Em jo whiley:

Lá vem o Noel Gallagher, quase sempre sério, mostrando suas músicas novas na Inglaterra. E falando que detesta a internet

>>

081217_noel_jowhiley

Noel Gallagher está em ritmo de divulgação de “Who Built The Moon?”, seu terceiro disco em carreira solo, #1 na Inglaterra, que fez ele bater o recorde de artista com mais álbuns no topo de forma seguida, totalizando os sete da época de Oasis e os três pós-Oasis.

Na noite de ontem, foi ao ar na BBC 2 uma session de Noel para a veterana apresentadora Jo Whiley. Por lá, o irmão do Liam tocou seis canções, entre elas as novas “Holy Mountain” e “It’s A Beautiful World”, além de antigas do Oasis, tipo “Little By Little” e “Half The World Away”, b-side linda lá dos anos 90.

Noel, inclusive, apesar de dizer que não gosta muito de nostalgia, parece estar com saudade da década dourada da música britânica. Em entrevista ao jornal espanhol El País, o músico disse que acha que o mundo perdeu sua magia a partir do momento em que a internet passou a ser o que é hoje.

“Os anos 90 eram livres, abertos. Não tinha Internet, nem celulares, só você, seus pensamentos e a música. A Internet é a pior coisa que já aconteceu no mundo. Ela propaga o terrorismo, o ódio, a violência, a guerra, a pedofilia. Antes da Internet, tudo era mágico, depois tudo virou um desastre”, disse ele, que aproveitou para falar que a postura de seu irmão Liam no Twitter é um belo exemplo disso, após o repórter fazer uma analogia de que a fama é algo parecido com as drogas.

“A cocaína e o ecstasy ampliam uma parte da sua personalidade. A fama também. Por exemplo, seria justo dizer que se sabe mais sobre o Liam desde que ele abriu sua conta no Twitter. É tudo o que eu preciso dizer. O Twitter é a nova fama, né? Quando eu era pequeno, a gente não sabia o que as estrelas do rock faziam da vida. Agora qualquer imbecil sabe o que todo o mundo está fazendo. Não me interessa o Twitter porque estou satisfeito com quem sou”, disparou.

A session do Noel na BBC pode ser ouvida aqui, em diversos trechos do programa que dura 2 horas. Basta dar uma olhada na playlist para ter uma noção melhor.

Por falar em Twitter, antiga amiga de Noel, Jo Whiley aproveitou a ocasião do reencontro para postar uma foto rara, lá dos anos 90, em que estão também o próprio Noel e o apresentador Steve Lamacq.

>>

Damon Albarn canta Blur (sem o Blur) e evoca o espírito do Britpop na BBC

>>

110414_damonlamacq

É 1994 outra vez na BBC Radio 2. A emissora inglesa botou no ar na noite de ontem um programa especial sobre os 20 anos do Britpop, tocando músicas da época, o que significa que rolou Pulp, Oasis, Catatonia, Blur e até Sophie Ellis-Bextor.

O clima foi tão nostálgico que o programa-documentário foi apresentado pelos lendários Steve Lamacq e Jo Whiley, há anos referências na casa. A cereja do bolo foi uma session com Damon Albarn tocando músicas do Blur sem o Blur. Ao piano, ele tocou “This Is A Low” acompanhado por um quarteto de cordas só de meninas. A outra faixa escolhida, também do Blur, foi “For Tomorrow”, esta com uma banda de apoio.

Damon, que lança no fim deste mês seu primeiro álbum solo, também concedeu entrevista e falou sobre os tempos áureos da música britânica e da guerra insana do Blur com o Oasis. O programa inteiro tem duas horas deliciosas de duração e pode ser ouvido aqui. Abaixo, Albarn sendo impecável.

>>