Em gorillaz:

Tame Impala lança o vídeo da marmota. E foi meio que “anunciado” no próximo single do Gorillaz. Foi?

>>

Captura de Tela 2020-02-03 às 10.17.09 AM

* Well, well. Nosso Tame Impala lança disco novo na semana que vem, sexta 14, então a partir de agora é melhor reservar um espaço diário aqui na Popload para falar deles, porque o Tame Impala é uma banda evento. Tipo Oscar, tipo Superbowl.

Hoje liberaram um vídeo novo, para a deliciosa “Lost in Yesterday”, com Kevin Parker se apresentando como banda de casamento. De vários casamentos. Só casamento treta. Filmado na filosofia do “Dia da Marmota”. A música menciona, o título dela entrega. O visual e o jeito “circular” de botar esse single em vídeo o tornam delícia de assistir.

É o primeiro vídeo para o álbum “The Slow Rush”. “Lost in Yesterday” é aquilo lá que a gente espera do Tame Impala. É diferente, mas é igual.

É o primeiro vídeo, mas o quarto single que o Tame Impala mostrou, de “The Slow Rush”. Do novo disco, a gente já conhece “Borderline”, “It Might Be Time” e “Posthumous Forgiveness”.

***

* E ontem à noitão o lado indie do Twitter/Instagram se manifestou nível Superbowl, nível família do Gugu no Fantástico, nível Bafta quando o animado (ai!) Noodle do Gorillaz postou uma indução de que o Tame Impala vai ser o próximo colaborador desse novo projeto “Song Machine”, que na semana passada rendeu a boa “Momentary Bliss”, com participações massa do rapper Slowthai e dos punks do Slaves, que a gente ama por aqui.

Acontece que o “guitarrista” Noodle colocou horas atrás, no Instagram dele, uma imagem da capa do disco “Currents”, do Tame Impala, com os caras do Gorillaz por cima, esta foto abaixo. E ainda escreveu na legenda assim: “Kev?”.

Ai, ai!

Captura de Tela 2020-02-03 às 11.25.32 AM

>>

Com as participações de slowthai e Slaves, Gorillaz revela qual é a do projeto “Song Machine”

>>

300120_gorillaz3

Anteontem, o Gorillaz deixou o mundo pop atento quando “anunciou” que estava com algo novo engatado. Chamando “Song Machine”, o projeto audiovisual do grupo liderado pelo Damon Albarn traz novidades boas.

A primeira delas é o cartão de visitas em forma de música, mesmo. “Momentary Bliss” é o primeiro single do projeto, e tem as participações dos incríveis slowthai e Slaves, uma das possibilidades citadas por aqui há dois dias.

Além disso, o vídeo que apresenta a canção mostra um raro crossover entre humanos e desenhos, com a banda real em ação junto com a virtual e os personagens criados por Jamie Hewlett.

O Gorillaz mandou avisar que existe um calendário extenso de lançamentos ao longo do ano, que serão revelados de forma esporádica e fugindo do ciclo tradicional de singles e álbum cheio.

Fora o single, o Gorillaz também soltou um vídeo que abre uma série, chamada Machine Bitez. O EP #1 conta com 2D, Murdoc e Russel.

>>

É um disco novo? É um cartoon? É o single com o Slaves e o slowthai? Gorillaz vai lançar sua Song Machine

>>

280120_gorillaz2

Projeto revolucionário que bombou na música pop na virada de séculos, o Gorillaz continua se reinventando, mesmo após duas décadas de existência.

O coletivo liderado por Damon Albarn e Jamie Hewlett divulgou um teaser de 20 segundos, que recebeu o título de “Song Machine”. Ainda não se sabe se pode ser o sucessor de “The Now Now”, lançado em 2018, ou se é enfim um projeto de cartoon que a banda tem falado há alguns anos.

A verdade é que o novo projeto já está se tornando burburinho obrigatório entre os fãs. No Spotify, uma lista sugere este passo inicial como “Season One” e pede para que os fãs fiquem atentos ao próximo episódio.

