Em j. tillman:

Se o Father John Misty sozinho já é bom, ele com a Jenny Lewis fica melhor ainda. Dupla se junta e faz bonito em show no Canadá

>>

060818_fjm2

Neste final de semana, o distinto Father John Misty se apresentou na cidade de Toronto, dando sequência aos shows da turnê de seu mais recente álbum, “God’s Favorite Customer”.

Em certo momento do show, J. Tillman foi agraciado com a presença da talentosa Jenny Lewis, sua parceira de alguns anos, e juntos eles cantaram “Date Night” e “God’s Favorite Customer”, a que dá título ao álbum.

Nunca é demais lembrar que FJM vem ao Brasil no fim deste mês. Ele vai se apresentar dia 25 de agosto no Queremos! Festival, no Rio de Janeiro, e no dia seguinte no Auditório Simon Bolívar, em São Paulo.

>>

Menos pretensioso e mais intimista: já está entre nós o novo álbum de Father John Misty

>>

170418_fjm2

Já está ao nosso alcance desde o início desta sexta-feira “God’s Favorite Customer”, novo álbum do distinto J. Tillman, que preferimos chamar de Father John Misty.

O álbum chega um ano depois do bom e floreado “Pure Comedy” e tem a produção do próprio Tillman em parceria com nomes tipo Jonathan Rado, do Foxygen, Jonathan Wilson, Natlie Mering e The Haxan Cloak.

Tillman já deu diversas entrevistas contando que o novo projeto é menos pretensioso e mais simples e intimista que seus dois anteriores. “A maior parte deste próximo álbum foi escrita em um período de seis semanas em que eu estava meio que no limite. Eu estava morando em um hotel por dois meses. É uma espécie de desventura. As palavras estavam apenas saindo de mim. Ele está realmente enraizado em algo que aconteceu no ano passado que foi… Bem, minha vida explodiu. Eu acho que a música essencialmente tem o propósito de tornar o doloroso e o isolamento menos doloroso e menos isolador. Mas em suma, é um álbum de melancolia”.

“God’s Favorite Customer” tem 10 faixas no total e pode ser ouvido abaixo no Spotify.

>>

Father John Misty mostra mais um pouco da linda melancolia de seu novo disco em vídeo para “Please Don’t Lie”

>>

300518_fatherjohnmisty2

O pequeno gênio J. Tillman, aka Father John Misty, liberou mais um single do aguardado “God’s Favorite Customer”, disco que chega ao mercado nesta sexta-feira, 1º de junho.

A nova canção é “Please Don’t Lie”, que ele mostrou no último final de semana em um festival da BBC. A divulgação vem junto com um vídeo animado em stop-motion criado por Chris Hopewell, autor de outros projetos parecidos como para “Burn The Witch”, do Radiohead.

“God’s Favorite Customer” terá 10 faixas, entre elas as também já divulgadas “Mr. Tillman”, “Just Dumb Enough to Try” e “Disappointing Diamonds Are the Rarest of Them All”.

Em entrevistas falando sobre o álbum, Tillman andou dizendo que este disco mais simples e intimista que seus dois anteriores. “A maior parte deste próximo álbum foi escrita em um período de seis semanas em que eu estava meio que no limite. Eu estava morando em um hotel por dois meses. É uma espécie de desventura. As palavras estavam apenas saindo de mim. Ele está realmente enraizado em algo que aconteceu no ano passado que foi… Bem, minha vida explodiu. Eu acho que a música essencialmente tem o propósito de tornar o doloroso e o isolamento menos doloroso e menos isolador. Mas em suma, é um álbum de melancolia”, contou.

>>

Father John Misty confirma novo álbum “melancólico e menos pretensioso” para junho e já libera duas inéditas

>>

180418fjm_capa

A internet já vinha denunciando que o dileto Father John Misty estava preparando o lançamento de seu novo disco de estúdio para 1º de junho. E que o título seria “God’s Favorite Customer”. Dito e feito.

No fim da noite de ontem, J. Tillman tornou oficial estes e outros detalhes sobre seu quarto álbum na carreira, que é “menos pretensioso” e será lançado pouco mais de um ano após “Pure Comedy”.

“God’s Favorite Customer” terá 10 faixas, entre elas a divulgada mês passado, “Mr. Tillman” e as mostradas agora “Just Dumb Enough to Try” e “Disappointing Diamonds Are the Rarest of Them All”.

Em entrevistas recentes, o músico americano tem dito que o projeto será um tanto mais simples e intimista que seus dois anteriores. “A maior parte deste próximo álbum foi escrita em um período de seis semanas em que eu estava meio que no limite. Eu estava morando em um hotel por dois meses. É uma espécie de desventura. As palavras estavam apenas saindo de mim. Ele está realmente enraizado em algo que aconteceu no ano passado que foi… Bem, minha vida explodiu. Eu acho que a música essencialmente tem o propósito de tornar o doloroso e o isolamento menos doloroso e menos isolador. Mas em suma, é um álbum de melancolia”, contou.

God’s Favorite Customer – Tracklist
01. Hangout at the Gallows
02. Mr. Tillman
03. Just Dumb Enough to Try
04. Date Night
05. Please Don’t Die
06. The Palace
07. Disappointing Diamonds Are the Rarest of Them All
08. God’s Favorite Customer
09. The Songwriter
10. We’re Only People (And There’s Not Much Anyone Can Do About That)

>>

Father John Misty solta vídeo tocante para “Leaving LA”, sua musiquinha de 13 minutos

>>

051217_fjm2

O incrível J. Tillman, mais conhecido por Father John Misty, soltou enfim um vídeo para “Leaving LA”, uma de suas músicas mais intimistas e intensas da carreira, que dura ~apenas~ 13 minutos e está em seu mais recente álbum, “Pure Comedy”, lançado neste ano.

Agora “música de trabalho”, a canção ganhou um vídeo todo em preto e branco, dirigido por Grant James, que mostra Father John Misty basicamente interpretando toda ela em seus 13 minutinhos em um estúdio, acompanhado de um set de cordas, o que deixa tudo ainda mais lindo, senão “climático”.

“Pure Comedy”, o álbum, é baseado em “progresso, tecnologia, fama, meio ambiente, política, envelhecimento, comunicação social, natureza humana e conexão humana”. Isso tudo nas palavras do Tillman.

Ele revelou recentemente para a revista britânica “Uncut” que seu próximo álbum já está bem encaminhado e será uma espécie de continuação do disco “I Love You, Honeybear”, lançado em 2015, mas “sem o cinismo”. Diz o FJM que escreveu todo o disco novo em praticamente seis semanas, em um período em que estava morando em um hotel. Até por isso, segundo ele, o mote central das novas letras é a “infelicidade”.

>>