Em justin timberlake:

De olho no verão, Justin Timberlake solta nova música e alinha parceria com o Drake

>>

* Popload é Pop.

030718_justin2

De olho no verão, Justin Timberlake lançou nesta tarde, de surpresa, uma nova música, “Soulmate”, apenas cinco meses após seu mais recente disco, “Man of the Woods”, chegar ao mercado.

Diferentemente da pegada mais intimista do trabalho anterior, “Soulmate” tem pegada mais animada e vibe lá em cima. A produção da faixa é assinada por Nineteen85, que tem trabalhos com o Drake e Nicki Minaj.

Inclusive, Drake e Timberlake têm se alinhado nas últimas semanas para uma possível parceria. “Soulmate” deve fazer parte de um projeto maior, já que Justin passou o último mês em estúdio.

>>

Pop intimista. Ouça “Man of the Woods”, novo disco de Justin Timberlake

>>

010714justin

Com certeza, os próximos dias serão bastante dedicados a Justin Timberlake no noticiário pop. Ele lança hoje seu quinto disco solo, “Man of the Woods”, que ele classifica como o mais intimista de sua carreira. “Esse projeto é realmente inspirado pelo meu filho, minha esposa, minha família, mais do que qualquer outro que eu tenha escrito”, disse.

O disco é o primeiro de Justin desde o aclamado álbum duplo The 20/20 Experience, lançado em 2013. No domingo, no calor do lançamento deste novo álbum, Timberlake fará o concorrido show do intervalo do Super Bowl, em Minneapolis.

“Man of the Woods” tem 16 faixas no total e, claro, conta com um time de special guests, incluindo seu fiel escudeiro e produtor Timbaland, além do Neptunes com Pharrell Williams, Alicia Keys e Chris Stapleton.

>>

Atenção: saiu a música nova do Justin Timberlake, em um vídeo que tem um robô dançarino. Por que não?

>>

* POPload.

050118_justin2

2018 já pinta como o ano de Justin Timberlake. Ele, um dos artistas mais talentosos do pop, começou a temporada com o pé no acelerador, anunciando disco novo e tudo.

Dia 2 de fevereiro ele lança “Man of the Woods”, álbum que, segundo ele, é o mais intimista de sua carreira. “Esse projeto é realmente inspirado pelo meu filho, minha esposa, minha família, mais do que qualquer outro que eu tenha escrito”, disse.

O disco é o primeiro de Justin desde o aclamado álbum duplo The 20/20 Experience, lançado em 2013. Da obra, o norte-americano liberou o primeiro single “Filthy”, que ganhou vídeo dirigido por Mark Romanek, em que Justin faz cosplay de Steve Jobs e mostra ao mundo um robô dançarino. Tipo.

Dois dias depois do lançamento do novo álbum, Timberlake fará o concorrido show do intervalo do Super Bowl, em Minneapolis, dia 4 de fevereiro.

>>

Chora, Justin. Toma essa, Noel. O beijinho no ombro versão Adele

>>

271115_adelenoeljustin_slider

Obviamente, só se fala em Adele nos últimos dias, graças ao lançamento de “25”, disco que chega quebrando diversos recordes, ainda que esteja no mercado há uma semana.

Só para constar, “25” já é o disco mais vendido em todos os tempos na primeira semana nos Estados Unidos e na Inglaterra. O recorde que pertencia ao N’Sync na América desde 2000 (2.4 milhões) sucumbiu diante da voz poderosa da cantora britânica. “25” já vendeu mais de 3 milhões de cópias só na terra do Justin Timberlake e ultrapassou a boy band em algumas centenas de milhares. Os dados se consolidam hoje e serão publicados pela Billboard, domingo agora.

Adele também faz milagre em casa. “25” bateu o improvável recorde conquistado pelo Oasis em 1997, quando a banda de Liam e Noel Gallagher era um tipo de epidemia que nem o Justin Bieber e o One Direction conseguiram ser metade nos dias de hoje. O disco em questão é o pesado “Be Here Now”, que na primeira semana vendeu 696 mil cópias. Já o disco novo da Adele alcançou a marca de 737 mil cópias.

No entanto, os encasquetados irmãos Gallagher podem se gabar de um pequeno detalhe. Na época, “Be Here Now” foi lançado em uma quinta-feira, em uma estratégia rara, já que os discos sempre eram lançados às segundas. Como o ranking de vendagem fechava aos domingos, “Be Here Now” alcançou estes números com apenas 72 horas no mercado. Se for considerar a primeira semana cheia, o terceiro disco do Oasis ainda segue imbatível, pois registrou nada menos que 813 mil cópias, quase 80 mil a mais que “25”, da Adele.

Fácil, Adele está morrendo de dó. Mas nem liga.

>>

Mais uma cover na vida do Chvrches. Agora para o Justin Timberlake. E ele curtiu

>>

200215_chvrches

Uma das especialidades do delicioso trio escocês Chvrches é fazer cover de artistas improváveis. Na curta carreira de Lauren Mayberry e seus parceiros, eles já tocaram de Bauhaus a Prince, passando por Arctic Monkeys e Fleetwood Mac.

A mais recente viagem dos escoceses no já habitual (para eles) Live Lounge da BBC Radio One evocou nada menos que Justin Timberlake. Na pauta, o sucesso “Cry Me A River”, balada lançada pelo americano em 2002.

O mais legal é que o astro pop parece ter curtido a versão, já que deu RT em sua conta oficial no Twitter.

200215_justinrt

010714justin

>>