Em friends:

O novo vídeo muito louco do Subburbia. Ou seja, tudo certo

>>

tumblr_nmrfhbwDjl1qlfqxco1_500

* A banda mais odiada de Curitiba (hehe) e uma das mais adoradas pela Popload (hehehe), o grupo Subburbia lança música e vídeo de “Purple Weed”, uma viagem indie-hip hop electro que, segundo a banda, Emil e Marina Mirage, foi feita em homenagem à Fernanda Abreu e no “Verão da Lata”, de 1988. Tudo faz sentido, tirando que nada faz. A cara do Subburbia.

A música parece um som dos Pixies cantado pela Kim Deal em meio a uma viagem sem volta de ácido. Mas normal vinda do Subburbia. “Purple Weed” é o desejo de verão regressivo da banda.

Para ajudar, o músico Matthew Molnar, da banda Friends, canta um verso de “Purple Weed”, que vai estar na próxima mixtape do grupo de Curitiba, a sair a qualquer momento.

O vídeo foi editado por Marina Mirage, filmado por Alexandre Cardinal, Yuri Mira e Ian Joe e produzido pela Terry Crew. Sentiu?

Samantha, do Friends, passou por aqui

>>

* Friends banda, não o “Friends” seriado.

A boneca Samantha Urbani e sua esperta banda Friends, do Brooklyn, tocaram em um evento chamado “All for Music”, que ocupou um casarão stáile alugado no bairro do Morumbi, no domingo à tarde/noite. O minifestival caseiro teve ainda, entre as atrações, o DJ Zegon e a dupla australiana Flight Facilities.

O All for Music é ligado ao festival gaúcho MECA, que aconteceu no sábado em uma fazenda com lago perto da Praia de Atlântida, a pouco mais de uma hora de Porto Alegre. Além de Friends e Flight Facilities, o Meca teve ainda os britânicos do Citizens!, o canadense Dragonette, eos brasileiros Holger e Dis Moi, entre outras atrações.

Mas, voltando à mansão paulistana, o show do Friends, dadas as circustâncias de um “show no quintal”, foi bem bom. A banda tocou seus hits indies do disco de estreia, “Manifest”, do ano passado, mais uma ou duas músicas novas. Para enxergar melhor o público (e também ser mais vista), Samantha subia em uma estrutura de frente ao palco. Tudo certo.

Festinha bem boa. A gente curte baladas assim em fins de tarde e ao ar livre. Uma coisa tipo esta, diria Samantha:

>>

Friends e Flight Facilities tocam em São Paulo dia 27 de janeiro

>>

* As duas deliciosas novas bandas, atrações do evento gaúcho Meca Festival, tocam em São Paulo em esquema “pool party”, balada-show de dia, no domingão 27 de janeiro. O lugar ainda vai ser divulgado. Não está definido também se a festa terá venda de ingressos, será na base de promoção no Facebook do festival ou vai ser um evento fechado.

O Flight Facilities (foto acima) é da boa safra australiana de som electroindie, que deu ao pop recentemente do Cut Copy ao Tame Impala e montaram uma forte conexão Londres-Paris-Sydney de electro. O FF (não confundir com Foo Fighters, Friendly Fires, Fiery Furnaces e Fleet Foxes) é formado por um duo “misterioso” de Sydney. Já ouviu “Crave You”, sonzinho cool que lembra Stereolab e já tem até remix dubstep?

O Friends é do Brooklyn, Nova York. Meio caminho andado para ser bom. É a banda da fofa Samantha Urbani, que canta dando gritinho tipo Glass Candy, quando não está sussurrando. Bombaram bem no final de 2011 e os ingleses amam eles. “Friend Crush” é uma delícia. Mas acho que a mais famosa deles é “I’m His Girl”. Aqui tem a Samantha crowdsurfing enquanto canta o hit deles no Reading Festival do ano passado.

O Meca Festival acontece no dia 26 de janeiro na praia de Xangri-la, perto de Atlantida, a mais ou menos 1 hora e meia de Porto Alegre. Não é exatamente na praia, mas num hotel-fazenda lindo, com um lago enorme atrás do palco principal. Além das duas bandas que enviarão a São Paulo, a edição deste ano do festival terá Citizens!, Dragonette, Zulu Winter, Holger, Database, Tess e o incrível grupo indie gaúcho Dis Moi. Viagem a Meca para o festival, “nosso Benicassim”, é altamente recomendada.

