Em john talabot:

Com ingressos quase esgotados, transmissão ao vivo e “preparado para a chuva”, festival Dekmantel SP começa… hj?

>>

* Todos os olhos e ouvidos desta semana estão no Dekmantel Festival São Paulo 2017 (a não ser que você vai dividir esses órgãos e atenções, porque conseguiu um dos ingressos para o show sexta e sábado das garotas do Warpaint no evento da Heineken no MAC).

O festival, eminentemente eletrônico mas não só, produzido em conjunto pelos festeiros paulistanos da Gop Tun junto com os produtores holandeses do evento original, que pela primeira vez sai de Amsterdã, acontece lindo durante o dia (Jockey Club) e à noite (Fabriqueta) no sábado e domingo agora.

Jeff

Por estes dois dias, o Dekmantel vai juntar nomes absurdos da eletrônica moderna de tempos recentes com alguns mais clássicos. Vai ter o velho Hermeto Pascoal e o novo Bixiga 70. Vai ter Azymuth!!!! Nicolas Jaar e banda, Jeff Mills (foto), Nina Kraviz (foto na hoje), John Talabot, Ben Klock e Palms Trax estão dentro. Os brasileiros e “brasileiros” Carrot Green, Selvagem, L_cio, Tessuto, Marcio Vermelho, Zopelar e os DJs da própria Gop Tun não poderiam faltar.

Mas o evento mais ou menos começa hoje, na real. Nesta noite acontece uma festa do Dekmantel no clube Jerome, em Higienópolis, que marca a chegada da primeira edição do festival holandês ao Brasil.

A Eclectrica Pista Panamericana, festa desta noite, vai reunir os DJs Gui Scott, da Gop Tun, mais um elenco de DJs latinos como Damian Levensohn (Buenos Aires), Daniel Klauser (Santiago) e Mansvr & Leeon (Bogotá).

Para o evento do fim de semana, o grandão, os “weekend tickets” estão esgotados, restando apenas as entradas para cada dia.

* Transmissão ao vivo –
Parte dos shows do Dekmantel São Paulo vão ter exibição direta online, pelo Boiler Room e pelo canal paulistano de rádio e TV online Na Manteiga. A programação do Boiler Room para o primeiro dia inclui as apresentações de Azymuth, Bixiga 70 e Tom Trago. No segundo dia, o domingo, tem a transmissão das performances de Hermeto Pascoal, Palms Trax e Carrot Green, entre outros.

* Chuva – Sobre as tempestades que têm caído na cidade absolutamente todos os dias, o povo do Dekmantel SP diz que “chuva não será um problema” para o festival. Há, segundo eles, um “plano de contingência” para as hecatombes pluviométricas de SP. Cacique Cobra Coral?

>>

Atenção, muita atenção. Duo formado por John Talabot e Axel Boman, o Talaboman vai lançar seu disco de estreia

>>

310117_talaboman2

Uma das boas misturas electroindie dos últimos anos, o duo Talaboman vai retomar suas atividades para lançar seu primeiro disco cheio. A composição consiste na união dos grandes DJs e produtores e mixadores John Talabot e Axel Boman, que já lançaram um EP, “Sideral”, de 2014.

A nova investida da dupla metade sueca (Boman), metade espanhola (Talabot) é “The Night Land”, produção que terá oito faixas inéditas e que foi gravada justamente em cidades de seus países de origem, como Estocolmo, Gotemburgo e Barcelona. O lançamento está marcado para 3 de março.

Em comunicado, a dupla relata que a criação resultou em uma “quantidade absurda de música” e que, no fim das contas, “o amor é tudo o que o mundo precisa”.

Junto com o anúncio, o Talaboman soltou um teaser ao som da faixa “Loser’s Hymn”. A Popload bota por aqui, também, um DJ set do duo feito para a NTS Radio, em novembro de 2015, com duração de duas horas. Just because.

