Em greta van fleet:

A lista geral de ganhadores do Grammy, incluindo o Beck, Childish Gambino, Justice e o Led Zep… Greta Van Fleet

>>

* Hahaha. A brincadeeeeeeeira do Greta Van Fleet até com a foto do Led Zeppelin foi ideia do site gringo Consequence of Sound. Não vem jogar a culpa na Popload. Se bem que a gente curtiu. Enfim…

110219_cosgreta

Para fechar o papo Grammy, até porque a gente nem liga muito para premiações, listamos abaixo todos os vencedores da edição 61 da premiação. A cerimônia foi na noite de ontem, em Los Angeles.

O Greta Van Fleet segue surfando na onda do hype, ganhando o prêmio de Best Rock Album. Childish Gambino também colheu frutos com seu petardo “This Is America”, levando a “Record of the Year” e “Song of the Year”, além de vídeo do ano.

Beck ganhou o prêmio de melhor disco de música alternativa, o Justice de melhor álbum de música eletrônica, e a Kacey Musgrave o melhor álbum de todos. Tudo abaixo, na ordem de prioridade nossa.

Album of the Year
Kacey Musgraves – Golden Hour

Record of the Year
Childish Gambino – This Is America

Best Rock Album
Greta Van Fleet – From the Fires

Best Alternative Music Album
Beck – Colors

Best Rock Song
St. Vincent – Masseduction

Best New Artist
Dua Lipa

Song of the Year
Childish Gambino – This Is America

Best Rap Album
Cardi B – Invasion of Privacy

Best R&B Album
H.E.R. – H.E.R.

Best Rap Song
Drake – God’s Plan

Best Rap/Sung Performance
Childish Gambino – This Is America

Best Pop Duo/Group Performance
Lady Gaga and Bradley Cooper – Shallow

Best Dance/Electronic Album
Justice – Woman Worldwide

Best Music Video
Childish Gambino – This Is America

** Demais vencedores:

Producer of the Year, Non – Classical
Pharrell Williams

Best Rap Performance
(Tie)
Kendrick Lamar, Jay Rock, Future, & James Blake – King’s Dead
Anderson .Paak – Bubblin

Best Metal Performance
High on Fire – Electric Messiah

Best Rock Performance
Chris Cornell – When Bad Does Good

Best Urban Contemporary Album
The Carters – Everything Is Love

Best R&B Song
Ella Mai – Boo’d Up

Best Traditional R&B Performance
(Tie)
Leon Bridges – Bet Ain’t Worth the Hand
PJ Morton – How Deep Is Your Love [ft. Yebba]

Best R&B Performance
H.E.R. – Best Part [ft. Daniel Caesar]

Best Latin Jazz Album
Dafnis Prieto Big Band – Back to the Sunset

Best Large Jazz Ensemble Album
John Daversa Big Band – American Dreamers: Voices of Hope, Music of Freedom

Best Jazz Instrumental Album
The Wayne Shorter Quartet – Emanon

Best Jazz Vocal Album
Cécile McLorin Salvant – The Window

Best Improvised Jazz Solo
John Daversa – Don’t Fence Me In

Best Reggae Album
Sting & Shaggy – 44/876

Best Dance Recording
Silk City & Dua Lipa – Electricity [ft. Diplo and Mark Ronson]

Best Contemporary Classical Composition
Kernis – Violin Concerto

Best Classical Compendium
Fuchs – Piano Concerto Spiritualist

Best Classical Solo Vocal Album
Monteverdi – Songs of Orpheus

Best Classical Instrumental Solo
Kernis – Violin Concerto

Chamber Music/Small Ensemble Performance
Laurie Anderson – Landfall

Best Choral Performance
McLoskey – Zealot Canticles

Best Opera Recording
Bates – The (R)evolution of Steve Jobs

Best Orchestral Performance
Shostakovich – Symphonies Nos. 4 & 11

Producer of the Year, Classical
Blanton Alspaugh

Best Engineered Album, Classical
Shostakovich – Symphonies Nos. 4 & 11

Best Pop Vocal Album
Ariana Grande – Sweetener

Best Traditional Pop Vocal Album
Willie Nelson – My Way

Best Pop Solo Performance
Lady Gaga – Joanne (Where Do You Think You’re Goin’?)

