Em idles:

Tom Morello, Idles, Flea, Warpaint e… Dado Villa-Lobos. Todos juntos no disco-tributo à lendária Gang of Four

>>

* Estava quase botando o selo da CENA aqui, mas deixa.

No dia 14 de maio será lançada uma coletânea de vinil duplo em tributo à grande Gang of Four, importante banda inglesa do punk e principalmente pós-punk inglês dos anos 70 que botou a galera de moicano, botas Doc Martens e roupas rasgadas a dançar funk e dub.

O disco era para ter saído no ano passado, como parte das comemorações dos 40 anos do gigantesco álbum “Entertainment!”, o disco de estreia do Gang of Four lançado no final de 1979. Mas o grande guitarrista Andy Gill morreu em fevereiro, cedo demais (64 anos), e engavetou o projeto, que vem à luz agora com o nome “The Problem of Leisure: A Celebration of Andy Gill and Gang of Four”. As homenagens agora são duas.

gangof4capa

Um grande número de artistas conhecidos participarão da compilação, obviamente tocando, cada um a seu modo, as marcantes músicas do Gang of Four. Tom Morello, Serj Tankian (System of a Down), Flea e Frusciante (Chili Peppers), os grupos Idles, Warpaint e Dandy Warhols, a eterna musa La Roux e o veterano Gary Numan estão na coletânea.

Tem um músico também que conhecemos bem por aqui. O guitarrista Dado Villa-Lobos, ex-Legião Urbana, comparecerá em um dos discos para tocar uma cover de “Return the Gift”, do disco “Entertainment!”.

O envolvimento de Dado Villa-Lobos num tributo à banda inglesa dos anos 70 é muito menos bizarro do que parece ser. Em 2012, Andy Gill veio ao Brasil especialmente para participar do “MTV ao Vivo – Tributo à Legião Urbana”, tocando duas músicas, uma da Legião Urbana e outra de sua banda, influência descarada do famoso grupo brasileiro, a ponto de sempre apontarem as referências sonoras da Legião Urbana muito… digamos… escancaradas demais.

O guitarrista brasileiro já disse em entrevista que os barulhinhos que produziu em “Ainda É Cedo”, da Legião, bebe bastante no jeito de tocar de Andy Gill, mais que em The Edge, do U2, outro nome muito lembrado nas influências do começo da banda de Brasília.

O rock brasileiro dos anos 80 amava Gang of Four. O grupo paulistano Titãs, por exemplo, copiou “como homenagem” um trecho do refrão da letra do hino “Damaged Goods” (Your kiss so sweet/ Your sweat so sour/ Sometimes I’m thinking that I love you/ But I know it’s only lust), dos ingleses, em “Corações e Mentes” (O teu beijo é tão doce/ O teu suor é tão salgado/ Às vezes acho que te amo/ Às vezes acho que é só sexo).

A compilação “The Problem of Leisure: A Celebration of Andy Gill and Gang of Four” vai ser construída assim:

disco 1

IDLES – Damaged Goods (UK)
Tom Morello & Serj Tankian – Natural’s Not in It (USA)
Helmet – In the Ditch (USA)
3D* x Gang of Four feat. Nova Twins – Where the Nightingale Sings (UK)
Hotei – To Hell With Poverty (Japan)
Gary Numan – Love Like Anthrax (UK)
Gail Ann Dorsey – We Live as We Dream, Alone (USA)
Herbert Grönemeyer feat. Alex Silva – I Love a Man in a Uniform (Germany)
LoneLady – Not Great Men (UK)
JJ Sterry – 5.45 (UK)

disco 2
La Roux – Damaged Goods (UK)
Everything Everything – Natural’s Not in It (UK)
Dado Villa-Lobos – Return the Gift (Brazil)
The Dandy Warhols – What We All Want (USA)
Warpaint – Paralysed (USA)
Flea & John Frusciante – Not Great Men (USA)
The Sounds – I Love a Man in a Uniform (Sweden)
Hardcore Raver in Tears – Last Mile** (China)
Killing Joke x Gang of Four – Forever Starts Now (Killing Joke Dub) (UK)
Sekar Melati – Not Great Men (live version) (Japan)

***

E tem o vídeo da faixa que junta Tom Morello e Serj Tankian, que postamos aqui lá atrás.

>>

Idles solta vídeo novo perturbador para a melhor música do “Ultra Mono”. Consegue ver inteiro? Reconhece a mensagem?

