Em ghosts:

Bruce Springsteen se emociona ao tocar para um pouquinho de gente no “Saturday Night Live”

>>

Captura de Tela 2020-12-14 às 6.12.19 PM

* Com uma alegria reluzente de banda nova, o veteraníssimo roqueiro americano (no sentido a-me-ri-ca-no da parada) Bruce Springsteen foi ao grande programa saturnino ao vivo e à noite “Saturday Night Live” tocar duas músicas de seu novo disco, ainda que aqui o novo se refira a “Letter to You”, seu 12º disco, lançado no final do ano passado com boa repercussão de crítica e vendas. Mas não excursionado, porque a Covid-19 não deixou. E o “ao vivo” tenha só o caráter de show, porque o programa é gravado.

Não deixou também, por precaução, dois integrantes da sua excelentíssima banda E Street Band acompanhá-lo ao programa de Nova York, que tinha uma plateia pequena para vé-los, o que arrancou algumas palavras emocionadas de Springsteen, já que foi o único público, ainda que pequeno, que presenciou o músico e sua fiel banda desempenharem canções ao vivo do último álbum. Ele chegou a dizer isso em um desses programas de entrevistas de fim de noite da TV americana durante a semana, e depois da gravação do “Saturday Night Live”

As músicas tocadas no “SNL” foram “Ghosts” e “I’ll See You in My Dreams”, e resgatou ali na telinha o que Bruce Springsteen tem de melhor: sua eterna jovialidade para apresentar suas músicas ao vivo, ainda que o tempo passe e seja implacável. No caso de Springsteen e de suas atuações em show, com sua banda, o tempo é até bem generoso.

A última vez que Sprinsteen tinha se apresentado no “SNL” havia sido no Natal de 2015.

>>

Bruce Springsteen grita que está vivo em novo single, que se chama… “Ghosts”

>>

Captura de Tela 2020-09-24 às 12.16.32 PM

* O veteraníssimo Bruce Springsteen, um dos patrimônios roqueiros da história da música americana, vai lançar em outubro um novo álbum, o de número 20, ainda “suportado” pela banda que o acompanha desde o comecinho dos anos 70, a E Street Band.

Springsteen, de 71 anos, apresentará “Letter to You”, disco que já tem conhecidos dois singles. O homônimo, lançado em 10 de setembro agora, e “Ghosts”, que saiu hoje com um lyric vídeo daqueles emocionantes, que mexem com memórias.

A música é, sem novidade, da categoria “rock” sem necessidade de botar complementos para “explicar” sua linhagem. E, enquanto na “lyric” Bruce Springsteen grita no refrão que está vivo, no “vídeo” ele intercala imagens de uma certa solidão de estúdio com lembranças de muitos shows seus antigos, no palco, com plateia.

Pensa um senhor septuagenário que deve ter feito já um milhão de shows pelo mundo em 50 anos de estrado preso numa pandemia, lançando seu vigésimo disco, sem poder fazer shows dele, gritando “I’m Alive” no refrão de uma música chamada “Fantasmas”. Este é Bruce Springsteen e é com esse tipo de melancolia de superação que ele sempre mexe. Ainda hoje. Como se essa realmente fosse uma mensagem para você. Para nós.

>>