Em frank ocean:

Popnotas – Lá vem a Lizzo com música bombástica nova. O Macaco Bong, o “Bacurau” e a master chef. E já sobre o Coachella 2023

>>

* Sdd da Lizzo? Pois a cantora americana, rapper e flautista também, chega no dia 13 aos nossos ouvidos provavelmente mais uma vez com uma de suas músicas arrasa-quarteirão. Chama “Rumors”, tem aquela coisa do pré-save disponível e é o primeiro som dela neste ano, já apontando para o histórico show que ela fará no dia 4 de setembro no enorme festival Bonnaroo. Histórico porque vai ser a primeira vez que uma mulher vai ser headliner do evento de Manchester. Manchester, Tennessee, claro. Será o começo de muitos rolês de Lizzo (foto na home) em 2021. Vamos estar aqui de olho nela.

* O bombadaço rapper, cantor e uns outros atributos importantes Frank Ocean vai ser o headliner do Coachella 2023, vai ser anunciado em breve. Segundo o jornal californiano “Los Angeles Times”, o artista vai pular a edição do ano que vem do festivalzão do deserto, marcada para acontecer em abril. Ocean ia encabeçar um dos dias do Coachella de 2020, que nunca rolou você sabe por quê. Os outros que estavam no topo do line-up do ano passado, a banda Rage against the Machine e o rapper Travis Scott, estão mantidos para 2022. Um novo headliner, para o lugar de Frank Ocean, também vai ser anunciado nesta pacoteira coachelliana de avisos importantes.

* CENA – Depois de três anos sem dar as caras, o trio Macaco Bong, instituição instrumental do rock brasileiro desde 2004, quando foi formada pelo guitarrista Bruno Kayapy na quente (mesmo) Cuiabá da época, acaba de lançar um single inédito. A faixa chama “Hacker de Sol” e vai estar no próximo álbum do grupo, “Mondo Verbero”, que sai ainda em 2021, sem data certa ainda (via selo ForMusic Records). Hoje o Macaco Bong traz Kayapy como membro original ainda Eder Noleto na bateria e Igor Carvalho no baixo, os dois de Cuiabá, embora o fundador da banda já tenha fincado o pé em São Paulo. “Hacker de Sol” é inspirada no filmaço “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. “O filme me trouxe uma narrativa que eu estava justamente buscando na sonoridade deste álbum. A vibe do sertão nordestino com um estilo de psicodelia que mistura o jazz, blues, desert rock com dub, R&B, música brega, forró e frevo recheada de melodias polifônicas e sequências de acordes e riffs mântrico através de uma linha de som mais minimalista”, explica Kayapy. A arte do single e a do álbum novo é da premiada chef, estrela de TV e roqueira Helena Rizzo, mulher de Kayapy.

>>

POPLOAD NOW: Os nove álbuns blockbusters que vão abalar nosso 2021, estrelando Drake, Foo Fighters, Lorde, Frank Ocean, Adele…

>>

* A gente gosta aqui de elencar os discos indies que estamos desesperados para que saiam logo, mas não podemos deixar de listar os blockbusters também, né? Que vão dar um agito gigantesco na cena, ainda que no paralelo das nossas vidas. E dar um agito, sim, a este site, por que não? E aos nossos festivais quando tudo passar, por que não? E outros por que nãos.

***

** DRAKEJaneiro – O mega-rapper canadense Drake anunciou no ano passado o lançamento de “Certified Lover Boy”, junto com o primeiro single intitulado “Laugh Now Cry Later”, que a princípio trouxe um trailer seguido de um vídeo de alto orçamento. Quem sabe no futuro não vemos Drake estrelando um longa-metragem também?
O disco tem data de lançamento em “janeiro”, como colocamos aí em cima, sem dia anunciado. Ou seja, a qualquer momento, páááá!!!

***

** FOO FIGHTERS5 de Fevereiro – “Medicine at Midnight” é o nome do próximo álbum do genial Foo Fighters, que já fez circular o bom single “Shame Shame”, inclusive estreando a música ao vivo no famoso programa Saturday Night Live, no final de semana seguinte às eleições americanas. No Réveillon, a banda liberou mais uma faixa, “No Son of Mine”. Em declaração, o líder Dave Grohl disse que o disco é “repleto de ‘hinos'”, e comparou-o a “Let’s Dance” de David Bowie. Ousado.

***

** LANA DEL REY19 de março – Falamos muito no post anterior, mas tínhamos que colocar aqui também. O sucessor de “Norman Fucking Rockwell” tem o nome de “Chemtrails Over the Country Club”, sabemos já de dois singles, conhecemos a capa lindona, o tracklist que inclui uma música chamada “Wild at Heart” e outra “Dark but Just a Game” e que ele chega a nós no dia 19 de março. Ai, ai.

