Em jack white:

Wow! Billie Eilish grava disco acústico, em processo analógico, na casa do Jack White

>>

071119_billie2

Maior fenômeno do pop hoje, Billie Eilish deu uma desacelerada de suas performances intensas e complexas para gravar um disco acústico, ao lado de seu irmão e fiel escudeiro Finneas.

A ocasião fica mais especial ainda ao saber que este álbum especial foi gravado na sede da Third Man Records, em Nashville, a casa do Jack White. A performance de 11 músicas foi capturada diretamente no disco físco.

Eilish foi apresentada pelo próprio Jack, que a definiu como “alguém que a gente realmente ama, e acreditamos que é realmente inovadora e inspiradora”. Billie devolveu o elogio no mesmo tom e agradeceu White por ser “inspirar toda uma geração de pessoas a fazerem o que elas realmente querem”.

Entre as canções cantadas por Billie estão os hits “Bad Guy” e “Bury a Friend”. A data de lançamento ainda não foi anunciada, o que deve acontecer nos próximos dias.

A Third Man liberou algumas fotos da gravação, disponíveis no final do post.

Nunca é demais lembrar que Billie Eilish vem ao Brasil pela primeira vez no ano que vem, para shows em São Paulo e Rio de Janeiro.

Já Jack White estará por aqui bem antes, mais precisamente na semana que vem, para se apresentar no Popload Festival com o Raconteurs, dia 15 de novembro, feriado nacional.

>>

Em campanha por Bernie Sanders, Jack White toca White Stripes e Bob Dylan em Detroit

>>

Foto: JEFF KOWALSKY/AFP via Getty Images

Foto: JEFF KOWALSKY/AFP via Getty Images

Com as malas quase prontas para embarcar no Brasil com o incrível The Raconteurs, naquele show especialíssimo oferecido pelo Popload Festival, Jack White andou fazendo campanha eleitoral em Detroit na noite de ontem.

Apoiando o candidato à presidência dos EUA pelos democratas, Bernie Sanders, Jack tocou por quase meia hora na Cass Techinal High School, em set que tocou canções em versões acústicas como “Icky Thump” e “Seven Nation Army”, do White Stripes, e ainda uma cover de “License to Kill”, de Bob Dylan.

Depois da performance, Jack discursou e falou a razão pela qual apoia Bernie. “Eu não me associo particularmente a nenhum partido. Eu apenas ouço as coisas, quem está mentindo para mim e em quem eu posso confiar. Bernie Sanders está dizendo a verdade e é alguém em quem confio”.

A apresentação pode ser conferida na primeira meia hora do vídeo abaixo. O Raconteurs se apresenta no Popload Festival dia 15 de novembro, no Memorial da América Latina, em SP, ao lado de Patti Smith, Hot Chip, CSS e muito mais.

>>

Eita! Saiu a gravação do último show do The White Stripes, de 2007. Custa quase 10 dólares. Pega logo o meu dinheiro, Jack

>>

190919_whitestripes2

Recentemente, Jack White anunciou uma parceria da Third Man Records com a nugs.tv, plataforma de streaming referência quando o assunto é conteúdo de shows ao vivo pelo mundo.

A parceria engloba o lançamento de um programa de arquivos da Third Man Records, selo de Jack White, com diversos shows antigos de suas bandas e de sua carreira solo. Poucas semanas após o anúncio, que se iniciou com a transmissão de três shows do Raconteurs em Nashville mês passado, a plataforma está oferecendo para seus assinantes nada menos que o áudio completo do último show do The White Stripes.

Embora a dupla formada por Jack e Meg tenha se desfeito oficialmente há mais ou menos oito anos, a última vez que eles compartilharam de um mesmo palco foi em 31 de julho de 2007, em Southaven, quase na divisa do Mississippi com o Tennessee.

Naquela noite, o duo tocou nada menos que 24 canções, entre elas diversas clássicas. A última interpretação foi para “Boll Weevil”, tradicional faixa blues do Leadbelly.

A notícia “ruim” é que, para ouvir a apresentação na íntegra, é preciso pagar no mínimo $9.95 (tipo R$ 40). O que dá para ouvir de graça são trechos de 30 segundos de cada faixa, aqui.

