Em James Blake:

POPLOAD NOW – Seis novas (ou mais ou menos novas) canções de Natal para sua “alegria”, um oferecimento de Arlo Parks, James Blake, Killers, Snoop, Liam, Cribs e Beabadoobee

>>

* Bom, já não está tendo para onde correr. Parece que vai ter mesmo Natal neste ano maluco e parece ainda que o Natal vai ser mesmo no dia do Natal. Prédios e shoppings já estão há dias irritantemente iluminados, aquelas coisas. Então, se faltava a trilha sonora disso, não falta mais.

Na parte musical, a tradição das canções pop natalinas já está pronta em 2020.

Mas, antes de falar das Christmas Songs, sempre vem uma música à cabeça que queremos lembrar aqui, como tributo: “I DON’T WANT A LOT FOR CHRISTMAS… ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOOOOOU!”.

Obrigado, Mariah Carey, por imortalizar sonoramente esta época para todo o sempre. Agora, vamos a um apanhado das mais novas (ou quase) canções natalinas para o nosso bico:

****

** ARLO PARKS, JAMES BLAKE & BEABADOOBEE
Começando por essa turma queridíssima lá do Reino Unido, Parks, Blake e Beabadoobee lançaram covers festivos para a Apple Music.

A rising star Arlo Parks foi de Wham! e “Last Christmas”, numa versão mais fofa do clássico oitentista de George Michael.

https://music.apple.com/us/album/last-christmas-single/1540949324

A incrível Beabadoobee, meio filiipina, meio britânica, se jogou no espírito de Natal da tradicional “Winter Wonderland”, que ao longo dos anos ganhou versões de todos os tipos, desde Eurythmics a She & Him. Na voz da artista ficou tão bela como se saída de um filme da Disney.

https://music.apple.com/us/album/winter-wonderland-single/1540886655

O grande James Blake, por sua vez, foi de “In the Bleak Midwinter”, que também é conhecida como “A Christmas Carol”, um clássico favorito entre as músicas natalinas, que talvez você já tenha ouvido até no seriado cool obrigatório “Peaky Blinders”, já que a música ficou popular entre as Primeira e Segunda Guerra Mundial, quando os irmãos Shelby brigavam para manter a família unida, mas ou menos.

https://music.apple.com/us/album/in-the-bleak-midwinter-single/1541214258

****

** CRIBS
A banda indie-garagem inglesa The Cribs, trio de irmãos beeeeem querido deste espaço popper virtual, acabou de lançar seu oitavo disco, o bom “Night Network”, tentando voltar ao jogo da cena britânica depois de uns anos afastados. Uma limitadíssima versão do vinil do disco, quando comprada, ia com um daqueles flexidisc de brinde, que carregava uma música de Natal no estilo Cribs de fazer: zoeira, óbvio. Agora, “Christmas (All Year Long)”, do Cribs, foi distribuída para geral e entra linda aqui na nossa lista de músicas natalinas “sérias”. Bem boa.

****

** LIAM GALLAGHER
Ok, falamos dele e dela mil vezes já, inclusive hoje, mas talvez Liam Gallagher e sua “All You’re Dreaming Of”, que foi escrita apenas para ser uma balada a ser lançada em junho, virou a principal canção de Natal do nosso ramo. Prepare-se para o vídeo que está por sair, com Liam vestido de Papa… Brincadeira! A gente ia repetir aqui o vídeo lyric da janelinha da esperança, mas deixa para lá.

****

** THE KILLERS
Esta na verdade não é uma novidaaaaaade, mas ganhou lançamento nas plataformas de streaming nestes dias. Em 2016, a banda de Brandon Flowers lançou a compilação natalina “Don’t Waste Your Wishes”, disco que, além de divertido, traz colaborações incríveis, como Elton John e Jimmy Kimmel, além da ótima “Don’t Shoot Me Santa”, que você vê/ouve abaixo. O disco foi lembrado pelos streamings para o Natal deste ano. Está valendo.

*****

** SNOOP DOGG
Por último, mas não só por último, tem a canção de Natal do Snoop Dogg, “Christmas in California”, que foi feita junto com o canadense Raff Pylon. Good vibes.

*****

* Esta seção da Popload é pensada e editada por Lúcio Ribeiro e Daniela Swidrak.

Rapper inglês Slowthai dá à luz um vídeo “difícil”. Confira a nova música, “Feel Away”

>>

Captura de Tela 2020-09-16 às 2.25.15 PM

* Com nobres participações de James Blake e Mount Kimbie, o polêmico rapper britânico Slowthai tornou conhecida hoje sua nova música, “Feel Away”, que é dedicada a seu irmão, que morreu bebê com distrofia muscular.

A música é o quarto single de slowthai lançado neste 2020 zoado. Em maio, ele soltou três: “ENEMY”, “MAGIC” e “BB(BODYBAG)”. Ainda não se sabe se os três singles do meio do ano mais este “Feel Away” de agora vão estar em um próximo disco do rapper, que no ano passado lançou o ótimo disco de estreia “Nothing Great about Britain”.

A história do irmão é pesada e foi trazida pelo jornal inglês “The Guardian”, no ano passado, em uma entrevista com Slowthai. Disse o músico, que tinha 8 anos à epoca (e o irmão, 1), que o fato o revoltou bastante, e que ele encontrou conforto numa fita de videocassete do filme “8 Mile”, famoso filme do rapper americano Eminem, de 2002.

