Em Josh Homme:

Em fase cheia de inspiração, e com apoio de Josh Homme, Mark Lanegan divulga mais um disco solo

>>

090415_lanegan

É tempo de reverenciar, mais uma vez, o grande Mark Lanegan. O veterano e cultuado músico americano lança hoje seu novo álbum, “Gargoyle”, que tem ecos de sua famosa Screaming Trees, uma das bandas essenciais do rock alternativo na década de 90.

Com 10 faixas inéditas, “Gargoyle” deve apresentar um Lanegan afiado em suas letras. Quando falou do álbum pela primeira vez, no início deste ano, ele relatou que está escrevendo melhor do que há 15 anos atrás e que uma de suas grandes motivações em continuar fazendo música está nas parcerias.

Para esse novo álbum, por exemplo, Lanegan conta com o apoio de alguns parceiros de longa data, incluindo Josh Homme, Greg Dulli (The Afghan Whigs), Alain Johannes e Duke Garwood. “Gargoyle” já pode ser ouvido em streaming via Spotify.

>>

Mark Lanegan libera nova música e anuncia álbum de inéditas que tem até Josh Homme e Greg Dulli

>>

080415_lanegan1

O genial Mark Lanegan anunciou para o fim de abril o seu primeiro disco em três anos. Dia 28/4 chega ao mercado “Gargoyle”, sob a assinatura Mark Lanegan Band.

Em comunicado divulgado para a imprensa, Lanegan contou que está escrevendo melhor do que há 15 anos atrás e que uma de suas grandes motivações em continuar fazendo música está nas parcerias.

Para seu novo álbum, o artista americano convocou alguns amigos, tipo Josh Homme, Greg Dulli (The Afghan Whigs), seu antigo parceiro Alain Johannes e ainda o multi-instrumentista Duke Garwood. Ao todo, são 10 faixas inéditas, seis delas escritas em parceria com Rob Marshall.

Junto com o anúncio, Lanegan divulgou o single “Nocturne”, que pode ser ouvido abaixo.

Gargoyle – Tracklist
01. Deaths Head Tattoo
02. Nocturne
03. Blue Blue Sea
04. Beehive
05. Sister
06. Emperor
07. Goodbye To Beauty
08. Drunk On Destruction
09. First Day Of Winter
10. Old Swan

lanegancapa

>>

Algo está acontecendo: Jesse Hughes vaza foto de Dave Grohl com Josh Homme em estúdio

>>

030217_jesse_dave_josh1

Hmmm… A internet está aí para denunciar várias coisas e o mais novo bafafá é uma foto em que Dave Grohl e Josh Homme aparecem juntos em um estúdio. Pode não ser nada, mas pode ser muita coisa também.

O registro foi publicado por ninguém menos que Jesse Hughes, o vocalista e líder da banda Eagles of Death Metal, que aparece ao lado dos dois amigos na foto. Minutos após publicar a imagem, ele a apagou.

Ainda não se sabe ao certo o que pode estar acontecendo, até porque existem algumas hipóteses plausíveis. A mais forte delas é que Dave pode reviver sua parceria com o Queens of the Stone Age, que tem previsão de soltar um disco novo no segundo semestre.

Mas, cabe lembrar que Dave e Josh são parceiros no sumido Them Crooked Vultures, ao lado de John Paul Jones, do Led Zeppelin. Ou, ainda, a dupla poderia aparecer em algum trabalho do EODM, por que não?

Vamos esperar as cenas e fotos vazadas dos próximos capítulos.

>>

Josh Homme aparece em evento beneficente, toca Johnny Cash e até uma música inédita

>>

Foto: Alyson Camus

Foto: Alyson Camus

O incansável Josh Homme deu o ar de sua graça em um evento beneficente na noite de ontem, em Los Angeles, em prol do tratamento do músico Dave Rosser, do Afghan Whigs, que está com um câncer no cólon.

O líder do Queens of the Stone Age prestigiou a causa junto com outros artistas, como Duff McKagan (Guns N’ Roses) e a banda Eagles of Death Metal.

Josh subiu ao palco e fez um raro set acústico com seis músicas: “Long Slow Goodbye”, do QOTSA; “Spinning in the Daffodils”, do também seu Them Crooked Vultures; “Memories Are Made of This”, de Dean Martin; “Dark as a Dungeon”, de Johnny Cash; “Minnie the Moocher”, de Cab Callaway; e ainda “Villains of Circumstance”, esta última inédita.

Aos poucos vão pintando registros da apresentação e alguns deles, incluindo a nova, podem ser vistos abaixo.

>>

CRX, do Nick Valensi, lança disco de estreia e tenta ser o filho bastardo bonito dos Strokes

>>

310816_crx2

Se tem alguma coisa que não deu muito certo nos últimos anos foram as bandas paralelas de membros dos Strokes. Enquanto Julian Casablancas com o Voidz é de doer e a formação alternativa de Albert Hammond Jr. só empolga quando se parece com Strokes antigo, Nick Valensi resolveu convocar Josh Homme para produzir o álbum de estreia do CRX, o sintomático “New Skin”, lançado na última sexta-feira. Quem mixou foi Andrew Scheps, que já trabalhou com Adele e Johnny Cash.

Nikolai Fraiture também está se aventurando com o Summer Moon, mas fica claro que quanto mais os caras do Strokes tocam fora da banda, mais os fãs ficam com saudade deles juntos.

“New Skin” chega para tentar contrariar a regra com 10 faixas inéditas, o dedo de Josh Homme e o Valensi cantando. Novidades a princípio suficientes para criar certa curiosidade sobre o álbum, que pode ser ouvido a seguir. Será que agora vai?

>>