Em jubilee:

Japanese Breakfast ficou “big” e se apresentou no Jimmy Fallon. Entenda!

>>

* Adoro “entenda”…

A fofura Michelle Zauner, a Japanese Breakfast, ainda que meio-coreana, meio americana, foi ao Jimmy Fallon ontem à noite mostrar para a família americana noturna seu balançado mais recente single, “Be Sweet”, primeiro single de “Jubilee”, seu novo álbum, que saí no dia 4 de junho.

A música, já tratamos dela aqui, é uma parceria de Michelle com Jack Tatum, da banda Wild Nothing. Dissemos à época, vale repetir, que ela prepara ainda um livro de memórias, que vai explorar sua experiências como única coreana-americana em sua escola e a forma como lidou com as expectativas de sua mãe, que não exatamente tinha pensado num futuro musical para a filha. Enfim.

Gravado em um clube vazio no Brooklyn, o vídeo de “Be Sweet” não foi o único enviado pela Japanese Breakfast ao Fallon. Como uma performance exclusiva para a internet, ela mandou ainda uma performance para “Jimmy Fallon Big”, veja só, uma música de um disco de 2017 do Japanese Breakfast chamado “Soft Sounds From Another Planet”

A história da música é ótima e cativou Jimmy Fallon, que no programa explicou de onde veio essa “Jimmy Fallon Big”. Michelle escreveu a canção depois que o baixista dela, que tocava em outra banda, disse que ia sair do Japanese Breakfast porque eles tinham uma proposta de turnê melhor e que eles iam acabar ficando grandes a ponto de serem convidados para tocar no programa do Jimmy Fallon. Michelle ficou arrasada na época. Agora o baixista voltou ao JB e foi tocar com Michelle no Jimmy Fallon.

>>