Em genesis:

Com Phil Collins, sem Peter Gabriel: após 13 anos, Genesis anuncia retorno aos palcos

>>

040320_genesis2

Uma das grandes bandas do pop, especialmente lá nas décadas de 1970 e 80, o Genesis informou que fará uma série de shows no Reino Unido no final deste ano. As apresentações serão as primeiras do grupo em 13 anos.

A turnê se chamará “The Last Domino? Tour”, em referência à música “Domino”, lançada no disco “Invisible Touch”, em 1986.

No palco estarão Phil Collins, Tony Banks e Mike Rutherford, da formação original. Peter Gabriel e o guitarrista Steve Hackett não farão parte do rolê. “Seria bem difícil juntar todos”, se justificou brevemente Banks em nome do grupo.

Para os lugares de Gabriel e Hackett foram chamados Daryl Stuermer na guitarra e baixo e Nic Collins, filho de Phil, na bateria. Phil, como se sabe, está impedido de tocar bateria devido a um problema nos nervos.

Os rumores sobre a turnê de reunião do grupo já estavam pipocando desde o início do ano quando o trio foi visto em Nova York. Só agora eles confirmaram, de fato, que estavam ensaiando.

A princípio, o Genesis fará oito shows em novembro e dezembro, em arenas nas cidades de Liverpool, Londres, Manchester, Leeds, Newcastle, Birmingham e Glasgow.

A tendência, no entanto, é que a reunião se estenda para outras cidades.

040320_genesis_tour

>>

Mais uma da série "música boa, clipe bizarro". Chegou a vez da Grimes

>>

Olha ela aí outra vez, Brasil. A fofura Clair Boucher, a Grimes para os “íntimos”, continua chamando a atenção do mundo pop. Depois de fazer uma turnê com o Diplo e o Skrillex, figurinha carimbada em festivais e aparecer com o A$AP Rocky em uma festinha, a cantora canadense se prepara para sua primeira turnê headliner pelos Estados Unidos nos próximos dois meses.

Ela, que recentemente fez sua estreia na TV americana se apresentando no programa do Jimmy Fallon, libertou hoje o vídeo para seu hit “Genesis”, uma das melhores músicas do ano.

Para seguir a linha música-boa-vídeo-ruim que domina a cena hoje em dia, ela conseguiu fazer uma produção bizarra no nível do Animal Collective. Meninas vestidas com roupas estranhas, espadas, armas, um jipe de guerra, uma cobra. Mas não tem briga, parece.

Bem bizarro, mas a gente até que gosta disso.

A estreia relax da Grimes na TV americana

>>

A Grimes, que esses dias foi vista numa baladinha por aí ao lado do A$AP Rocky, fez shows em diversos festivais recentemente, turnê com o Skrillex e o Diplo, se prepara para sua primeira grande turnê pelos Estados Unidos nos próximos dois meses.

Um dos nomes independentes mais quentes do ano, a musa indie canadense fez uma visita ao programa de Jimmy Fallon, na noite de ontem, fato que marcou sua estreia na TV americana.

Com dançarinas, rosas, jatos de fumaça e roupão de banho, ela mandou a ótima “Genesis”, faixa do álbum “Visions”, lançado no início desse ano. Luxo indie.

A fofura da Grimes e o que ela está fazendo com o Skrillex

>>

* A loirinha Grimes, revelação canadense que é um dos mais incensados nomes independentes do ano, anunciou uma pancada de shows que vai fazê-la trabalhar ao vivo até o fim de outubro. A garota Claire Boucher, 24, uma espécie de filha da Kate Bush, etérea e representante dos duendes indies só que mais para o Cocteau Twins e menos para a Bjork, vai fazer sua primeira turnê “de gente grande”, sozinha, como headliner, em setembro e outubro pelos EUA. É a “Mythical Gymnastics Tour”. Mas até lá está cheia de mais shows americanos, aparições em festivais, esticadas ao verão europeu e uma bizarra turnê canadense, em julho, acompanhando Skrillex e Diplo. Que galera! Vai ser uma viajante turnê electrofunkdubstep. Queria ir.

A Grimes, que teve seu belo disco “Visions” lançado até no Brasil, teve um vídeo ao vivo lançado pela MTV, nas últimas horas. Foi uma session para o programa “Push Live”, dá uma olhada.

Aproveito para desovar um vídeo que eu fiz no South by Southwest deste ano, no Texas. Foi em show da Grimes na Central Presbyterian Church, igreja cool usada para shows mais “especiais” e intimistas no festival de Austin. Está meio escuro por razões óbvias. E foi feito comigo sentado num dos bancos da igreja, um desses que se quiser dá para ajoelhar para rezar, se quiser aproveitar a ocasião. :)

>>

A Grimes, o vídeo novo e os anéis-vagina

>>

* Saiu o vídeo novo da banda-projeto da loirinha canadense Claire Boucher, a deliciosa Grimes, que faz uma espécie de “electro-indie fantástico”, sendo que o termo aqui é mais aplicado como “fantasia”, algo mágico. Lembra Cocteau Twins?

A música do vídeo é a linda “Nightmusic”, o segundo single tirado de seu disco “Visions”, lançado com pompa indie no começo do ano, seu terceiro trabalho mas que na verdade vem sendo considerado o “primeiro a valer”.

O Pitchfork trata o vídeo como “NSFW”, a marca que indica “perigoso para ver no ambiente de trabalho” uma vez porque tem conteúdo sexual, umas pessoas peladas e tal. Mas, desconfio, é menos pelos “inofensivos” atores nus que aparecem na floresta encantada da Grimes, mas sim, e como zoeira, por causa do anel dela, que ocupa três dedos e tem o formato da b… do aparelho reprodutor feminino. Tanto que ele é chamado de “pussy ring”, uma espécie de “anel xana”.

O “Grimes Pussy Rings” foi lançado tipo oficialmente pela Grimes no final de abril. É bijuteria criada por ela em parceria com um designer de joias amigo dela, do Canadá. A Grimes usou o anel recentemente em uma apresentação no famoso programa do Jools Holland, na TV britânica.

Então repare aí, nos anéis e principalmente na música. Primeiro a Grimes usando o anel “pussy” no vídeo novo, “Nightmusic”, e depois mostrando ele para os ingleses na performance da linda “Genesis”, seu hit, no programa do Jools Holland.

>>