Em Kasabian:

Futebol é pop: Kasabian arma festa para o time fenômeno de sua cidade. E o Tom Hanks…

>>

280416_leicester1

Faltam apenas 3 pontos para o Leicester City se sagrar o improvável e incrível campeão inglês de futebol nesta temporada. O modesto time da cidade de pouco mais de 300 mil habitantes, 160km a noroeste de Londres, desbancou na temporada elencos caríssimos de equipes como Manchester United, Manchester City, Chelsea e Arsenal, sobrou de ponta a ponta, e fez da terra do Kasabian a capital do futebol inglês – talvez mundial – nos últimos meses.

Aliás, o Kasabian vive uma relação intensa com o clube desde os tempos de vacas magras, do time e da própria banda. São vários os registros de integrantes do grupo assistindo a jogos do Leicester City nos anos 90 e início dos 2000. Agora, com o time na crista da onda, os músicos se tornaram torcedores e convidados ilustres nos jogos. Em troca, armaram uma festa.

280416_leicester2

Dia 28 de maio, o Kasabian fará um show no King Power Stadium, onde o Leicester atropelou seus adversários na temporada. Serge Pizzorno, guitarrista e compositor da banda, disse que será a maior festa da cidade em todos os tempos. Os cerca de 30 mil ingressos serão colocados à venda na manhã deste sábado e, lógico, devem evaporar.

Abaixo uma matéria da ESPN Brasil de dezembro, falando da relação do time com o Kasabian. And I’m on fiiiiiiiiire!

* Tom Hanks, ele, tem simpatia pelo Aston Villa (rebaixado nesta temporada), mas disse que não está ligando muito porque pode ganhar uma grana com o Leicester. Segundo o famoso ator, ele fez uma aposta de 128 euros (na época) impensável título do Leicester. E agora poderá ganhar… 644 mil euros. Perguntaram se ele estava falando sério. Ele respondeu que não confirma e não desmente.
No início da temporada, as casas de apostas definiam “odds” de 5.000 para o Leicester. Faltando três jogos, o virtual campeão Leicester tem 7 pontos de vantagem sobre o vice-líder Tottenham.

280416_kasabianshow

>>

Mais ou menos isso: Serge, do Kasabian, “analisa” nosso futebol em forma de música

>>

140415_kasabian2

Em sua recente passagem pelo Brasil, o guitarrista Serge Pizzorno do Kasabian, que fez shows em Porto Alegre e no Lollapalooza São Paulo, concedeu uma entrevista um tanto diferente para a plataforma de streaming virtual Deezer.

Ele, torcedor do Leicester City (time de sua cidade) e fã de futebol, tinha que analisar camisas de clubes brasileiros e escolher uma música para cada uma. Rolou de Kanye West a Pavarotti e um ou outro comentário extra. Não sei o motivo, mas ele não curte o Vasco.

140415_kasabianvideoplayer

* A playlist.

>>

O Lolla já começou: Kasabian incendeia a gauchada, tchê

>>

** Fotos: Fábio Codevilla

270315_kasabian1

Uma das bandas mais intensas que o rock britânico produziu na última década, o Kasabian veio pagar sua dívida com os brasileiros, adquirida no fim de 2012, quando eles cancelaram em cima da hora a turnê sulamericana por causa de problemas de saúde que afetaram o vocalista Tom Meigham.

Além do show a cumprir no Lollapalooza em São Paulo neste fim de semana, o grupo inglês tocou na noite de ontem, em Porto Alegre, e animou os fãs do Sul, um dos maiores redutos de admiradores da banda no país.

A banda vem ao Brasil com o bom disco “48:13” na bagagem, mas não deixa de fora clássicas dos discos anteriores, tipo “Fire”, “Club Foot” e “Vlad the Impaler”, as duas últimas mostradas em vídeos abaixo.

O Kasabian toca no Lolla neste sábado, às 17h, em horário que bate com o da St. Vincent. Poxa…

Kasabian Setlist Pepsi On Stage, Porto Alegre, Brazil 2015, 48:13 Tour

>>

Vem, Lolla. Kasabian on fire no Chile

>>

* Sorry, Serge.

160315_kasabian2Foto: Sergio García Pardo / Recital.cl

Vindo para pagar uma dívida com os fãs latinos, o Kasabian fez um dos shows mais animados no Lollapalooza Chile neste fim de semana. A banda de Leicester, que chegou a visitar a região no fim de 2012 mas precisou cancelar shows em cima da hora por causa de problemas de saúde do vocalista Tom Meigham, parece estar realmente disposta a apagar a última má impressão deixada.

Com o álbum “48:13” na bagagem, o grupo inglês fez show de mais ou menos 75 minutos e incluiu canções antigas tipo “Fire”, replicada abaixo em vídeo feito por um fã louco na grade. Só para sentir a vibe. Em seguida, o show completo com transmissão profissa.

* O show completo.

>>

Os shows do Lollapalooza fora do Lollapalooza

>>

150115_kasabian

Depois de toda a espera (primeiro) pelo anúncio das atrações e (segundo) pelos shows divididos por dia no Lollapalooza Brasil 2015, agora a atenção da galera está voltada para os tradicionais sideshows, nos quais as atrações do gigante festival que acontece no fim de março no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, tocam em casas de shows menores, em clima mais intimista, não apenas na capital paulista.

Pelo o que a Popload apurou e deve ser oficializado nas próximas horas é que algumas cidades fora do estado de São Paulo vão receber as atrações do Lolla na semana do evento. Ainda não temos muito claro quais serão os sideshows de São Paulo, mas – se nada mudar de última hora – podemos antecipar que Jack White, Kasabian e The Kooks tocam em Porto Alegre, todos na casa de shows Pepsi On Stage. Jack se apresenta na capital gaúcha dia 24 de março. Kasabian e The Kooks tocam juntos dois dias depois.

150115_stvincent

Brasília vai receber Smashing Pumpkins e Young The Giant. Belo Horizonte vai abrir suas portas para Robert Plant, St. Vincent, Bastille e Foster The People. Já o Rio de Janeiro receberá todas as atrações de Brasília e BH.

*** Update: confira quem toca onde e quando.
Robert Plant + St. Vincent – Rio (24/03) e BH (26/03)
Jack White – Porto Alegre (24/03)
Smashing Pumpkins + Young the Giant – Rio (25/03) e Brasília (27/03)
Foster The People + Bastille: Belo Horizonte (25/03) e Rio (27/03)
Kasabian + The Kooks – Porto Alegre (26/03)

Locais dos shows:
Porto Alegre – Pepsi On Stage
Rio de Janeiro – Citibank Hall
Belo Horizonte – Chevrolet Hall
Brasília: NET Live

>>