Em guilherme boulos:

POPNOTAS: Anitta no topo do mundo, a dancinha de Thom Yorke e a prisão de Kurt Cobain

>>

* A revista “Time” publicou uma relação de nomes que podem aparecer daqui alguns anos entre as 100 pessoas mais influentes do mundo, outra lista tradicional da publicação americana. Nessa espécie de “Eu avisei antes”, “nosso” Guilherme Boulos aparece entre os líderes políticos. Já entre os artistas da música, o Brasil também marca presença com a Anitta, que aparece ao lado de outros colegas de profissão, como Dua Lipa, Lil Baby, Phoebe Bridgers e Chloe X Halle. Ok?

* Radiohead na vanguarda sempre. No mundo tomado por dancinhas em certas redes sociais por aí, “Lotus Flower”, o vídeo onde Thom Yorke brilha em uma coreografia randômica pensada pela proposta do coreógrafo Wayne McGregor, completou dez anos. “Lotus Flower” é uma das faixas incríveis do oitavo álbum da banda, o “The King of Limbs”, de 2011. Hora certa para revermos esta maravilha de vídeo.

* A veterana banda protogrunge americana Melvins, do figuraça Buzz Osborne, vai lançar semana que vem seu vigésimo quarto (24º!!!) álbum, “Working with God”. Para fazer um agito para a chegada do disco, o grupo de sludge metal (lembra?) promoveu no domingo uma live chamada “Divine Monkeyshines: Valentine’s Day Special”, o Dia dos Namorados gringo. Entre uma musiquinha e outra, Osborne foi contando algumas de suas vastas histórias no rock alternativo dos EUA. Um dos grandes amigos da adolescência de Kurt Cobain, ele lembrou a vez em que o líder do Nirvana, obviamente pré-Nirvana, foi preso por grafitar nas paredes de Aberdeen, cidade onde viviam no estado de Washington, perto de Seattle. Eles costumavam sair grafitando a frase “God Is Gay”, que foi até parar em uma música do Nirvana anos depois, a “Stay Away”. Num desses rolês “artísticos”, Osborne, Cobain e um antigo baterista do Melvins, Matt Dillard, deram de cara com um monte de policiais. Cada um dos três fugiu para diferentes direções e os dois do Melvins conseguiram escapar. Menos Cobain, que passou a noite atrás das grades. No B.O. contra o roqueiro, foi apontado que ele foi pego em flagrante com a latinha de spray que teria cravado num prédio a frase “ain’t got no how whatchamacallit”, algo como “Eu não tenho como dar um nome pra isso”. Isso foi em 1985. Cobain seria pego por policiais um ano mais tarde num telhado de um galpão, fazendo sabe-se o que lá. Em 1987, formaria o Nirvana. Em 1989 lançaria o primeiro disco da banda, “Bleach”.

>>