Há ainda um boato que consta que, na próxima semana, o Gorillaz vai soltar um single com o Slaves e o slowthai envolvidos. Pensa.

O jeito é ficar ligado…

Ver essa foto no Instagram

Follow your nearest Song Machine (snooze you lose)

Uma publicação compartilhada por Gorillaz (@gorillaz) em

>>

Melhores do Ano da Popload. Qual o SHOW INTERNACIONAL de 2018? Vote

>>

* Estou em dúvida aqui se tiro o Nick Cave da contenda, para facilitar para os outros. Você me entende? Ou não?

Mas ok, vamos lá. Melhores shows internacionais do incrível ano de 2018 de taaaaaantas apresentações gringas boas. Escolha o seu em nossa enquete ou aponte outro que não está nas opções oferecidas.

4 - 141218_lcd
3 - 141218_ff

Ano que começou com Phoenix em Curitiba, teve o espetacular Gorillaz na chuva no Jockey, todo o Lollapalooza com os mágicos LCD Soundsystem, Liam Gallagher e David Byrne, não esqueçamos a Laninha Del Rey arrasando, o especialíssimo Mogwai tropicalizando um barulho no Butantã, os supraindies Connan Mockasin e Thee Oh Sees, o galã Father John Misty chamando todo mundo para uma intimidade no palco do mais bonito auditório do Brasil, At the Drive in brigando com fãs da Lorde, a Lorde em si e de sutiã, o Death Cab for Cutie tocando sentado mas tocando, a volta incrível do Franz Ferdinand, a dobradinha Foo Fighters & Queens of the Stone Age, o fodaço Deerhunter. A reta final com Morrissey e New Order.

Teve também três shows históricos. O histórico porque é sempre histórico Radiohead, o primeiro do Roger Waters no Allianz, mais pela tensão política absurda e provocando quase uma guerra de classes e de pensamento real, e o transformador Nick Cave & The Bad Seeds, retornando ao país para uma dessas experiências sonoras e sensoriais que fica muito injusto chamar de “show”.

A gente, semana que vem, vai publicar aqui duas listas. Uma de melhores da Popload em si, outra dessa convocação deste post, chamando você a votar através deste link aqui. VOTE!!!

Grande parte dos concertos sugeridos tem um “olhar paulistano”, por causa da força de SP como praça de shows e tal. Fique livre para votar, por exemplo, no Noel em Belo Horizonte (eu estava lá e até votaria, se…) ou Franz Ferdinand em Natal.

2 - 141218_radiohead
1 - 141218_lorde

** A foto do LCD Soundsystem no Lolla, a primeira deste post, é de Marcelo Brandt, do G1. Na sequência, o Franz Ferdinand em ação em São Paulo, do Fabrício Vianna/Popload. A do Radiohead, a terceira, tem crédito de César Tavares, do G1. A que fecha, da Lorde, é de Fabrício Vianna, da Popload, assim como a do Nick Cave, na home.

>>

Gorillaz faz seu primeiro vídeo enquanto “banda tocando ao vivo” para a ótima “Tranz”

>>

140918_gorillaz2

Divulgando seu mais recente disco, “The Now Now”, lançado no fim do primeiro semestre, o Gorillaz soltou um vídeo para o single “Tranz”, uma das melhores canções do projeto. Embora simples, o vídeo é meio histórico, já que o diretor Jamie Hewllet contou que este é o primeiro em que a banda “toca ao vivo” na carreira.

“The Now Now” surgiu no calor de “Humanz”, lançado ano passado, e tem botado o Gorillaz para tocar no mundo todo. Dia 20 de outubro eles vão promover mais uma edição do festival Demon Dayz, na Inglaterra, com shows de Erykah Badu, the Internet, DRAM e outros.

Dia desses, a trupe liderada por Damon Albarn soltou duas versões remixes para outro single do álbum, “Humility”, feitas pelo Superorganism e o DJ Koze.

>>