Em jungle:

Top 10 Gringo – O “mundo” é do Dry Cleaning. Nem o ótimo Lil Nas X conseguiu impedir. Mas vamos seguir em frente, como diz o Jungle

>>

* Segue agitado o mundo gringo de novidades musicais. Uma semana que olhamos até para o que tem de mais pop no universo, mas sem esquecer do indie. Inclusive, premiando pela segunda vez seguida nossa banda da vez. É nossa culpa ou deles? E olha que a disputa foi bem apertada. Mas o coração (e a guitarra) falou mais alto.

lilquadrado

1 – Dry Cleaning – “Unsmart Lady”
Segue nossa obsessão pela nova banda pós-punk inglesa Dry Cleaning. Uma obsessão que agora cada vez mais é do mundo todo, como analisamos em um post sobre as críticas que “New Long Leg”, seu álbum de estreia, vem recebendo agora que veio à luz, na última sexta-feira. Nossa predileta da vez é a absurda “Unsmart Lady”, o novo single, um som tipicamente quase falado que pega as ofensas que as mulheres recebem quando são desacreditadas e diminuídas e as arremessa nos agressores. Que banda!

2 – Lil Nas X – “Montero (Call Me by Your Name)”
Lil Nas X chegou pesado aqui, ainda que demonstrando uma leveza sonora incrível. Uma música onde resolve contar sobre uma paixão das mais fortes, de peito aberto. Pensando em sua história, ele mesmo relata que não planejava abrir questões da sua sexualidade assim, mas que, se isso ajuda outras pessoas a ficarem mais livres, é necessário. Este cara é bom.

3 – Jungle – “Keep Moving”
Que som esperto este novo da ótima dupla funk-soul-brother Jungle, dos produtores Josh Lloyd-Watson and Tom McFarland, que deu a largada para um novo e necessário álbum deles. “Keep Moving” é um mantra de superação que balança bem os graves do seu foninho. Segura esta.

4 – Demi Lovato – “Anyone”
Demo Lovato passou por poucas e boas por conta das drogas, para dizer o “mínimo”. Neste ainda complicado pós-reabilitação, seu novo disco tem canções dolorosas, como “Anyone”, um grito desesperado por ajuda desesperado, daqueles dados quando parece que ninguém mais pode te ajudar. Não é sempre que divas pop abrem a real desta maneira.

5 – Olivia Rodrigo – “Deja Vu”
A gente não ia deixar o fenômeno Olivia Rodrigo passar batido. Tudo bem que não demos o moral devido para o primeiro single dela, o hit “Drivers License”, mas até que funcionou essa espera. Curtimos bem mais este som novo.

6 – St. Vincent – “The Melting of the Sun”
É meio chover no molhado que a St. Vincent tem uma das guitarras mais espertas do mundo hoje, mas é preciso reforçar isso. Nesta balada, segundo single de seu álbum “Daddy’s Home”, que sai no próximo 14 de maio, ganhamos de presente um senhor solo de guitarra, que nem parece com solo de guitarra, mas é, sim. É uma coisa tão fora da curva que até fica difícil reparar no que veio antes ou depois desse evento nesta música.

7 – Angel Olsen – “It’s Every Season (Whole New Mess)”
Angel Olsen parece ter gostado da experiência de revistar suas próprias músicas. No álbum “Whole New Mess”, de 2020, ela buscou parte do repertório do seu disco de 2019, “All Mirrors”. Agora, em um álbum que vai reunir as duas experiências, solta essa inédita que é justamente a releitura de uma das inéditas do disco de releituras. Deu para entender?

8 – Royal Blood – “Limbo”
A gente vem cobrindo aqui a virada que o Royal Blood anda dando em seu som – aproximando suas raízes roqueiras de um som mais dance. Dessa safra, “Limbo” talvez seja a obra mais bem acabada, ao conseguir colocar esses dois universos, que às vezes são tão distintos, em uma conversa agradável.

9 – The Joy Formidable – “Into the Blue”
Talvez a nossa banda favorita do País de Gales, hoje. O grupo mantém sua habilidade de melodias certeiras e dinâmicas espertas de andamento e volume nesse retorno às atividades com um belo single que anuncia um novo álbum ainda sem nome. Que venha formidável.

10 – Garbage, “The Men Who Rule the World”
Uma porrada do Garbage nos responsáveis por colocar nosso mundo em risco – sim, os terríveis capitalistas. Shirley Manson mira em quem patrocina violência, pobreza, machismo e outras catástrofes do mundo.

****

****

* A imagem que ilustra este post é rapper e cantor Lil Nas X.
** Repare na playlist. A gente inclui as 10 mais da semana, ou quase isso, mas sempre deixa todas as músicas das semanas anteriores. Pensa no panorama que isso vai dar conforme o ano for seguindo…
*** Este ranking é formulado por Lúcio Ribeiro e Vinícius Felix.

>>

Vamos dançar. Duo inglês Jungle está de volta para dar uma sobrevida a Julieta em novo single e vídeo

>>

Captura de Tela 2021-03-24 às 8.47.25 AM

* Outro “lançamento dance” revelado ontem no fim do dia lá pelos lados ingleses foi a música nova da ótima dupla funk-soul-brother Jungle, dos produtores Josh Lloyd-Watson and Tom McFarland. “Keep Moving”, mantra de superação transformado em coreografia cool, traz o clima de arte caótica que promete ser o terceiro álbum da banda, “Loving in Stereo”, a ser lançado em agosto, verão britânico, quando o mundo para eles parece que vai estar mais “generoso” musicalmente falando.