>>

Festival indie-eletrônico gaúcho traz Citizens!, mas deve liberar só Friends e Flight Facilities para São Paulo

>>

* Popload em Nova York. De olho nas (coisas) gaúchas.

* O incrível MECA Festival, evento que chama os indies para a praia e já foi apelidado por “alguém” como o “Benicassim brasileiro” (sempre uso essa, haha), anunciou nesta semana sua programação de 2013, quando rolará sua terceira edição. O festival, que já teve Vampire Weekend e Two Door Cinema Club (2011) e Rapture e Mayer Hawthorne (2012), entre outros, acontece no dia 26 de janeiro num hotel-fazenda Pontal, numa região não por acaso chamada de Xangri-la, que fica a 10 minutos do centro da badalada praia de Atlântida e 1h20 de Porto Alegre. Atrás do palco principal do Meca tem o belo lago Pontal.

O MECA, repaginado para receber 6 mil pessoas, vai importar em 2013 um elenco de bandas menores que suas últimas edições, mas não menos deliciosas. São elas:
* Flight Facilities – duo australiano de disco, meio revival de dance anos 80, dupla amiga da galera do Tame Impala e que cravou em 2012 a fofa “Crave You”
* Citizens! – Já que é para citar as turmas, essa banda aqui, de Londres, é produzida pelo Alex Kapranos. Inclusive se vestem e penteiam os cabelos como o Franz Ferdinand. Estão no cast do selo francês cool de indie-eletrônico Kitsuné e fizeram uma das músicas mais bacanas do ano, a “True Romance”. Precisa de mais recomendações?
* Friends – Este quinteto, mais famosinho, são três-minas-dois caras do Brooklyn, NY. Precisa de mais recomendações?
* Dragonette – Banda canadense já “rodada” para os padrões indies, que lançou há pouco tempo o terceiro álbum, o agitado “Bodyparts”.
* Zulu Winter – Banda “certinha” da nova safra já catalogada de “pós-Vaccines” do rock inglês. São adoradas pelo fanfarrão Zane Lowe, DJ da Radio One, e fazem a linha Duran Duran dramático, haha. Boa escolha.

O grupo inglês Citizens! vem ao Brasil para festival no Sul. São Paulo, só no aeroporto…

Dessas, o Friends e o Flight Facilities devem tocar em São Paulo apenas, em datas perto de 26/1. Os “shows paulistanos” do Meca vão ser anunciados no começo da semana que vem. Vamos acompanhar.

A parte brasileira do Meca também está por ser divulgada.

Para o evento em Shangri-la, parece que os ingressos estão à venda em Porto Alegre, tipo em lojas do Shopping Iguatemi e Barra Shopping Sul, e ainda na Complex, o bacanudo complexo pista/restaurante/loja/balada da capital gaúcho. A venda online deve ser anunciada no site do festival em breve.

>>

Santigold e Best Coast puxam noite indie em Londres para clube de 300 pessoas

>>

* Um dos clubinhos mais famosos do mundo, o 100 Club, situado na Oxford Street, em Londres, recebeu terça passada uma noitada indie espetacular, com uma festa chamada Represent, na verdade uma ação da marca cool de tênis Converse.
O Converse Represent recebeu, seguidos, na mesma noite, apresentações ao vivo de Santigold, Best Coast, a banda americana Friends, do Brooklyn, o esperto grupo psicodélico escocês Django Django e os bombados Citizens!, de Londres.

Pensa tudo isso num lugar que cabem pouco mais de 300 pessoas, quase 1/5 do tamanho do Cine Joia, por exemplo

O 100 Club, que já teve show dos Rolling Stones, The Clash e Sex Pistols, foi inaugurado em plena Segunda Guerra Mundial, na capital inglesa. Em 1942, para ser exato. Em 2010, o clube estava decretando falência. Mas o Paul McCartney, a Nike e a Converse não deixaram esse patrimônio do rock mundial fechar suas portas.

Da festança indie de terça, da Santigold só achei a foto acima. Mas o restante das atrações está bem representado nos vídeos abaixo.

>>