Em julian casablancas and the voidz:

Julian Casablancas lança novo disco do seu projeto com o the Voidz. Ouça por sua conta e risco

>>

Antes de tudo, um adendo: a gente adora para valer o Julian Casablancas. Voz pontual do rock moderno, que de certa forma ajudou e muito a ressuscitar esse “rockinho” de alma indie que estava um tanto adormecido e ofuscado pelo pop farofa que dominou o fim dos anos 90 em suas mais variadas vertentes, seja pelas suas boys band, girls band, o novo hip hop, ou uma eletrônica que começava a perder o rumo.

Ninguém vai tirar do Julian o fato dele ser o frontman de uma das maiores bandas que já vimos, mesmo que essa banda esteja fazendo cada vez menos questão de ser vista nos últimos tempos. Enfim.

Isso abre brecha para o Casablancas, hoje um menino com um pé na casa dos 40 anos, dedicar a maior parte do seu tempo ao seu grupo experimental the Voidz, que tem mais erros do que acertos graças ao seu experimentalismo que, às vezes, chega próximo do inacreditável.

Ame ou odeie, eles soltaram no último final de semana seu segundo álbum, “Virtue”, o primeiro deles desde 2014, e puxado por singles como a boa “Leave It in My Dreams” e a difícil “QYURRYUS”. Inclusive, a palavra “difícil” é bem comum quando a gente pensa neste projeto.

De toda forma, as 15 faixas novas podem ser ouvidas abaixo.

>>

Julian Casablancas lança novo disco para provar que estávamos errados. Ou não…

>>

190914_julian2

Já está entre nós o novo álbum de Julian Casablancas com sua nova banda, the Voidz. “Tyranny” será lançado no próximo dia 23 de setembro, mas já está disponível para audição gratuita e oficial.

Julian Casablancas + the Voidz andaram fazendo shows nos últimos meses, incluindo os Lollapalooza latinos. A impressão que ficou ao vivo não foi das melhores. Muito barulho que fez até a voz do Julian sumir. E a galera se empolgou mesmo quando ele cantou Strokes. Agora é a chance de JC provar que estávamos desdenhando dele antes da hora.

Vamos ver se em estúdio a coisa funcionou.

>>