Best Country Song
Kacey Musgraves – Space Cowboy

Best Country Duo/Group Performance
Dan & Shay – Tequila

Best Country Solo Performance
Kacey Musgraves – Butterflies

Best Music Film
Quincy Jones – Quincy

Best Regional Roots Music Album
Kalani Pe’a – No ’Ane’i

Best Tropical Latin Album
Spanish Harlem Orchestra – Anniversary

Best Regional Mexican Music Album
Luis Miguel – ¡México Por Siempre!

Best Latin Rock, Urban or Alternative Album
Zoe – Aztlán

Best Latin Pop Album
Claudia Brant – Sincera

Best Spoken Word Album
Jimmy Carter – Faith: A Journey for All

Best Children’s Album
Lucy Kalantari & The Jazz Cats – All the Sounds

Best Folk Album
Punch Brothers – All Ashore

Best Contemporary Blues Album
Fantastic Negrito – Please Don’t Be Dead

Best Traditional Blues Album
Buddy Guy – The Blues Is Alive and Well

Best Bluegrass Album
The Travelin’ McCourys – The Travelin’ McCourys

Best Americana Album
Brandi Carlile – By the Way, I Forgive You

Best American Roots Song
Brandi Carlile – The Joke

Best American Roots Performance
Brandi Carlile – The Joke

Best New Age Album
Opium Moon – Opium Moon

Best Song Written for Visual Media
Lady Gaga & Bradley Cooper – Shallow

Best Score Soundtrack for Visual Media
Ludwig Göransson – Black Panther

Best Compilation Soundtrack for Visual Media
The Greatest Showman

Best World Music Album
Soweto Gospel Choir – Freedom

Best Roots Gospel Album
Jason Crabb – Unexpected

Best Contemporary Christian Music Album
Lauren Daigle – Look Up Child

Best Gospel Album
Tori Kelly – Hiding Place

Best Contemporary Christian Music Performance/Song
Lauren Daigle – You Say

Best Gospel Performance/Song
Tori Kelly Featuring Kirk Franklin – Never Alone

Best Contemporary Instrumental Album
Steve Gadd Band – Steve Gadd Band

Best Immersive Audio Album
Eye in the Sky: 35th Anniversary Edition

Best Remixed Recording
HAIM – Walking Away (Mura Masa remix)

Best Engineered Album, Non-Classical
Beck – Colors

Best Historical Album
Various Artists – Voices Of Mississippi: Artists And Musicians Documented By William Ferris

Best Album Notes
Various Artists – Voices Of Mississippi: Artists And Musicians Documented By William Ferris (David Evans)

Best Boxed or Special Limited Edition Package
“Weird Al” Yankovic – Squeeze Box: The Complete Works Of “Weird Al” Yankovic

Best Recording Package
St. Vincent – Masseduction

Best Arrangement, Insruments and Vocals
Randy Waldman Featuring Take 6 & Chris Potter – Spiderman Theme

Best Arrangement, Instrumental or a Capella
John Daversa Big Band Featuring DACA Artists – Stars and Stripes Forever

Best Instrumental Composition
Terence Blanchard – Blut Und Boden (Blood And Soil)

Best Musical Theater Album
The Band’s Visit

Best Comedy Album
Dave Chappelle – Equanimity & the Bird Revelation

>>

Troye Sivan, Greta Van Fleet e St. Vincent estrelam as Lolla Parties

>>

* O Lollapalooza Brasil anunciou hoje suas famosas Lolla Parties, os shows solos em clubes fechados fora do festival de Interlagos.

