Em green day:

Billie Joe Amstrong mistura John Lennon e Billy Idol em nova versão de “Gimme Some Truth”

>>

120418_billiejoe2

Nessa onda de mundo engajado e ao mesmo tempo paralisado pelo coronavírus, são muitas as gravações improváveis que estão surgindo por aí. E quem acabou de entrar na fila é Billie Joe Armstrong, o vocalista do Green Day.

Ele fez sua própria versão de “Gimme Some Truth”, de John Lennon, lançada originalmente pelo ex-beatle em seu disco solo “Imagine”, em 1971. No entanto, ele conta que seu primeiro contato com a canção foi na versão do Generation X, antiga banda do Billy Idol, em 1978.

Diz o Billie também que sua versão ficou no meio do caminho entre Lennon e Idol.

O Green Day lançou no início deste ano o disco “Father of All…” e remarcou recentemente as datas de sua turnê Hella Mega, ao lado do Weezer e do Fall Out Boy.

>>

Green Day celebra 25 anos do clássico “Dookie” e toca o disco inteiro em Madrid

>>

Fotos: Mariskal Rock

Fotos: Mariskal Rock

Disco pontual na carreira do Green Day, “Dookie” está completando 25 anos de vida e ganhou show especial e acidental na cidade de Madrid, na noite de ontem.

O álbum lançado em 1994 puxou a apresentação realizada na pequena e famosa Sala La Riviera, e foi tocado na íntegra, ocupando a primeira parte da apresentação. Algumas canções como “Chump” e “In the End” não eram tocadas pelo trio há mais de cinco anos.

A segunda parte do show contou com faixas de outros discos do catálogo do grupo, incluindo sons como “Bang Bang” e “Revolution Radio”. A apresentação foi fechada com as clássicas “American Idiot” e “Jesus of Suburbia”.

Ainda não se sabe se o Green Day armará novos shows especiais do álbum. Abaixo, alguns registros da apresentação em Madrid, ontem.

SETLIST

SET 1
Burnout
Having a Blast
Chump (First time live since 2014)
Longview
Welcome to Paradise
Pulling Teeth (First time live since 2013)
Basket Case
She
Sassafras Roots (First time live since 2013)
When I Come Around
Coming Clean
Emenius Sleepus (First time live since 2013)
In the End (First time live since 2013)
F.O.D.
All by Myself (First time live since 2013)

SET 2
Minority
Bang Bang
Revolution Radio
Father Of All…
Holiday
Boulevard of Broken Dreams
Brain Stew
Paper Lanterns
I Was There
Know Your Enemy

American Idiot
Jesus of Suburbia

>>

Green Day anuncia 13º disco de estúdio para fevereiro e solta o single “Father of All Motherfuckers”

>>

100919_greenday2

O grupo norte-americano Green Day anunciou para o início de 2020 o lançamento de “Father of All Motherfuckers”, 13º disco deles na carreira e o primeiro em quatro anos.

O álbum estará nas lojas dia 7 de fevereiro e chega apresentado pela faixa-título, rockinho básico do Green Day, com dois minutos e meio de duração, uma tendência do projeto.

Em entrevista ao Zane Lowe, na Beats 1 da Apple, Billie Joe Armstrong disse que o disco fala de depressão, mas de um jeito divertido, e será um dos mais curtos da história do grupo, com mais ou menos 26 minutos de duração.

“Father of All Motherfuckers”, o single, pode ser ouvido abaixo.

>>

Green Day, Sex Pistols, Guns N’ Roses e Portlandia se misturam para homenagear Johnny Ramone

>>

290818_ramones_22slidr

Já virou tradição. Anualmente, entre os mil eventos que acontecem em Los Angeles, a cidade é palco de um tributo ao guitarrista Johnny Ramone. A edição deste ano aconteceu no último domingo no Hollywood Forever Cemetery e contou com algumas estrelas da cultura pop.

Bille Joe Armstrong (Green Day), Duff McKagan (Guns N’ Roses), Steve Jones (Sex Pistols) e Fred Armisen (estrela da série Portlandia, se juntaram para tocar algumas canções em formato acústico dos Ramones, inesquecíveis.

Entre as faixas, Rockaway Beach” e “Judy Is a Punk”. Sobrou um tempinho para tocar “Pretty Vacant”, dos Pistols, também. Dizem que o Morrissey estava por lá. O evento tem a organização da Linda Ramone.

>>

Billie Joe Armstrong deixa o Green Day um pouco de lado, monta nova banda e solta EP falando que o amor é para os losers

>>

120418_billiejoe2

Líder de uma das bandas mais populares do mundo, Billie Joe Armstrong resolveu deixar seu Green Day um pouco de lado e formou uma nova banda, The Longshot, sem muitos detalhes divulgados. O papo é que seu filho, Joey, toca bateria nela.

Na calada da noite, o novo projeto soltou um EP com três canções novas. Armstrong já informou que o EP precede um disco cheio, que será lançado “mais cedo ou mais tarde. Provavelmente mais cedo”.

As três canções se chamam “Taxi Driver”, “Chasing A Ghost” e “Love Is For Losers”. Esta última, inclusive, dará nome ao álbum prometido.


>>