Em joão erbetta:

Popload Live: hoje, 17h, no Stories da @poploadmusic, com João Erbetta, do Los Pirata

>>

* Quando a primeira onda do indie nacional perdeu o fôlego, no final dos 90, e o novo rock lá de Nova York trouxe um fôlego novo para as bandas pequenas deste mundão independente, ali em 2001, 2002, surgiu aqui no Brasil o Los Pirata. Você sabe o que foi o Los Pirata? Sabe?

Pois o mentor da banda mais sui generis (e para alguns a melhor) que passou por nossa CENA desde sempre (“sempre” no caso é “desde o festival Junta Tribo no interior, o Fábio Massari no “Lado B”da MTV e a Motor Music do Marcos Boffa em Minas Gerais), o guitarrista e cantor João Erbetta, é o convidado de hoje da live da Popload, 17h, no Stories do @poploadmusic.

Erbetta falará obre tudo acima e sobre o que aconteceu depois. A sequência de sua carreira morando em Washington e Los Angeles, fazendo trilhas inclusive para seriados atuais, produzindo discos e integrando banda de turnê de artistas consgrados.

Bamos?

2 - PHOTO-2020-04-22-13-11-23

A live da Popload foi criada para proporcionar, em tempos de clausura, papo e performance com pessoas legais da nossa música. Inclusive… tocando música.

Já rolou por aqui conversa e som com Flavio FingerFingerrr, André Aldo, Eduardo Apeles, Vivian Kuczynski, Lucas Fresno, Rita Papisa Oliva e Ale Sater, do Terno Rei, Bianca e Rodrigo do Leela, Lucas da Glue Trip, Fefel do Boogarins, Duda Brack, Clarice Falcão, Gabriela Deptuski, do My Magical Glowing Lens, Jay Horsth, do Young Lights, Salma & Macloys, do Carne Doce, e a trinca Naíra, Érica e Caro, do sexteto Mulamba. Tudo regado a som ao vivo, adaptado, rearranjado, diferente, tecnicamente perdoadíssimo.

Já teve até DJ set, do ótimo Willian Mexicano, na semana passada, com a digníssima diva pop Pabllo Vittar participando animada. Já teve conversa sobre a história da CENA brasileira com um dos personagens principais dela desde sempre, o agitador Fabrício Nobre.

A ideia da live é que ela, diária, de segunda a sexta no período de quarentena, não necessariamente tenha um horário padrão para rolar, mas até que tem acontecido bastante às 17h. A gente avisa aqui e nas redes o horário certo do dia. Ou, melhor, reforça o aviso quando NÃO for às 5 da tarde.

Então, hoje, às 17h (tchanan!!), no Stories do @poploadmusic, João Erbetta, exímio guitarrista e criador do lendário Los Pirata, conversa com e toca para a Popload.

E sempre lembrando que a Live fica disponível nos Stories por 24 horas, a partir de seu fim ao vivo.

>>

CENA – João Erbetta, com grande elenco, lança música “simples” coberta por arranjos “nada simples”. E sobre amores impossíveis

>>

cena231216_joaoerb2

Uma das boas notícias do final de ano é que o grande Los Pirata, entre algumas quase voltas, parece querer seguir adiante e firme em 2017, com disco novo e mais de seus famosos shows. Enfim, empolgaram. A gente, por aqui, também.

Enquanto isso não acontece, o guitarrista João Erbetta, que nunca foi de ficar parado, está preparando um EP que pode virar disco cheio, também para o ano que vem. Atualmente guitarrista oficial da Clarice Falcão, ele acabou de lançar um single “estranho” para quem conhece o Los Pirata.

“Pra Decorar Meu Coração” aparece como se fosse uma música do “Elvis Costello se ele morasse no Rio e cantasse em português”, na avaliação do mesmo. Haha. Na faixa, João tem o auxílio do produtor bamba Kassin, do Rio, e do Barba, ex-Los Hermanos, na bateria. João e grande elenco.

O próprio músico dá os detalhes do som novo, para a Popload. “Essa música ‘furou a fila’ do disco, pois eu já havia gravado (com Zé Nigro no baixo e Richard Ribeiro na bateria) 18 bases em São Paulo, meses antes, e estava finalizando as canções, gravando overdubs e quetais. No meio desse processo, numa tacada só, escrevi essa música e mostrei ela para o Kassin. Ele curtiu a parada e me convidou para gravá-la no seu estúdio, aproveitando para experimentarmos o gravador de fita do local, recém-reformado. Estávamos em contato com o Barba, por causa dos ensaios para a tour da Clarice Falcão (ele e Kassin tocaram nos primeiros shows de lançamento) e o convidamos para pilotar a bateria nessa minha música. Kassin tocou baixo, nós três saímos criando, montando esse arranjo e depois eu cobri tudo com mais guitarras, violões, guitarra barítona, lap steel, piano elétrico, percussão, coro e voz”. Apenas.

João conta que Kassin deve aparecer em outras faixas do álbum, porque a relação musical dos dois é diária. “O meu estúdio é no andar de baixo do dele. A troca tem sido extrema. Adoraria ter o Barba em outras faixas também, mas ainda não combinamos nada. Farei o planejamento do disco – que espero estar pronto em abril – assim que voltar das férias. Venho escrevendo essas canções desde 2015. Shows em breve!”, informou.

A “música adulta sobre amores impossíveis” pode ser ouvida abaixo.

>>