Ontem, em seu Instagram, Slowthai anunciou a música nova, as participações especiais e o motivo dela. Disse que de todo o coração nunca sentiu tanta falta de alguém quanto sente a do pequeno irmão. “I’m doing everything in my power to live for him and also make him proud…”

O vídeo de “feel Away” é exatamente o contrário do que indica a homenagem da música. É sobre a vida. Ainda que nela Slowthai, grávido, dá à luz um bebê bolo, quando seu quarto na maternidade é lugar de uma festa de casamento entre sua mulher e o médico. Slowthai é cortado e o bebê, comido. Mais ou menos isso.

No fim, “Feel Away” estå mais para uma música do James Blake que dele mesmo, com todo o drama e o caráter de sonho que envolve o single. No caso um sonho muito loko, do Slowthai.

>>

James Blake apronta ao piano e faz cover linda de “Come As You Are”, do Nirvana

>>

180119_jamesblake2

Se tem alguém que vem aproveitando pacas as lives de quarentena, este sujeito é o produtor e músico inglês James Blake.

Nos últimos meses, em suas diversas performances remotas, Blake fez covers de Billie Eilish, Radiohead e Joy Division, para citar apenas três destes improvisos.

Ele também mostrou músicas inéditas, incluindo a canção “You’re Too Precious”, lançada oficialmente como single.

Agora, Blake apareceu na rede com uma cover incrível de “Come As You Are”, um dos grandes sucessos do Nirvana, que na mão do britânico ganhou um tom melancólico e doce. Affe…

>>

Baú dos sonhos! Com Arctic Monkeys, Wilco, Sonic Youth e grande elenco, NPR libera áudios de mais de 100 shows realizados no clubinho 9:30, de Washington

>>

010620_monkeys1

Entre os anos de 2005 e 2017, a NPR, rede de rádios norte-americana, tinha em sua programação uma série de performances ao vivo, registradas no famoso 9:30 Club, um dos principais redutos indies de Washington.

Com essa história de pandemia toda, a rede resolveu liberar em áudio mais de 100 SHOWS destes 12 anos relatados. tudo de graça, também em celebração aos 40 anos de fundação do clubinho.

Entre os registros estão shows de bandas como Sonic Youth, Arctic Monkeys, The National, Wilco, The Raconteurs, the Black Keys, Yeah Yeah Yeahs, James Blake e muito mais.

A lista completa de shows pode ser conferida abaixo.

2005

Bright Eyes
Bloc Party
David Gray
Lucinda Williams
Secret Machines and Kings of Leon
My Morning Jacket
Son Volt
Death Cab For Cutie
Calexico and Iron and Wine

2006

Belle and Sebastian and The New Pornographers
Arctic Monkeys
Yeah Yeah Yeahs
Neko Case
Toots and the Maytals
Mogwai
The Walkmen
Sonic Youth
Gomez
Fiery Furnaces
Sleater-Kinney
Regina Spektor
Jenny Lewis
The Black Keys and Black Angels
OK Go and French Kicks
Cat Power
Ray LaMontagne

2007

Emily Haines and the Soft Skeleton
The Good, The Bad & The Queen
Explosions In The Sky
Ted Leo and the Pharmacists
Low with Loney, Dear
The Frames
Ben Gibbard
Andrew Bird
The National
Richard Thompson
The Polyphonic Spree
Femi Kuti
Travis
Glen Hansard and Marketa Irglova from the film Once
Gogol Bordello
The Apples in Stereo
Rilo Kiley
Animal Collective
Iron and Wine
Jose Gonzalez
Josh Ritter
Stars
Spoon
The New Pornographers
Nickel Creek
Broken Social Scene
The Hold Steady

2008

Wilco
Stephen Malkmus and the Jicks
Nada Surf
DeVotchKa
The Raconteurs
The Ting Tings
Spiritualized
Of Montreal
Conor Oberst And The Mystic Valley Band

2009

Andrew Bird
Animal Collective
Dan Deacon
Metric
The Dead Weather
M. Ward
Sunny Day Real Estate
The Gossip
Dinosaur Jr.
Benjamin Gibbard and Jay Farrar

2010

Shout Out Louds
Public Image Ltd.
The New Pornographers
Superchunk
The Tallest Man On Earth
Deerhunter
Jonsi

2011

Best Coast and Wavves
Bon Iver
Beirut

2012

The Kills
JEFF The Brotherhood
The Soul Rebels
Galactic
Kishi Bashi
Of Montreal
fun.
Spiritualized
M83
Best Coast
Wye Oak
Dirty Projectors
Patrick Watson
Grizzly Bear

2013

James Blake
Volcano Choir
Marijuana Deathsquads
Poliça

2014

Future Islands
tUnE-yArDs
Sylvan Esso

2015

Sleater-Kinney

2016

Glen Hansard, Sharon Van Etten, Kishi Bashi, Laura Gibson, The Suffers, and Dan Deacon
Savages
Explosions In The Sky
Lucius
Warpaint

2017

Gaby Moreno
Robert Glasper and Bilal
Kronos Quartet
Margo Price
Bon Iver
Jeff Tweedy
Tank and the Bangas

>>

Louco pelas lives, James Blake canta Joni Mitchell em apresentação remota para o James Corden

>>

130520_jamesblake2

Um dos sujeitos que mais tem trabalhado em casa durante a quarentena, James Blake foi o convidado musical no programa do James Corden, na noite de ontem.

O músico e produtor britânico reviveu uma versão de “A Case of You”, canção lançada originalmente pela Joni Mitchell em seu disco “Blue”, no ano de 1971, e lançada também pelo próprio Blake, em 2011, no EP “Enough Thunder”.

Blake mostrou recentemente a faixa “You’re Too Precious”, seu primeiro single desde o álbum “Assume Form”, que saiu ano passado. O britânico tem feito diversas lives em seu Instagram nas últimas semanas.

>>