***

** FRANK OCEANsem data – Já se passaram mais de quatro anos desde seu último lançamento, “Blonde”, mas recentemente Ocean voltou com a Beats 1 Blonded Radio, programa de rádio online em que também apresentou duas músicas suas inéditas, “DHL” e “In My Room”, e depois mais duas, “Cayendo” e “Dear April”.
Desde então, sabemos que o cantor planejava o lançamento de um disco de 7″ que ele mesmo cancelou. O que se espera é que para ainda neste ano o rapper traga mais conteúdo inédito. Ou seja, seu álbum novo finalmente.

***

** KENDRICK LAMARsem data – Confirmado em praticamente todos os festivais giga mundo afora, isso num mundo pré-COVID, era esperado a esta altura que tivéssemos algo novo de Kendrick Lamar. Mas aí veio a pandemia…
Em 2018, Lamar se dedicou à trilha sonora do filmaço “Black Panther”, e recentemente deu as caras numa faixa do novo disco de Busta Rhymes.
O que sabemos por enquanto, é que ele está trabalhando em algo novo e, segundo palavras dele sobre demorar tanto: “Eu passo o ano inteiro apenas pensando em como vou executar um novo som, não posso fazer a mesma coisa indefinidamente. Eu preciso de algo para me animar.”
Torcendo para que ele fique bem animadinho. Porque estão dizendo mesmo nos bastidores da indústria que o disco novo de KL está bem pronto.

***

** LORDEsem data – Em 2019, quando Lorde se preparava para gravar o sucessor do incrível “Melodrama”, ela foi pega de surpresa pela morte do seu cachorrinho, o que a fez adiar o processo. Porém, em maio do ano passado, a cantora e compositora apareceu para contar que está sim trabalhando em novo material, junto com o produtor dourado Jack Antonoff, à distância, obviamente, devido à pandemia.
Enquanto isso, Lorde (foto da chamada na home) lançou no fim do ano aquele livro de fotos de viagem da sua visita à Islândia, como te contamos aqui.
Mas, Lorde baby, queremos ouvir mais de você. Não ler, exatamente.

***

** PHOENIXsem data – Ano passado fomos pegos de surpresa (ou mais ou menos) quando Phoenix lançou a ótima “Identical”, música que faz parte da trilha sonora do filme “On The Rocks”, dirigido por Sofia Coppola, esposa de Thomas Mars, vocalista e líder da banda francesa.
A faixa trouxe saudade do dançante “Ti Amo”, álbum de 2017, e desde então o grupo só lançou um livro, em 2019, chamado “Phoenix: Liberté, Égalité, Phoenix!”. Mas, segundo Mars, podemos esperar que “Identical” esteja no próximo álbum em breve, que deve ter o mesmo espírito animado.

***

** RIHANNAsem data – Bom, depois de seu último lançamento, “ANTI”, láááá em 2016, de Riri só temos notícia quando se trata de seu império de beleza Fenty Beauty. E, ano após ano, os fãs querem mais que iluminador que brilha na Lua, Querem saber se, afinal, Rihanna voltará aos palcos e à música.
Em entrevista recente, a artista-empresária disse que a quarentena tem ajudado a aflorar seu lado criativo e que, para este ano, ela gostaria de levar sua marca e sua música para outro patamar.
Em março passado, Rihanna nos deu um gostinho, colaborando em uma faixa do rapper PARTYNEXTDOOR, “Believe It”. Manda mais, Rihanna, que está pouco. Mesmo.

***

** ADELEsem data – Ela está mais linda, mais loira e fez o mundo dar uma respirada funda quando foi anunciada no programa “Saturday Night Live”, como host, em outubro do ano passado. Iria ela mostrar alguma canção nova ou adiantar novidades sobre o novo disco, o sucessor de “25”, que ela lançou há mais de seis anos? Mas quá! Mas no fim deixou um recadinho no Instagram, bem de leve, na ocasião do SNL, que o próximo álbum sai, sim, agora em 2021. Ok, então.

****

* Esta seção da Popload é pensada e editada por Lúcio Ribeiro e Daniela Swidrak.

Para embalar a quarentena: Frank Ocean solta versões acústicas das novas “Cayendo” e “Dear April”

>>

280817_frankocean

O genial Frank Ocean nos brindou no dia de hoje com um par de novas canções. “Cayendo” e “Dear April” foram disponibilizadas pelo norte-americano em suas plataformas digitais nas versões originais e acústicas.

