Em hidrocor:

Hidrocor lança o vídeo indie-porn. Sobre o amor

>>

* Fuck it. A banda indie-folk paulistana Hidrocor, que faria bonito também para amantes (já que estamos falando de amor…) da MPB, lançou o vídeo de “A Gente Diz Que Está Aprendendo a Amar”. O vídeo pode ser chamado de “o proibidão do Hidrocor”. Tem temática forte. A música nova do Hidrocor, banda de sons confortáveis de Marcelo Perdido e Rodrigo Caldas, faz parte de um single de duas canções, mais uma bônus. O compacto “about love” do Hidrocor está cheio de participações, nas músicas e na produção, entre eles João Erbetta (ex-Los Pirata) e Irina Neblina (a garota do Garotas Suecas).

NSFW, esteja avisado.

[CLIPE] hidrocor – a gente diz que tá aprendendo a amar from hidrocor on Vimeo.

>>

O indie nacional está nu. Vêm aí os novos vídeos NSFW do Holger e do Hidrocor

>>

* NSFW da cena brasileira. Uma coinciência corporal, digamos, está na iminência de ser escancarada em breve, quando serão lançados os novos vídeos das bandas paulistanas Holger e Hidrocor.

O Holger se prepara para soltar “Great Strings”, incursão videoclíptica de música do álbum “Ilhabela” composta em Rondônia, quando a banda excursionava por lá, e que tem participação de João Parahyba, do Trio Mocotó. O nome é uma alusão à banda indie carioca Supercordas, de quem os Holger são fãs e amigos.

“Great Strings”, o vídeo, nasceu de um concurso da internet para encontrar um novo diretor. Ficou a cargo de Luciano Ferrarezi, virgem em vídeos, e tem um apoio diretivo de Seb Caudron, que tem trabalhos assinados com o Daft Punk e Metallica, além de dezenas de comerciais de TV e cinema.

O vídeo foi gravado em Ubatuba e tem como atores uma galera livre, peladaça. Corre uma história de que os Holger podem aparecer também nus no vídeo, mas isso só vai ser revelado quando ele for lançado.

Antes do vídeo de “Great Strings”, ainda nesta semana, está sendo esperado por parte do quinteto paulistano o lançamento de um outro vídeo, este de uma série de quatro canções, que vai compor um DVD ao vivo, com imagens do show de lançamento de “Ilhabela”, o segundo disco da banda. O QG virtual de informações sobre o Holger vai trazer os áudios do DVD para download gratuito. No site do coletivo Avalanche Tropical, do qual o Holger faz parte, deve aparecer todas as info.

Enquanto a parafernália visual do Holger não chega, fique com uma foto do “proibido” vídeo de “Great Strings”.

Outra banda da seara indie paulistana, o delicado e mezzo-folk-mezzo-MPB Hidrocor, que diz fazer músicas confortáveis como uma calça de moletom, produziu um vídeo quase-pornô para embalar a bonita “A Gente Diz Que Está Aprendendo a Amar”. O “proibidão do Hidrocor”, banda de Marcelo Perdido e Rodrigo Caldas, que será lançado semana que vem, dia 12, o dos Namorados. A música faz parte de um single de duas canções, mais uma bônus, a ser solto na data romântica. O compacto “about love” do Hidrocor está cheio de participações, nas músicas e na produção, entre eles João Erbetta e Irina Neblina (a garota do Garotas Suecas).

Já o vídeo, outro que teremos que esperar para ver rodando, tem imagens como esta abaixo. O final, já posso ir adiantando, é… ousado.

>>

Batman e o indie nacional: a música nova do Hidrocor

>>

* O imperfeito mas ainda acachapante último filme da trilogia “Batman”, que está no noticiário mundial real e virtual, al al al, entra em cartaz hoje em 850 cinemas brasileiros. Não tem dado para escapar de pensar em Batman, e na necessidade de super-heróis para o cotidiano ordinário. E de fazer relações, no imaginário, entre Gotham City e a “escalada da criminalidade” em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. No Rio tem até uma milícia que usa o símbolo do Batman. E, se você gasta um dia olhando o Twitter, dá a impressão de estar visitando o quadro de recados do Asilo Arkham, hahaha. Mas isso é uma outra coisa. Foco.

Daí que, inspirada em Batman e aproveitando o lançamento do filme no Brasil, a banda paulistana Hidrocor lança hoje “Supererói”, música ispirada no homem-morcego. Projeto indie folk MPB fofurinha de Marcelo Perdido e Rodrigo Caldas, o Hidrocor vai deixar a canção para audição na internet enquanto Batman ficar em cartaz. Depois retira e a música só volta quando a banda lançar seu próximo álbum.

Em “Supererói”, a letra fala da vida nada fácil de ser o salvador dos fracos e oprimidos, sendo você mesmo um fraco, muitas vezes, em outros sentidos. “É a vida. Quem mandou tu nascer com superpoder?”

hidrocor – supererói by hidrocor

>>

Popload Session apresenta… HIDROCOR

>>

A session exclusiva da semana fica a cargo da banda Hidrocor, indie folk MPB twee fofura (ou indie-sambinha, vá lá), um  grupo de dois caras, Marcelo Perdido e Rodrigo Caldas. O Hidrocor está se preparando para lançar até o finalzíssimo deste ano seu primeiro disco, “Edifício Bambi”, mas vive dias de agito indie desde que o vídeo dos bonequinhos da música “Ma Chérie” ganhou a blogosfera tupi. Falamos do vídeo aqui na Popload há uns 10 dias, sobre como sua música de uma certa forma discute o afrancesamento da nova MPB e tal. Chamamos o caso de “A treta mais fofa da cidade”.

Pois eis o Hidrocor em dois vídeos feitos para a Popload Session, um espaço de exercício indie-criativo ao vivo semanal que a Popload oferece para a música nova. E da qual participaram até gringos como The Cribs e Teenage Fanclub, entre dezenas de expoentes da nova música nacional. Sempre com uma canção própria e uma cover. Gravada onde e como bem entender.

E o Hidrocor entendeu de fazer a “tal” “Ma Chérie” e uma cover de Claudinho e Buchecha para a session deste blog. E, ambos os vídeos, ficaram incríveis.

Então, senhoras e senhores… HIDROCOR.

>>

A treta mais fofa da cidade: os indies contra a nova-MPB em francês (!!)

>>

Eu estou ficando mole ou este vídeo “Ma Cherie”, da banda Hidrocor, é fofo demais?

Logo no começo da música, o vocalista Marcelo Perdido questiona a AmeliePoulainização (hehe) da Nova MPB (ou, do “indie-sambinha”, como queiram) que a-do-ra uma chanson. Oui, oui.
Aqui, “Ma Cherie” e seu casalzinho de bonecos apaixonados pelas ruas de Paris:

Seria o vídeo da banda paulistana Hidrocor uma “resposta” a esses momentos do nosso indie-sambinha/nova-MPB em francês:

Quem vence a treta fofa da semana?
Comente!