greta

O grupo-sensação amado-odiado Greta Van Fleet, “cópia de Led Zeppelin e isso é bom” para uns e “cópia de Led Zeppelin e isso é péssimo” para outros, se apresenta solo no Audio Club, na Barra Funda, dias depois do festival. O quarteto em família do Michigan (são três irmãos) toca no dia 8 de abril, uma segunda-feira, portanto DEPOIS do Lollapalooza Brasil. As Lolla Parties, os shows avulsos do festival em casas noturnas fechadas, geralmente acontecem dias antes ou mesmo durante os três dias do evento de Interlagos, que neste ano acontece nos dias 5, 6 e 7 de abril.

O Greta Van Fleet toca ainda no Rio de Janeiro, antes, dia 5, na Fundição progresso.

O Audio ainda vai sediar dois outros shows do Lollapalooza em seu espaço, estes sim nos dias que antecedem o Lolla BR. No dia 3, o grupo britânico de, digamos, nu-metal Bring Me the Horizon faz seu show solo extra-festival num bom momento. Pela primeira vez em sua história com seis discos, o grupo da Sheffield do Arctic Monkeys emplacou agora um álbum no topo das paradas do Reino Unido, com o recém-lançado “Amo”.

Outro que toca na Audio é o escocês Snow Patrol, banda que ameaçou ser de estádio na linha Coldplay mas não chegou a tanto. Eles tocam na Barra Funda no dia 4 de abril, mas diferente do jeito que se apresentarão em Interlagos dois dias depois. Em seu show mais íntimo, longe do Lolla BR, o Snow Patrol fará um concerto acústico. Intimidade na intimidade. Ainda com o trio norte-americano LANY também fazendo parte do rolê.

O Cine Joia, simpáááática casa de shows na Liberdade, recebe duas grandes Lolla Parties. O menino cantor e ator australiano Troye Sivan, que na real nasceu na África do Sul, 23 anos, leva seu bom electropop e algumas polêmicas ao Joia no dia 3/4. Homossexual assumido e ativista LGBT, o rapaz que também é youtuber famoso tem show anunciado no Cine Joia bem quando o filme que estrela, “Boy Erased”, sobre a tal “cura gay”, tem exibição cancelada no Brasil, muitos dizendo que é censura. No ano passado, ele lançou seu segundo álbum, o sexy e sexual “Bloom”, bastante elogiado, que apareceu em agosto. Esse show de Troye na Liberdade promete ser quente.

stvincent

Ainda no Cine Joia, no dia seguinte, a musa indie St. Vincent (foto acima) faz seu luxuoso show para uma plateia comparativamente pequena. St. Vincent no Joia é dia 4 de abril, véspera do show dela no Lollapalooza, no primeiro dia do festival. St. Vincent, que se apresentou no Coachella no ano passado, no momento faz seu sexto disco, o sucessor do bamba “Masseduction”, de 2017, álbum responsável por botá-la alto na lista dos principais festivais do planeta.

Em show já anunciado há tempos, o Arctic Monkeys, uma das atrações principais do Lollapalooza de São Paulo, também se apresenta fora do festival. Alex Turner mostra suas caras e roupas também no Rio de Janeiro, 3 de Abril, na Jeunesse Arena‎.

Dois shows que caberiam lindos tocando mais “íntimo”, mas não vai rolar, seria os americanos do Interpol e os ingleses do Foals.

Sobre Ingressos

Todas as vendas estão sendo feitas via Tickets For Fun, tipo agora! Só clicar aqui.

