Em festival se rasgum:

CENA – Ex-festinha indie no Pará, Se Rasgum atravessa sua década a partir de amanhã com cerca de 30 atrações

>>

cena

* A banda paulistana Holger abre amanhã, em Belém, a 11ª edição do Festival Se Rasgum. A capital do Pará será sacudida até sábado, dia 5, com perto de 30 atrações da música independente de vários cantos do país e inclusive internacionais. A banda inglesa Yuck (a da foto na home da Popload) é um dos bons nomes a tocar no Se Rasgum 2016.

Captura de Tela 2016-10-31 às 12.22.00 PM

O Terno, Supercordas (foto acima), Barbara Ohana, Filipe Catto, Thiago Petit, Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz, Pega Monstro (Portugal), Molina & Los Cosmicos (Uruguais) mais nomes da cena local, veterana ou jovem, estão no elenco do festival deste ano

Outro festival indie do Norte/Nordeste brasileiro patrocinado e com grande apoio de empresas e do governo.

Serão cinco dias de música na noite paraense, iniciando amanhã com uma festa de abertura, no Café com Arte, na terça-feira, com os shows especiais de Holger (SP), Pelé do Manifesto e a discotecagem especial do Baile Tropical

Na quarta o festival acontece, ainda pequeno, no teatro Margarida Schivasappa, com os shows do gaúcho Filipe Catto, e os paraenses Luê e Pedro Vianna, ambos lançando disco novo.

O dia gratuito do Se Rasgum será na quinta, na Estação das Docas, quando se apresentam a powerband Aláfia (com participação de Bruno B.O), Aíla, a banda maranhense Criolina e o combinado Manari + Loopcínico (Maranhão).

O bicho no Se Rasgum pega mesmo com duas noites no Hangar, sexta e sábado, com 25 atrações. Veja a programação mais abaixo.

“O Se Rasgum começou em Belém em 2003, como uma festa entre amigos num clube para 100 pessoas, com o objetivo apenas de poder curtir juntos o que não se ouvia na noite local: Teenage Fanclub, Weezer, Yo La Tengo, Pixies… E com isso o público que passou a frequentar a festa era a galera que tinha banda autoral que, igualmente, não tinha palco pra tocar nessa noite em que imperava a banda cover”, lembra o criador do festival, Marcelo Damaso.

“Em alguns meses tínhamos uma festa quinzenal com 500 pessoas por dia. Foram dois anos fomentando a cena autoral, trazendo bandas e DJs de fora. E desde 2006 virou festival, que fazemos todos os anos.”

Confira a programação completa deste ano do Se Rasgum.

CAFÉ COM ARTE – abertura, amanhã, 1/11
– Holger (SP)
– Pelé do Manifesto
– Baile Tropical DJ set

**

TEATRO MARGARIDA SCHIVASAPPA – quarta, dia 2/11
– Filipe Catto (RS)
– Luê
– Pedro Vianna

**

ESTAÇÃO DAS DOCAS (programação gratuita) – quinta, 3/11
– Aláfia (SP, com participação de BRUNO B.O. (PA)
– Criolina (MA)
– Aila
– Manari (PA) & Loopcínico (MA)

**

HANGAR – sexta, 4/11
– SCALENE (DF)
– THIAGO PETHIT (SP)
– YUCK (UK)
– PEGA MONSTRO (POR)
– BÁRBARA OHANA (RJ)
– VERÔNICA DECIDE MORRER (CE)
– SAMMLIZ
– CÉUS DE ABRIL
– BLOCKED BONES

**

HANGAR – sábado, 5/11
– JENECI E TULIPA (SP)
– WILSON DAS NEVES (RJ) participação ARTHUR ESPÍNDOLA (PA)
– O TERNO (SP)
– PINDUCA
– GURI ASSIS BRASIL (RS)
– MOLINA & LOS COSMICOS (URU)
– SUPERCORDAS (RJ)
– LUCAS ESTRELA & ORQUESTRA PAU E CORDISTA DE CARIMBÓ
– ZEROMOU + SEMENTE DE MAÇÃ

Captura de Tela 2016-10-31 às 12.17.30 PM

>>