** Nunca é demais lembrar que Jack White estará no Popload Festival deste ano, não com a Meg (quem sabe um dia), mas com o também incrível The Raconteurs, em show que acontece no dia 15 de novembro, feriado, em SP. Junto tem também a seminal Patti Smith, a volta do Cansei de Ser Sexy, o Hot Chip com disco novo, a Little Simz sensação e muito mais.

white-stripes-final-setlist

last-white-stripes

>>

Mais Raconteurs: Jack White comenta situação da Amazônia e fala sobre aquele presidente que não pode ser nomeado

>>

100118_jackwhite2

Quem for ao Popload Festival, além das mil experiências que o evento oferece (cóf), terá a oportunidade rara de ver de perto Mr. Jack White.

Ícone de sua geração, um dos sujeitos mais talentosos e inquietos da música tocará no festival com o lindo The Raconteurs, que após uma década emplaca um retorno triunfal, disco no topo da parada da Billboard, e um grande entrosamento no palco (não somos nós que estamos falando).

“[A banda] está bem forte, energética. Por um lado, parece uma banda completamente nova, por outro, eles parecem caras com quem eu toquei a vida inteira. Temos tanta história juntos que é muito bom estar no palco, sinto que estou em boas mãos. Toda vez que começa uma canção eu sei que posso confiar neles”, disse Jack White em ótima entrevista publicada no Jornal O Globo hoje.

Sobre o fato do disco novo, “Help Us Stranger”, ser #1 nas paradas norte-americanas, o músico disse que este é um sinal da resistência do rock.

“Acho que isso mostra que o rock ainda é apreciado pelas pessoas. Todo ano alguém diz que o rock morreu, que os sintetizadores tomaram o lugar das guitarras… você tem essas fases. É interessante que agora, quando o rock parecia estar bem morto, um álbum de rock chegue ao primeiro lugar”.

Assuntos mais polêmicos também não fugiram da reportagem assinada por Silvio Essinger, que abordou o momento delicado vivido pela Amazônia. Vale lembrar que Jack se casou em uma cerimônia em Manaus, no ano de 2005. O norte-americano lamentou as constantes queimadas e disse que espera por uma solução.

“Sei que todo ano naturalmente a Amazônia tem um monte de queimadas, mas essas que as pessoas fazem para limpar as terras e aumentar suas fazendas me deixam muito triste. Espero que o Brasil consiga descobrir uma solução para esse problema, que consiga fazer ver a todos a importância que a floresta tem. É algo que depende de vocês”.

Outro assunto abordado na entrevista foi Donald Trump. Jack demonstrou tanta aversão ao presidente dos Estados Unidos que contou que evita até falar o seu nome.

“Ele é tão desprezível, ele é uma doença tão horrível que temos que nos sentir envergonhados diante do mundo. Mas ano que vem com sorte ele terá ido embora e poderemos voltar às nossas vidas. Mas fica a lição do que pode acontecer quando você não está prestando atenção às coisas. É uma lição para todas as culturas: a de que essas coisas podem acontecer”, detonou.

O Raconteurs toca no Popload Festival no feriado de 15 de novembro, ao lado de nomes como Patti Smith, Hot Chip, Beirut e grande elenco.

A entrevista completa de White para O Globo pode ser conferida abaixo.

290819_jackwhite_oglobo

>>

Eita! The Raconteurs recebe um novo guitarrista em show na cidade de Los Angeles. O nome dele é Josh Homme

>>

290719_josh_raconteurs2

O palco do famoso Greek Theatre, de Los Angeles, mostrou que está firme após aguentar uma reunião pesada na última sexta-feira, durante show do Raconteurs.

É que durante a apresentação da banda de Jack White e Brendan Benson, atração imperdível do Popload Festival deste ano, quem pintou no palco para dar uma ajudinha aos amigos foi nada menos que Josh Homme, que empunhou sua guitarra e desfilou riffs em “Blue Veins”.

Este foi o primeiro encontro de Jack e Josh em um palco. Antes, White havia sido entrevistado pelo líder do Queens of the Stone Age em seu programa de rádio, Alligator Hour, em uma conversa bastante variada. A torcida agora é para que a troca de figurinhas entre os dois astros do rock continue.

O registro de Josh com os Raconteurs em LA pode ser conferido abaixo. Se o Josh quiser, as portas do Popload Festival estão abertas caso ele queira repetir a dose, tal.

>>