The Night Land – Tracklist
Midnattssol
Safe Changes
Samsa
Six Million Ways
Loser’s Hymn
Brutal Chugga-Chugga
The Ghosts Hood
Dins El Llit

** John Talabot se apresenta neste final de semana em São Paulo, dentro do festival Dekmantel São Paulo 2017. Tipo imperdível.

>>

Dekmantel SP divulga os horários do festival e avisa que os ingressos estão acabando

>>

* Um dos primeiros grandes eventos de música do ano, o eletrônico (não só) Dekmantel Festival São Paulo 2017, que acontece pela primeira vez fora de seus domínios holandeses (Amsterdã), avisa que seus ingressos, tanto para as edições de dia e a de noite, estão acabando.

nicolas-jaar

O Dekmantel SP será realizado nos dias 4 e 5 de fevereiro agora, em dois lugares: no Jockey Club de São Paulo (sábado e domingo de dia) e na Fabriketa (sábado à noite, com possibilidade de uma programação menor no domingo, para finalizar o festival). Para os “weekend tickets”, por exemplo, só restam 50%.

As atrações são bárbaras e aos montes: vão do show do bombado chileno Nicolas Jaar (foto) com banda tocando seu novo álbum até uma apresentação dos brasileiros Hermeto Pascoal, Azymuth e Bixiga 70. Nomes imperdíveis como Jeff Mills, Nina Kraviz (a imagem da homepage), Joy Orbison e John Talabot, mais as presenças dos nossos Selvagem, L_cio e Renato Cohen, fora a galera da festeira Gop Tun, que está na cabeça da produção do evento, também fazem parte do line-up.

Captura de Tela 2017-01-17 às 4.15.22 PM

>>

Gente fina é outra coisa: John Talabot remixando Jamie xx

>>

301115_jamie_john2

Duas figuras importantes do novo indie, os parças Jamie xx e John Talabot tiveram seus caminhos musicais cruzados novamente.

O DJ e produtor espanhol pegou o single “Loud Places”, do discaço solo do membro do The xx, e retrabalhou toda a canção, em uma versão viajada com 10 minutos de duração.

Tratada como remix “higher dub”, a faixa será lançada em um single em vinil pelo selo Young Turks, que tem os dois artistas em seu cast. Existe ainda uma outra versão da faixa, feita pelo próprio Talabot.

>>

A farra eletrônica do Primavera Sound: Disclosure, Jamie XX, John Talabot

>>

jamie

* Ainda o Primavera Sound 2014, de Barcelona. Mais do que a armada indie que assolou o evento este ano, em qualquer formato, tamanho das bandas e idade, o festival espanhol brilhou na parte eletrônica também. Tirando os importantes nomes que se espalharam por seus DEZ palcos (acho que era isso), o Primavera Sound 2014 armou uma tenda-clubinho mágica em seu gigante espaço no Fórum.

Som vindo do teto, achatando as cabeças, visual 360 graus inacreditável e dois excelentes DJs tocando e montando a programação do dia com “amigos”. Na sexta foi o Jamie XX o curador, o menino do XX. No sábado, o incrível produtor espanhol John Talabot, de Barcelona mesmo, tocando em casa.

A tenda tinha duas entradas, quase sempre abarrotadas de longe. Um sufoco para se aproximar da parte de dentro. Mas com jeitinho e paciência dava. Lá dentro cabia umas 400 pessoas, grudadas umas nas outras, no máximo. Mas era um mundo à parte.

Abaixo tem primeiro uns minutos do set do Jamie XX no clube que batizaram de espaço Boiler Room, outra referência eletrônica forte. Depois, a eletrobatucada promovida por Talabot, no dia seguinte. Repara nos visuals e tenta sentir a vibe que o lugar tinha dentro.

De quebra, segue o duo inglês Disclusure arrebentando em um dos dois palcos principais, com o hit “When a Fire Starts to Burn”.

>>