Em James Franco:

Colbert e Michael Stipe fazem a retrospectiva de fim de ano como nós o conhecemos

>>

161216_stipe2

O ano está acabando e já apareceu a melhor trilha para 2016. O gênio Stephen Colbert fez uma paródia da clássica “It’s the End of the World As We Know It”, do R.E.M., transformada em “It’s the End of the Year As We Know It”. E a cantou na companhia de Michael Stipe, simples assim.

Nas linhas, Colbert fez uma retrospectiva do difícil ano citando problemas que assolam o mundo e grandes acontecimentos como a eleição de Donald Trump e as mortes de David Bowie e Prince, por exemplo.

Enquanto o apresentador canta, Stipe ficava ao lado fazendo cara de poucos amigos. No fim, ele cantou. O ator James Franco, que também participou do programa, endossou a canja.

>>

Devonté Hynes, o Prince do indie, é o cara. E vai parar o Brooklyn em outubro

090814_devhynes

Devonté Hynes, saca? Ou Dev Hynes, inglês mais influente na música norte-americana hoje. Cantor, compositor e produtor, “dono” do Blood Orange, considerado o “novo Prince” pelo estilo funkeado e romântico do seu indie cabuloso. E ele não para de se meter em projetos bons.

Entre seus mil afazeres, Hynes assina a trilha sonora original do novo filme indie “Palo Alto”, dirigido pela Gia Coppola, filha do Francis Ford e irmã da Sofia, inspirado no livro de memórias adolescentes do ator James Franco, que atua na produção.

Hynes não só deu trato na trilha sonora como também colocou faixas inéditas enquanto Blood Orange e também com seu “nome original”, Devonté Hynes. O filme, lançado em maio nos Estados Unidos e em junho na Europa, vai ganhar uma exibição pública no Brooklyn, dia 9 de outubro, com o Dev Hynes tocando a trilha enquanto o filme passa. Cult.

O selo de Hynes, Domino, liberou hoje a faixa “Fred Drives”, que está na trilha e vai ser tocada por ele ao vivo. Programinha bom se você estiver nos arredores do Brooklyn na época, firmeza?

>>

James Franco e Seth Rogen ridicularizam vídeo ridículo de Kanye West

>>

* Ficou bom, vai. De tão picareta.

Screen Shot 2013-11-26 at 10.56.13 AM

Agora em novembro o rapper multimilionário Kanye West, Jesus para os íntimos, soltou em rede nacional o vídeo para a boa música oversampleada “Bound 2”, outro hit a emergir de seu pretensioso álbum “Yeezus”. O vídeo oficial de “Bound 2”, dentro do mundo de Kanye West, traz sua noiva, a famooooooosa Kim Kardashian, de topless em cima de uma moto, fazendo caras e bocas e sugerindo que ela e West estão “doing it”. Cavalos brancos correndo e um desfiladeiro que é reserva indígena compõem o cenário.

Screen Shot 2013-11-26 at 10.55.43 AM

Eis que os atores brothers James Franco e Seth Rogen, que andam filmando juntos a comédia “The Interview”, resolveram fazer uma paródia quadro-a-quadro do vídeo de “Bound 2”.
Fizeram o “Bound 3”.
Com Franco no papel de Kanye West e Seth Rogen, de topless, fazendo a Kardashian. Pensa.

Mais uma para a coleção de polemiquinhas de mister West, tipo o vídeo de criancinhas e o arranca-rabo em rede social com o Jimmy Kimmel etc.
Não vou nem mencionar o Kanye Leste.

>>

Oscar? Que Oscar? Saiu o trailer de Spring Breakers

>>

* Então…

* Neste final de semana a MTV americana soltou o trailer oficial de “Spring Breakers”, o filme que todos nós queremos ver. “Spring Breakers”, novo filme de Harmony Korine, que um dia escreveu “Kids” (1995) para o Larry Clark filmar, estreia no… spring (em março, nos EUA). Mas deve ganhar exibição antes, no South by Southwest. Você viu na foto acima. O filme é estrelado por James Franco, Vanessa Hudgens, Selena Gomez, Ashley Benson, Rachel Korine.

A história, nobre, já contamos aqui: quatro amigas da “facul” querem apenas se divertir no Spring Break, mas estão sem grana. Então decidem roubar um restaurante para financiar a folia. Um “amigo” meio barra pesada aparece do nada para pagar a fiança das garotas, mas irá querer algo em troca. A trilha vai ser contaminada pelo Skrillex. Nas telas e no disco, as quatro amigas aparecem cantando “…Babe One More Time”, da Britney Spears. O trailer já dá uma pequenina amostra.

Aliás, a “GQ” britânica definiu assim o trailer de “Spring Breakers”: “Galera da Disney ficaram selvagens. Um desfile de festas na praia, mais biquínis que a sequência de “Piranha” e James Franco como um cabelo questionável”. É isso.

>>

REM revive no vídeo do James Franco, que está em São Paulo dançando n'A Lôca

>>

Tudo bem que o Michael Stipe deu fim ao lendário REM e virou jurado de concurso de gifs, mas muita coisa da banda de Athens, parece, ficou escondida em diversas gavetas.

Um importante registro inédito do grupo norte-americano apareceu recentemente na internet, via James Franco, o ator. James – que também é diretor, produtor, galã da mulherada, já apresentou o Oscar e trabalhou em filmes como “127 Horas” e na trilogia “Homem Aranha” e para completar está no Brasil a convite de uma grife para a inauguração de uma nova loja – se jogou na pista do bombado clube A Lôca, conhecido reduto do público LGBT localizado na Frei Caneca, na noite de ontem.

O contexto nem tem muito a ver, haha, mas acontece que o ator foi um dos convidados pelo REM, cerca de três anos atrás, para dirigir dois vídeos para as faixas de “Collapse Into Now”, disco que viria a ser lançado no início de 2011. Esses vídeos, emendados, dariam origem a uma espécie de curta-metragem para promover o álbum, na época. Alguns vídeos apareceram, outros não. E os do James Franco – para as canções “That Someone Is You” e “Blue” – ficaram guardados (bem, essa é a versão oficial, parece que o Franco embaçou mesmo para entregar a encomenda.

Eis que Franco resolveu jogar na internet uma de suas produções para a música “Blue”. A faixa, que tem a participação de Patti Smith, é praticamente a “última música” da carreira do REM, já que ela fecha o derradeiro álbum do grupo. O vídeo do James Franco, com imagens aleatórias de Hollywood, bom motivo para lembrar-mos do R.E.M., pode ser conferido abaixo.

>>