Todas as Lolla Parties

troye

* TROYE SIVAN
3 de abril
@ Cine Joia
Show no Lolla: 5/4, sexta

***************

bringme

* BRING ME THE HORIZON
3 de abril
@ Audio
Show no Lolla: 6/4, sábado

***************

vincent

* ST. VINCENT
4 de abril
@ Cine Joia
Show no Lolla: 5/4, sexta

***************

snow

* SNOW PATROL + LANY
(acústico)
4 de abril
@ Audio
Show no Lolla: 6/4, sábado

***************

greta

* GRETA VAN FLEET
8 de abril
@ Audio
Show no Lolla: 7/4, domingo

>>

A polêmica Greta Van Fleet, “banda indie do ano no Brasil”, foi ao Saturday Night Live no sábado à noite. E ao vivo

>>

Captura de Tela 2019-01-21 às 7.51.47 AM

* Led Zeppelin regurgitado para quem conhece o mínimo de Led Zeppelin, promissora banda de indie rock para uma nova geração que acha que Jimmy Page é nome do blog do Jimmy, o quarteto com três irmãos do Michigan foi a Nova York no final de semana passado se apresentar no primeiro “Saturday Night Live” de 2019.

No famoso e longevíssimo programa de humor americano, comandado nesta edição pela atriz-fofura Rachel Brosnahan (“House of Cards” –a mina do Doug– e “The Marvelous Mrs. Maisel” –da Amazon Prime–), o Greta (pronuncia-se Gréta) mostrou ao vivo as músicas “Black Smoke Rising” e “You’re the One”, a primeira de seu EP de estreia, de 2017, a segunda do LP de estreia, de outubro do ano passado.

Confira o Greta Van Fleet no “SNL” e já vai deixando o cabelo crescer até abril como se fosse os anos 70. A banda faz três shows no Brasil em breve. No Lolla, em 7/4, no “dia do Kendrick Lamar”, no Audio Clube (em SP) e no Circo Voador (RJ), em datas próximas do festival de Interlagos, a serem anunciadas nesta semana.

>>

Quase nada acústico, Greta Van Fleet faz show elétrico para a rádio KROQ e toca até cover de John Denver

>>

Foto: Kevin Winter/Getty Images for KROQ/Entercom

Certamente vai ter muita gente falando que 2018 foi o “ano do Greta Van Fleet”. Banda que emula Led Zeppelin a todo momento, fato que alimenta amor e ódio por aí, o grupo esteve recentemente no evento anual da rádio KROQ, o Almost Acoustic Christmas, na região de Los Angeles.

Na breve apresentação de 40 minutos, o grupo de Josh Kiskza fez bonito e tocou canções de seu disco de estreia, “Anthem of the Peaceful Army”, um dos hypes do ano, lançado em outubro. Ainda sobrou espaço para uma cover de “The Music is You”, de John Denver.

Nunca é demais lembrar que o GVF é uma das atrações mais esperadas do Lollapalooza Brasil deste ano. Eles vão tocar em Interlagos no último dia de festival, o domingo, 7 de abril.

SETLIST
00:01 Guitar riffs/jam
01:17 The Cold Wind
04:44 Safari Song
10:29 Black Smoke Rising
16:34 The Music is You (John Denver cover)
17:49 You’re The One
24:53 When the Curtain Falls
28:58 Edge of Darkness

>>

Atração do Lolla 2019, Greta Van Fleet enfim lança seu disco de estreia. Você está preparado?

>>

240918_greta2

Talvez não seja exagero falar que o Greta Van Fleet seja uma das grandes revelações do rock nos últimos tempos, especialmente pelo burburinho criado em cima da “banda que parece Led Zeppelin”. Com dois EPs na bagagem até então, eles soltaram hoje seu aguardado disco de estreia, “Anthem of the Peaceful Army”.

O álbum vem bem recomendado por alguns singles que estão tocando por aí nos últimos meses, tipo “When The Curtain Falls” e “Lover, Leaver (Taker, Believer)”. “Acusados” de emularem o Led, eles acabaram sendo elogiados pelo próprio Robert Plant recentemente.

Liderado por Josh Kiskza com sua voz cortante, o GVF será uma das atrações do Lollapalooza 2019, em São Paulo. Aí a gente vai poder constatar se o grupo vai além da sombra do Led.

>>