

Wolf Alice bota Ellie de Marilyn Monroe para apresentar a nova música, de uma beleza nada convencional

>>

* Antigamente, bem antigamente, quando em rolês ingleses, eu amava ir às muitíssimas lojas de discos da capital inglesa para ver o que estava sendo lançado em singles, musiquinhas de trabalho que geralmente carregava um ou outro lado B inédito, uma versão remix dançante, uma ao vivo de outra do álbum de onde o single foi tirado. Era “barato” e era uma beleza. Tempos depois, vinha o vídeo, na MTV ou afins, para solidificar a música explorada como single.

Sign of the times, como diria o Prince, hoje em dia o single, quando lançado às segundas, na internet, vem com um vídeo já pronto, tudo no mesmo pacote.

wolf

Um single que eu iria fácil comprar nesta segunda-feira, nos “moldes antigos”, é este do grupo inglês Wolf Alice, liderado pela guitarrista boneca Ellie Rowsell. “Beautifully Unconventional” traz música nova do álbum “Visions of a Life”, que será lançado no final deste més, dia 29.

Das amostras deste novo disco, que já tem a belíssima “Don’t Delete the Kisses” e a poderosa gritaria de “Yuk Foo” dando sopa, este segundo álbum do Wolf Alice dá pinta de ser bem melhor que sua estreia, o disco lá de 2015, o cool “My Love Is Cool”.

“Beautifully Unconventional”, o vídeo, bota a cantora do quarteto de Londres num tipão Marilyn Monroe, para fazer esse choque de musas, a nova e a velha. Tipo assim:

****

* Ouça “Beautifully Unconventional”, do Wolf Alice, na Popload Radio.

>>

Siga essa mulher: o show do Wolf Alice em Los Angeles

>>

ellie2

* Continuamos aqui em franca perseguição à banda inglesa Wolf Alice, da Ellie Rowsell (acima), que anda pelos EUA fazendo shows e sessions já para divulgar seu segundo álbum, “Visions of a Life”, que ainda está por ser lançado. O disco vem inteiro às lojas apenas no finalzinho de setembro.

Semana passada, na sexta, a doce Ellie e sua banda quase grunge, quase riot, quase brit, talvez tudo somado, estiveram em Los Angeles para tocar no clube The Echo, provavelmente o reduto indie mais indie da Califórnia. Adoro a pizza ruim em pedaços que tem do lado do clube.

Para machucar geral e logo de início, o show do Wolf Alice começou com a nova “Don’t Delete the Kisses”. Temos esse e alguns outros vídeos.

Falando em “machucar”, mostra pra gente, Ellie…

* A foto de Ellie que está no topo do post é de David Benjamin, publicada no Buzzbands.la.

>>

Caras, bocas e berros demoníacos da Ellie: o novo vídeo do Wolf Alice

>>

270717_wolfalice2

Um dos nossos grupos prediletos, o inglês Wolf Alice está preparando para 29 de setembro o lançamento do seu segundo álbum, “Visions of a Life”, que tem a difícil e importante missão de suceder bem o petardo de estreia, “My Love Is Cool”, lançado em 2015.

O Wolf Alice, você sabe, é uma banda britânica com guitarra suja que tem cara de Seattle anos 90 e cheirinho de grunge, embora a Ellie Rowsell, vocalista musa e meio desajeitada, tenha carinha de anjo e voz de demônio. Ou o contrário.

Para esse disco novo, a banda acaba de divulgar o vídeo para o primeiro single, “Yuk Foo”, o que traz a Ellie versão demônio, berrando e entregando seu olhar diabólico enquanto a banda toca o som cheio de energia e que dura tipo dois minutos.

O álbum terá 12 faixas no total e a outra música divulgada é “Don’t Delete The Kisses”, baladinha cool e fofa, que tem a Ellie versão anjinho. Vai entender essa banda incrível…

>>

Nada menos que hipnotizante: uma apresentação calminha (e rara) do Wolf Alice em Portland

>>

250717_wolfalice2

Há mais ou menos dois anos, o mundo indie foi pego de surpresa (hehe) com o Wolf Alice, banda inglesa com alma de Seattle, com um som redondinho e barulhento e uma vocalista linda, a Ellie Rowsell, rostinho de anjo e voz do demônio. Tipo isso. O álbum de estreia deles, “My Love Is Cool”, figurou entre os mais elogiados daquele ano, e agora eles virão com o teste do segundo disco.

Será lançado em 29 de setembro o álbum “Visions of a Life”, que tem a super responsabilidade de segurar a bronca do sucesso do anterior, mas pinta com um certo ar de mudança.

O novo projeto terá 12 faixas inéditas e dele já conhecemos os singles “Yuk Foo”, que dura pouco mais de dois minutos e tem a Ellie berrando como se não houvesse amanhã. Mas tem também “Don’t Delete The Kisses”, pequena maravilha sonora no qual ela deixa a gritaria um pouco de lado e reaparece (quase) calma, fofa até, ensaiando uma declaração de amor desajeitada, bêbada e apressada para um crush, em uma mensagem de texto que ela sabe que nunca vai ter coragem de enviar. Envergonhada, ela deleta os beijos no final do recado.

No meio do auê todo desse anúncio e também no meio de um rolê de shows pelos EUA, a banda apareceu na Kink FM, rádio de Portland, para uma session desacelerada e intimista, sem a barulheira convencional e mais focada na voz da Ellie, que a bem da verdade a gente não ouve direito nos sons originais de estúdio e de shows full band.

Nesta session, fica incrível ver o alcance vocal da menina, encaixando superbem nas versões acústicas, o que pode ser conferido abaixo.

>>

A Ellie agora acalmou. O novo single lindo do Wolf Alice

>>

Captura de Tela 2017-07-05 às 8.04.57 PM

* Baby Ellie Rowsell cantora, guitarrista e musa indie, havia lançado no meio de junho o pesado single “Yuk Foo”, em que berrava à altura da velocidade das guitarras na ótima música que trazia sua banda, a Wolf Alice, de volta ao jogo. O quarteto de Londres lança seu segundo disco, “Visions of a Life”, em 29 de setembro (a arte da capa é esta que você vê abaixo). O primeiro álbum chegou em 2015, “My Love Is Cool”.

Wolf-Alice-art-

Cool mesmo é essa segunda música a sair do disco novo, “Don’t Delete the Kisses”, que foi lançada hoje no Youtube da banda, mas sem vídeo. Só a figura de uma boca, no caso os lábios da Ellie, mostrando os seus dentes um pouco tortinhos, tipicamente inglês. Para este single, ela deixa a gritaria um pouco de lado e reaparece (quase) calma, fofa até, ensaiando uma declaração de amor desajeitada, bêbada e apressada para um crush, em uma mensagem de texto que ela sabe que nunca vai ter coragem de enviar. Envergonhada, ela deleta os beijos no final do recado… Quem nunca?

>>