Em James Murphy:

All my friends… Após três anos, LCD Soundsystem invade o Brooklyn ao som de Spacemen 3 e Joy Division

>>

* “Bem-vindos à mais longa soundcheck diante do maior número de pessoas de todos os tempos”, disse o James Murphy.

Foto: Stuart Kingtide

Foto: Stuart Kingtide

Aquela sensação boa de que o mundo está começando a voltar ao normal dentro de um novo normal bate para valer quando a gente vê um grupo como o nova-iorquino dance punk LCD Soundsystem ajudando a sacudir essa poeira toda e retomar seus shows.

O gênio James Murphy e sua trupe, agora desfalcada da musicista Gavilán Rayna Russom, que comandava os sintetizadores desde 2008, deram um pontapé inicial nesta semana na residência de 20 (VINTE) shows no cool Brooklyn Steel, em temporada que vai durar até 19 de dezembro.

As apresentações, as primeiras em três anos, tiveram início anteontem e a primeira música que o LCD Soundsystem tocou foi uma versão da histórica “Big City”, da incrível Spacemen 3, banda alucinante e alucinógena inglesa que fez barulho no circuito alternativo entre o meio dos anos 80 e comecinho dos 90, tendo entre seus integrantes o aclamado Jason Pierce, que mais tarde formaria o Spiritualized.

Foto: Stuart Kingtide

Foto: Stuart Kingtide

O grupo subiu no palco ao som de “The Electrician”, single lançado pelo The Walker Brothers em 1978. No total foram 18 canções apresentadas, nenhuma nova. Outra cover que apareceu no set foi “No Love Lost”, do Joy Division, que já foi tocada antes pelo LCD Soundsystem, mas há tipo 12 anos. Ou mais.

Outros pontos altos da apresentação de estreia da turnê foram as inclusões de canções como “Thrills” e “On Repeat”, que não apareciam nos shows há cerca de 15 anos.

A boa notícia é que um abençoado gravou o show praticamente todo e jogou na internet. “Big City” rola no minuto 8:00, enquanto “No Love Lost” mais para o fim, aos 1:35:40. O hino indie “All My Friends” fechou a noite.

Mas o legal mesmo é ver o show todo para desde já matar a saudade e aos poucos entrar no ritmo para a volta às pistas em 2022. Ou antes, até.

SETLIST – LCD SOUNDSYSTEM 23/11/21
01 “Big City” (Spacemen 3 cover)
02 “I Can Change”
03 “Time To Get Away”
04 “Daft Punk Is Playing At My House”
05 “Call The Police”
06 “On Repeat”
07 “Oh Baby”
08 “You Wanted A Hit”
09 “Tribulations”
10 “Movement”
11 “Someone Great”
12 “Tonite”
13 “Home”
14 “No Love Lost” (Joy Division cover)
15 “Thrills”
16 “Dance Yrself Clean”
17 “New York, I Love You But You’re Bringing Me Down”
18 “All My Friends”

lcdposterbrooklyn

>>

Cine Joia completa 10 anos de shows, hoje. Casa de SP reabre no dia 26 com grande programação: de Tropkillaz a Marina Senna, de Boogarins a Alcione

>>

* Hoje, às 11h11 da noite deste dia 11/21, o Cine Joia, ex-cinema e igreja evangélica da Liberdade que virou um tradicional lugar de shows e festas, completa 10 anos de idade.

Desde que James Murphy largou o LCD Soundsystem lá em NYC para dar um pulo em São Paulo às 11h11 da noite daquele dia 11/11 e inaugurar o Cine Joia, muitas bandas incríveis passaram por aquele palco. Dos novinhos Tame Impala ao lendário Lee Scratchy Perry, puxando uma fila de notáveis que inclui Elza Soares, Busta Rhymes, Pabllo Vittar, You La Tengo, Criolo, Thurston Moore, Thundercat, Bixiga 70, Feist e vai embora de tanto nome bom.

No Cine Joia teve o melhor show da vida da importantíssima banda dance-punk nova-iorquina The Rapture e também o pior show da vida do também nova-iorquino Julian Casasablancas fora dos Strokes.

O clube-cinema ainda teve por anos, até março de 2020, alguma das mais bombadas festas da cidade, de Glow in the Dark a Baile das Marinheiras, de Batekoo a Pardieiro, só para citar algumas de muitas.

cine joia 10 anos-01

Esta festa de aniversário de hoje, comemorada de modo privado, é muito mais do que apenas, isso, uma festa de aniversário, depois de o Cine Joia ficar 20 meses fechado por causa da pandemia. Representa o fim de um ciclo. E o começo de outro.

