Em gorillaz:

Damon Albarn leva o cartoon 2-D para a live do Gorillaz na TV

>>

Captura de Tela 2020-05-20 às 10.55.51 AM

* Foi via zoom a live que o real Damon Albarn e o virtual 2-D se apresentaram ontem como atração musical do programa do apresentador Jimmy Kimmel, na TV americana. Representando a banda Gorillaz, os dois apresentaram a música nova “Aries”, que no mundo “normal” tem a participação do baixo do Peter Hook e da bateria da Georgia, mas na versão live pandemia mostrou só o vocal do cara do Blur e seu pianinho, com intervenções animadas de 2-D.

O Gorillaz lançou recentemente uma série de EPs chamada “Song Machine”. “Aries” está na parte 3 do projeto.

Ficou fofo.

>>

Damon Albarn mostra parte da sua nova invenção musical, inspirada na Islândia, em live para o Boiler Room

>>

180520_damon2

Enquanto o Blur não dá o menor sinal de vida e o Gorillaz está no meio de um projeto mais perene, que recebeu o nome de “Song Machine”, o imparável Damon Albarn segue se reinventando e deu um jeito de colocar em prática um projeto que era para estar rodando a Europa.

No final do ano passado, Damon anunciou o projeto “The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows”, uma espécie de experimentações baseadas em sons de orquestra, mas que envolve elementos da eletrônica, instrumentos clássicos como piano e, claro, o vocal do astro britânico.

“The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows” é inspirado nas paisagens da Islândia, local por onde Albarn passou um tempo em busca de novas aspirações (e onde tem, ou pelo menos tinha, um bar de dois andares). O nome do projeto foi retirado do poema Love and Memory, assinado por John Clare.

O plano inicial de Damon era rodar a Europa em cerca de 12 apresentações neste mês, mas devido ao coronavírus, o projeto ficou engavetado até a tarde de ontem.

Em parceria com a galera cool do Boiler Room, o barbudo Damon fez uma live de pouco mais de 20 minutos, mostrando alguns trechos e nuances sonoras de “The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows”. O resultado pode ser viso abaixo.

>>

Com Peter Hook e Georgia, Gorillaz solta mais uma música inédita do projeto “Song Machine”

>>

280120_gorillaz2

O Gorillaz continua a sequência de seu projeto “Song Machine” e liberou nesta quinta-feira a terceira canção inéditas nas últimas semanas.

“Aries” conta com participações luxuosas da cantora e multi-instrumentista Georgia e o lendário baixista Peter Hook, o cara que ditava o som do Joy Division e do New Order.

Com uma mensagem enigmática, o guitarrista Noodle disse que “tudo é altamente impaciente e competitivo, pois muitos Aries têm o espírito de luta do seu governante mitológico”. Sacou?

Quando falou dessa “Song Machine”, o Gorillaz avisou que existe um calendário extenso de lançamentos ao longo do ano, que serão revelados de forma esporádica e fugindo do ciclo tradicional de singles e álbum cheio.

>>

Tame Impala lança o vídeo da marmota. E foi meio que “anunciado” no próximo single do Gorillaz. Foi?

>>

Captura de Tela 2020-02-03 às 10.17.09 AM

* Well, well. Nosso Tame Impala lança disco novo na semana que vem, sexta 14, então a partir de agora é melhor reservar um espaço diário aqui na Popload para falar deles, porque o Tame Impala é uma banda evento. Tipo Oscar, tipo Superbowl.

Hoje liberaram um vídeo novo, para a deliciosa “Lost in Yesterday”, com Kevin Parker se apresentando como banda de casamento. De vários casamentos. Só casamento treta. Filmado na filosofia do “Dia da Marmota”. A música menciona, o título dela entrega. O visual e o jeito “circular” de botar esse single em vídeo o tornam delícia de assistir.

É o primeiro vídeo para o álbum “The Slow Rush”. “Lost in Yesterday” é aquilo lá que a gente espera do Tame Impala. É diferente, mas é igual.

É o primeiro vídeo, mas o quarto single que o Tame Impala mostrou, de “The Slow Rush”. Do novo disco, a gente já conhece “Borderline”, “It Might Be Time” e “Posthumous Forgiveness”.

***

* E ontem à noitão o lado indie do Twitter/Instagram se manifestou nível Superbowl, nível família do Gugu no Fantástico, nível Bafta quando o animado (ai!) Noodle do Gorillaz postou uma indução de que o Tame Impala vai ser o próximo colaborador desse novo projeto “Song Machine”, que na semana passada rendeu a boa “Momentary Bliss”, com participações massa do rapper Slowthai e dos punks do Slaves, que a gente ama por aqui.

Acontece que o “guitarrista” Noodle colocou horas atrás, no Instagram dele, uma imagem da capa do disco “Currents”, do Tame Impala, com os caras do Gorillaz por cima, esta foto abaixo. E ainda escreveu na legenda assim: “Kev?”.

Ai, ai!

Captura de Tela 2020-02-03 às 11.25.32 AM

>>

Com as participações de slowthai e Slaves, Gorillaz revela qual é a do projeto “Song Machine”

>>

300120_gorillaz3

Anteontem, o Gorillaz deixou o mundo pop atento quando “anunciou” que estava com algo novo engatado. Chamando “Song Machine”, o projeto audiovisual do grupo liderado pelo Damon Albarn traz novidades boas.

A primeira delas é o cartão de visitas em forma de música, mesmo. “Momentary Bliss” é o primeiro single do projeto, e tem as participações dos incríveis slowthai e Slaves, uma das possibilidades citadas por aqui há dois dias.

Além disso, o vídeo que apresenta a canção mostra um raro crossover entre humanos e desenhos, com a banda real em ação junto com a virtual e os personagens criados por Jamie Hewlett.

O Gorillaz mandou avisar que existe um calendário extenso de lançamentos ao longo do ano, que serão revelados de forma esporádica e fugindo do ciclo tradicional de singles e álbum cheio.

Fora o single, o Gorillaz também soltou um vídeo que abre uma série, chamada Machine Bitez. O EP #1 conta com 2D, Murdoc e Russel.

>>