Em happier than ever:

A tardinha, a guitarrinha, a bateriazinha. Billie Eilish solta vídeo oficial ao vivo para “Billie Bossa Nova”

>>

* Ainda fazendo render seu excelente “Happier than Ever”, o segundo disco revelado no ano passado, a cantora americana Billie Eilish lançou em sua conta de Youtube mais um vídeo de suas performances oficiais ao vivo para o selo visual Vevo.

Desta vez foi da… hum… bossa nova chamada “Billie Bossa Nova”, uma das delícias do álbum novo (saiu em 30 de julho) e a, digamos, mais brasileira das canções, carregada da marca da cantora que é sua voz meio sussurrada meio menina, meio mulher.

O cenário trabalhado para abrigar Billie, seu irmão Finneas na guitarrinha dedilhada e ainda o baterista coadjuvante só na cadência é de uma sala chique do Biltmore Hotel, em Los Angeles. Deve ter sido gravado perto do lançamento de “Happier than Ever”, porque Billie ainda está loirona, tipo a capa.

Outros vídeos bem bons dessa série ao vivo para a Vevo são para “Your Power”, “Male Fantasy” e “Lost Cause”. Esta “Billie Bossa Nova” fecha a série.

>>

Billie Eilish faz vídeo lindão e ao vivo para sua bossa nova

>>

* Finalmente a morena Billie Eilish chega ao abrasileirado (not!) single “Billie Bossa Nova”, faixa de seu ótimo segundo álbum, “Happier than Ever”, em que ela estava loira e que foi lançado em julho, gerando singles como “My Future”, “Therefore I Am”, “Happier than Ever” (a música), “Your Power”, “Lost Cause”, “NDA” e, ufa, “Male Fantasy”, lançada recentemente com um vídeo maravilhoso.

E fala-se que o terceiro disco dela já está pronto.

“Billie Bossa Nova” vem com um vídeo ao vivo em uma performance diferente da do disco, mais acústica do que ela já é acústica. A produção é direcionada (e bancada) pela marca fashion Gucci, dirigida por Philip Andelman. No vídeo, carregado em sépia, Billie performa ao lado do irmão e tutor musical Finneas.

>>

Direto do álbum “Happier than Ever”, Billie Eilish lança o vídeo mais triste do mundo

>>

* Já que estamos em época de considerar listas de melhores discos e melhores canções do ano, a garota fenômeno Billie Eilish, 19 anos, nos lembra respectivamente de seu beeeeelo segundo álbum “Happier than Ever”, lançado em julho, e de músicas contidas nele como essa “Male Fantasy”, que foi escolhida hoje como novo single, com um vídeo incrível de tão simples.

Porque a música, “Male Fantasy”, é incrível de tão simples, e Billy Eilish a transformou em imagens do mesmo jeito. Que vídeo maravilhoso. E ela mesma que o dirigiu.

“Male Fantasy” é uma canção de fossa, que Billie Eilish canta direcionada a uma “she”, que a deixou. Seria Billie a “male” da música? Ou “male” é só a fantasia que ela criou? Isso importa? Nada!

O vídeo é absurdo de bonito e de triste. Porque a dor de amor está ali representada em toda a sua intensidade dentro de uma casa. Nada a consola. A música ajuda muito a lama sentimental. Ela é toda construída na voz chorosa da cantora, com uns dedilhados bem econômicos e bem dados pelo irmão Finneas. E só. O que pode indicar uma pobreza técnica na verdade alcança um andamento lindo em que nada mais é necessário.

Veja por você mesmo.

***

* No próximo dia 11 de dezembro Billie Eilish vai comandar o lendário programa de TV “Saturday Night Live”. Ela também vai ser a atração musical do show nova-iorquino. Será que ela vai introduzir ela mesma no “SNL”?

>>

Billie Eilish no telhado. Veja a cantora mandando “Happier than Ever” no rooftop e socando o Jimmy Kimmel na TV

>>

* Um soco no estômago do apresentador Jimmy Kimmel e uma performance no rooftop de hotel em Hollywood. Foi assim a passagem da estrela Billie Eilish pela TV americana nesta semana.

Eilish mostrou sua lindaça e intensa canção agridoce “Happier than Ever”, que começa calminha, acaba em clímax e dá nome ao seu recém-lançado segundo álbum, que apareceu em final de julho e trouxe muitas camadas à música da garota do que pode inicar esse título de Cinderela.

Billie Eilish levou seu baterista e o irmão band-leader Finneas para o alto do Hollywood Roosevelt Hotel, do começo do século passado, quase centenário e o mais antigo hotel ainda em funcionamento na Califórnia.

O letreiro vermelho em neon e os vidros do rooftop do Roosevelt funcionou lindão para um cenário de “Happy than Ever”, a música.

Billie Eilish estava nessas participando como atração musical do programa do entrevistador Jimmy Kimmel, que a botou em conversa e ainda a fez participar de uns sketches. E, no quadro da “Lista dos Desejos”, ela cortou o cabelo de uma menina da plateia, ganhou um ratinho e meteu o soco no Kimmel… Ok?

>>

Billie Eilish vai à TV, fala de cores e formas e canta “Happier than Ever” no programa do Jimmy Fallon

>>

Captura de Tela 2021-08-10 às 4.09.57 PM

* Nosso número 1 do Top 10 Gringo postado hoje, a música “Happier than Ever” do já trilionário disco do mesmo nome, obra da cantora Billie Eilish com seu irmão Finneas, foi entoado a todos os pulmões ontem pela cantora, como número musical do programa do entrevistador Jimmy Fallon, bamba dos talk-shows do horário bem noturno da TV americana, que também fazem as vezes de MTV dos dias de hoje.

Billie foi a grande atração do programa do Fallon, inclusive dando entrevista à distância, por vídeo desde Los Angeles. Ela falou sobre o que tem feito desde que seu segundo álbum saiu, na sexta-feira passada, como ela concebeu da proposta do disco, ao nome e à mudança do cabelo para o loiro. E que uma chuva num certo dia em Londres clareou suas ideias. Sempre respondendo, como, você sabe, Billie Eilish.

A cantora falou que “Happier than Ever”, a músics, é a que ela mais quer cantar ao vivo do dico novo. E ainda sobre o que sentiu ao fazer o vídeo da ótima “NDA”, que ela inclusive assina a direção. O filminho trouxe Billie no meio de uma estrada escura com 25 motoristas profissionais contratados tirando finas absurdaas dela. O que ela sentiu? Achou divertido.

A performance de Billie Eilish para a faixa “Happier than Ever” mais a entrevista no original, em inglês obviamente, estão aí embaixo, inclusive falando sobre sinestesia, um fenômeno neurológico que ela e o pai têm, a grosso modo junta experiências sensoriais para transformar num sentimento, numa ideia, numa impressão. No programa, ela falou que quando olha para o Jimmy Fallon ela o associa a um retângulo marrom vertical. Enfim.

>>