>>

Captura de Tela 2021-01-12 às 1.07.02 PM

* Bom, pelo menos eu vi pulando as partes. Mas saquei a mensagem.

O grupo inglês post-punk Idles soltou mais um single-vídeo para seu grande terceiro álbum, “Ultra Mono”, lançado em setembro de 2020. Quem ganhou visual desta vez foi a poderosa “Reigns”, música em que a guitarra parece uma metralhadora.

Vídeozinho fofo-macabro-fofo-macabro, intercala momentos de lazer da família classe média vendo TV e comendo pipoca com lances horríves do mundo animal, em que animais trucidam outros.

Tudo certo, acha! Passa no Discovery e no Animal Planet. Mas o recado está dado.

***

O Idles também reforçou seu merch lançando uma camiseta nova, com o nome da banda em cima de uma foto linda da princesa Diana, tão em voga ultimamente. Embaixo da imagem: “The Queen Is Dead”.

O Idles começou 2020 bem afiado.

Captura de Tela 2021-01-12 às 1.07.51 PM

>>

Pós-punk inglês em alta produção. O novo vídeo do Idles, a música nova do Shame

>>

idlesshame

* London Calling, mas não necessariamente Londres, ok. O pós-punk britânico, partido de duas de suas principais bandas, trazem novidades.

Pensa nos ingleses. Eles vão ter a vacina na semana que vem e a partir de hoje têm também o vídeo novo da bandaça Idles e o single novo, ainda só áudio, de outra bandaça, o Shame.

O Idles soltou visual animado para a sugestiva “Kill Them with Kindness”, outro dos vários singles a pular do mais recente disco deles, “Ultra Mono”, lançado em setembro.

“Kill Them with Kindness” é das músicas brutais do disco do Idles, embora tenha ternura, ainda que no vídeo. Bem, o nome diz isso, né?

Então vamos nós ao vídeo.

*****

* Já o Shame soltou seu novo single, a especialíssima “Snow Day”, música de um crescendo enlouquecedor que vai estar em “Drunk Tank Pink”, o recém-anunciado segundo álbum, a ser lançado em janeiro.

Há poucos dias, tipo final de novembro, o Shame já tinha nos entregue “Water in the Well”, canção ótima e algo retilínea dentro da tradição punk inglesa. Bem diferente desta torta “Snow Day”, cheia de fases e quebradeiras. É quase um punk-matemático, se você me permite. Não comece a música e já forme uma ideia dela porque tudo vai mudar.

Para sua apreciação, sem vídeo ainda.

>>

Idles do dia. Agora tocando novas em session para a emissora 6Music, rádio da BBC

>>

idlesnormal

* Ainda no bafo forte do álbum “Ultra Mono”, terceiro da banda post-punk inglesa Idles, número 1 em vendas no Reino Unido, a gente revisita mais uma vez essas performances recentes que eles têm criado e distribuído para rádios e TVS nos EUA ou em UK, para manter as músicas novas circulando ao vivo.

Chegamos à ida deles ao Radio Theatre, palco-estúdio da BBC no centro de Londres, onde o grupo de Bristol gravou uma apresentação ao vivo de duas novas desse disco que é um dos mais importantes produtos fonográficos deste ano complicadinho. Foi a pedido da 6Music, a rádio só online do gigante grupo de comunicação e uma das emissoras mais bacanas do planeta.

Então temos o Idles em performance de “War”e “Grounds”, duas belezuras raivosas.

>>

Idles manda, de Londres, session de quatro músicas para rádio de Seattle

>>

Captura de Tela 2020-10-12 às 11.21.33 PM

* A rádio americana KEXP, emissora indie das boas que transmite desde Seattle, subiu no Youtube neste final de semana uma session especial com entrevista feita com a banda inglesa pós-punk Idles, gravada no último dia 1º de outubro.

A parte musical foi produzida nos estúdios Abbey Road, aqueles, em Londres, e rendeu quatro porradas ao vivo, todas do mais recente disco do Idles, o ótimo “Ultra Mono”, lançado no final de setembro.

São elas, pela ordem, “Model Village”, “Mr. Motivator”, “War” e “Grounds”.

A dinâmica do vídeo, de 44 minutos, é um pouco de conversa, conduzida pelo conhecido radialista Kevin Cole em papo com o guitarrista Mark Bowen, duas músicas, mais conversa e mais duas músicas.

>>