A estreia das originais foi em outubro do ano passado, quando elas foram tocadas no clubinho PrEP+, em Nova York, remixadas pelo Justice e Sango, respectivamente. Com trechos disponibilizados na internet, na época, Frank lançou uma versão limitada em vinil com as duas. Houve um atraso no envio dos vinis e só agora, parece, todo mundo recebeu.

Nesta sexta, foram lançadas ainda as versões acústicas para ambas as faixas, que podem ser ouvidas no final do post.

A movimentação de Ocean serve para aumentar a expectativa em torno de um novo disco. Reconhecido pelo seu talento e suas canções ligadas ao R&B, ele disse ano passado que a cena de música de clubinhos vai nortear seu novo trabalho.

Inspirado em gêneros como a eletrônica francesa, o techno e o house de cidades como Detroit e Chicago, o novo álbum terá a difícil missão de substituir os incríveis “Blonde” e “Endless”, que fizeram bastante barulho em 2016.

>>

Coachella 2020 escala IDLES, Fontaines DC, black midi e… Pabllo Vittar e Anitta

>>

* Vai ter viado no Coachella 2020, anunciou em seu Instagram a artista mais explosiva brasileira dos últimos anos. O festival da Califórnia, que acontece em dois finais de semana de abril e é o o grande responsável pela volta do Rage Against the Machine aos palcos, soltou ontem à noite sua escalação para este ano novo, com a cantora e dançarina brasileira Pabllo Vitar. A hoje internacional Anitta está nesta também.

Talvez o melhor junta-tribos dos últimos anos, com uma escalação variada e representativa da nova música para o nosso humilde gostinho, deu até uma pequena vontade momentânea de pegar o carro alugado em Los Angeles e rumar para o deserto em direção ao mesmo tempo festival mais bonito do mundo e o maior exemplo de shopping center da música que virou. Mas beleza: a transmissão dos shows do Coachella pela internet é muito boa.

fontaines

Muitos dos britânicos (inclui-se aqui irlandeses, em licença geográfica) da hora estão lá no cartaz, no meio dos cerca de 160 atrações divulgadas. Os punks IDLES, Fontaines DC (foto) e The Murder Capital marcarão presença. Os suecos do Viagra Boys, da mesma turma, estarão a bordo. O incrível e multiarticulado rapper Dave (lembra o Glastonbury, né?), o parça fera Slowthai, os doidos não-convencionais black midi e The Comet Is Coming, os redivivos Disclosure, Friendly Fires e Fatboy Slim e os belezuras Hot Chip (oi, Popload Festival!), FKA Twigs, Anna Calvi e Yungblud também estão entre os que vão pegar o vôo da British rumo aos EUA em abril, para o Coachella.

Rage fecha o sexta. Travis Scott e 21 Savage sacodem o sábado e a dobradinha linda Frank Ocean e Lana Del Rey encerram no domingo. O Coachella Festival acontece nos dias 10, 11 e 12 de abril, depois tem repeteco em 17, 18 e 19.

Numa olhada rápida, tem ainda King Gizzard & The Lizard Wizard, Mura Masa, Charlie XCX, SebastiAn, Princess Nokia, Orville Peck, Carly Rae Jepsen, Peggy Gou, Lil Nas X, Pup, Floating Points, Snail Mail, Black Pumas. Pulei alguém muito relevante?

Olha, viu, Coachella? Sei não…

coachella1

>>

Aos poucos, Frank Ocean vai revelando seu novo disco inspirado em… clubinhos

>>

041119_frankocean2

O genial Frank Ocean está trabalhando em um novo disco. Reconhecido pelo seu talento e suas canções ligadas ao R&B, ele diz que a cena de música de clubinhos vai nortear seu novo trabalho.

Inspirado em gêneros como a eletrônica francesa, o techno e o house de cidades como Detroit e Chicago, o novo álbum terá a difícil missão de substituir os incríveis “Blonde” e “Endless”, que fizeram bastante barulho em 2016.

Aos poucos, este novo projeto vai ganhando forma, já que Ocean soltou neste final de semana sua segunda música inédita nos últimos dias, chamada “In My Room”. Antes, ele já havia divulgado “DHL”. Além disso, Frank anunciou o lançamento de um vinil de 7″ com outras duas faixas novas, chamadas “Cayendo” e “Dear April”.

Já em seu programa de rádio na Beats 1, “blonded RADIO”, Frank Ocean tocou neste final de semana uma versão inédita de um remix feito pelo ARCA para “Little Demon”, outra música nova. A versão tem até o Skepta. A canção original ainda não foi lançada e está em pré-venda no site de Frank.

>>