“Keep Moving” teve seu áudio indo para o ar pela primeira vez no programa da Annie Mac, ontem à noite na Radio 1, da BBC. Assim que a música foi tocada, o vídeo apareceu no Youtube. Nele, vários grupos de dança vão se movendo por um prédio abandonado até se encontrarem em uma área grande comum, para um número maior e mais coordenado.

Parece meio inspirado para ser uma versão moderna soul-dance da peça clássica “West Side Story”, o musical inspirado em “Romeu e Julieta”. Inclusive, tem uma Julieta bem destacada no vídeo.

O álbum “Loving in Stereo” será o primeiro álbum de estúdio a sair depois de “For Ever”, o disco de 2018. Abaixo, ouça, veja (e dance) o single “Keep Moving”.

****

* O tracklist do disco “Loving in Stereo”, que sai 13 de agosto, é assim:

‘Dry Your Tears’
‘Keep Moving’
‘All of the Time’
‘Romeo’ (feat Bas)
‘Lifting You’
‘Bonnie Hill’
‘Fire’
‘Talk about It’
‘No Rules’
‘Truth’
‘What D’You Know about Me’
‘Just Fly, Don’t Worry’
‘Goodbye My Love’ (feat Priya Ragu)
‘Can’t Stop the Stars’

>>

E hoje à noite? Vamos pros shows? Ganhe ingresso para Jungle e The Internet. Sorteio relâmpago

>>

* Noite nobre de shows nos rolês paulistanos, esta quinta pós-feriado bota no palco do Cine Joia, na Liberdade, às 22h, a suingada banda inglesa de electroindie-soul Jungle, apresentando a turnê de seu segundo álbum, “For Ever”, lançado no final do ano passado. O show do Jungle em SP é produzido pela galera do site Monkeybuzz. Essa é a terceira vez que o Jungle vem chacoalhar os quadris no país.

jungle

Quase no mesmo horário, às 23h, na Barra Funda, e quaaaaaaaase na mesma linha de derivações soul misturado a outras coisas, o Audio Club recebe a banda californiana The Internet, em show inédito no país. Outro grupo que vem com performances ao vivo de promoção de disco lançado no ano passado, no caso o bacanudo “Hive Mind”, o quarto do quinteto, o The Internet fez elogiados concertos terça passada no Rio e ontem em Porto Alegre. A vinda do Internet ao Brasil é obra dos agitadores cariocas Queremos.

internet

SORTEIO DE INGRESSOS

Mais do que falar sobre esses dois shows especiais da night paulistana, a Popload vai expressamente sortear UM PAR DE ENTRADAS para o Cine Joia e UM PAR DE ENTRADAS para o Audio Club. O sorteio é pá-pum e o resultado sai por volta das 17h. Para concorrer, basta mandar um email para lucio@uol.com.br e na “linha de assunto” escrever o nome da banda para qual show você quer concorrer. Eu juro que até agora ainda não me decidi para qual lugar eu vou hoje à noite. Talvez os dois… Mas vamos? Tenta a sorte para ir de graça. E rápido.

>>

Eba! Jungle anuncia show em São Paulo no início de maio

>>

Um dos shows mais legais e animados do indie hoje, o coletivo britânico Jungle fará show no Brasil. A data é 2 de maio e o local o Cine Joia, em São Paulo. A apresentação faz parte do rolê dos caras pela América do Sul, que inclui passagens por Argentina, Colômbia, Chile, Peru e Equador.

Os ingressos de primeiro lote de meia entrada solidária/estudante custam R$ 80, mediante doação de um livro ou 1kg de alimento não-perecível, já estão à venda.

O Jungle, duo liderado por Josh Lloyd-Watson e Tom McFarland, vem ao Brasil para mostrar o show do novo disco, “For Ever”, lançado ano passado. Hoje eles estão ao todo com sete integrantes na banda.

290119_junglePoster

>>

A trilha sonora do fim de semana chegou: Jungle inicia oficialmente o teste do segundo disco e lança o novo “For Ever”

>>

260718_jungle2

O sempre bem-vindo coletivo britânico Jungle lança nesta sexta-feira seu aguardado segundo disco, bom para embalar o fim de semana e para ver se eles passam no teste. “For Ever” tem 15 músicas novinhas.

O duo que consiste em Josh Lloyd-Watson e Tom McFarland, os líderes da turma, lançou seu disco de estreia em 2014. Hoje eles estão ao todo com sete integrantes na banda. E, dizem eles, a melhor definição para o projeto novo é algo tipo “a post-apocalyptic radio station playing break up songs”. Sério.

Com o novo álbum, o Jungle vai cair na estrada a partir da semana que vem, em Hamburgo, na Alemanha. Nos meses seguintes, eles possuem outros shows marcados na Europa e América do Norte. A agenda está cheia até o final de março, quando eles levarão seu soul modernoso para Nashville, a terra do country.

>>