O Cine Joia faz sua abertura oficial ao público no próximo dia 26 deste novembro, com programação praticamente definida até o final de março, para shows e festas. No exato dia 26, pratas-da-casa como a banda Boogarins e o rapper versátil multiformas Edgar se apresentam conjuntamente para inaugurar a nova era.

Daí até os primeiros meses de 2022, nomes como a grande Alcione, Tropkillaz, Marina Sena, Maju, Maglore e festas como VHS, Funfarra e vários outras farão o Novo Cine Joia renascer. Vários ingressos já estão sendo vendidos, através do site
https://cinejoia.byinti.com/.

poster-cine joia-vector

Quando a porta do lugar se abrir, no dia 26, vai se mostrar reformado, mais moderno, transformado. Um novo bar, um novo piso e novos sistemas de iluminação, sonorização e acústica vão dar a cara que o Cine Joia vai ter pelos próximos dez anos pelo menos. Tudo assinado pelo escritório de arquitetura Futura Estudio, de Larissa Burke.

O Cine Joia, hoje, apaga sua vela dos 10 anos e se apaga nesta noite. Esse lugar foi lindo, mas já era. Viva o Novo Cine Joia.

***

* Na chamada da home da Popload para este post, a fachada do Cine Joia quando ele era mesmo um cinema, em novembro de 1952. Abaixo, uma das marcantes apresentações da então casa de show, esta de 2013, quando a banda australiana Tame Impala se apresentou no Cine Joia numa segunda visita.

>>

Rolêzinho bom: James Murphy e 2ManyDJs reativam Despacio em Nova York, com três noites e 24 horas de música

>>

Em uma época na qual o LCD Soundsystem já não existia mais, o gênio James Murphy resolveu se aliar a dois pesos pesados da eletrônica: os irmãos Dewaele, do Soulwax/2ManyDJs.

Junto com David e Stephen, Murphy criou o Despacio, um projeto customizado de soundsystem composto por sete caixas de 50,000-watts de potência, com mais de 10 metros de altura e ainda 48 amplificadores, cada um custando mais de 20 mil euros. Isso foi tipo em 2012, 2013.

Aí que, cinco anos depois, o trio resolveu matar as saudades da bagunça sonora e anunciou para o fim de março três apresentações em Nova York. O agito vai rolar em Maspeth, região do Queens, e vai durar nada menos que 8 horas por noite.

Os ingressos serão colocados à venda na sexta agora. Se você estiver de bobeira por Nova York e redondezas…

>>

You wanted a hit… “Sobrou” uma preciosidade do LCD Soundsystem no Austin City Limits para a galera da internet

>>

060218_lcdsoundsystem2

Em meio ao p*** show que foi exibido do LCD Soundsystem em rede nacional no último final de semana, na TV americana, claro, sobrou um mimo para a galera da internet. Ou seja, nóis.

O Austin City Limits separou para a turma da web uma performance simplesmente sensacional da banda de James Murphy tocando o hit (!) “You Wanted a Hit”, lançado em 2010 no álbum “This is Happening”.

Nunca é demais lembrar, o LCD Soundsystem estará dia 23 de março, sexta-feira, no Autódromo de Interlagos abrilhantando a programação do Lollapalooza 2018.

You Wanted a Hit (Live on Austin City Limits – Web Exclusive) by LCD Soundsystem on VEVO.

>>

Jimmy Kimmel invade o Brooklyn e é recebido pelo LCD Soundsystem ao som de “Tonite”

>>

171017_lcd2

Pela terceira vez em sua história, o programa do Jimmy Kimmel firmará residência de uma semana no Brooklyn, mais precisamente na linda Brooklyn Academy of Music. O primeiro episódio da série rolou na noite de ontem e teve nada menos que os “locais” LCD Soundsystem dando as boas vindas.

A trupe incrível de James Murphy mostrou ao vivo a ótima “Tonite”, talvez melhor faixa do último disco deles, o recém lançado “American Dream”, primeiro #1 deles na Billboard.

Nunca é demais lembrar que o LCD Soundsystem vai mostrar esta e outras canções espetaculares no Brasil, no início do ano que vem, já que eles serão uma das principais atrações do Lollapalooza 2018, que acontece entre os dias 23 e 25 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

>>