Em kid a:

Radiohead libera vídeo tenso para a velha nova faixa “If You Say the Word”

>>

* Soubemos por estes dias que em novembro, mais precisamente no dia 5, será lançado “Kid A Mnesia”, uma edição de aniversário de 20 anos (mais ou menos) de dois dos importantes álbuns “Kid A” (2000) e “Amnesiac” (2001) da cultuada banda inglesa Radiohead.

O pacote comemorativo vai ser triplo. Vêm nele as versões atualizadas para os quarto e quinto discos consecutivos da banda de Thom Yorke, mais um terceiro disco de inéditas, o “Kid Amnesiae”, que ajuda na brincadeira do nome desse lançamento.

Essas “novas” músicas do Radiohead são sobras de estúdio das sessões do “Kid A”/”Amnesiac”, lados B de singles da época, recriações de músicas como “The Morning Bell”, “Pulk/Pull”, “Pyramid Song” e “How to Disappear Completely” e também uma gravação de estúdio inédita da canção “Follow Me Around”, que lá atrás apareceu ao vivo, como a gente já andou falando ppor aqui.

Entre essas inéditas está “If You Say the Word”, já apresentada em áudio no começo deste mês, como single, mas que acaba de ganhar um vídeo. Vídeo-drama esquesito. A cara do Radiohead.

>>

Radiohead toca hoje no Cine Joia. Convidado especial: Nosferatu

>>

Screen Shot 2015-02-20 at 9.36.56

* Um dos projetos mais legais e crescentes da cidade, o Cinesthesia acontece novamente hoje no Cine Joia, em São Paulo, desta vez combinando três seres atuantes em comunhão de um mesmo espetáculo. A música do grupo inglês Radiohead, o imortal filme “Nosferatu” (1922) e o público participativo: ou seja, você. Porque ali não é só assistir a um filme.

Em outra das noites em que o Cine Joia tem o que é de melhor, ser casa de shows moderna sem perder sua vocação de cinema antigo, o evento “Kid Nosferatu” botará em sincronia a obra-prima muda de horror expressionista do alemão (ou germânico) FW Murnau com o álbum “Kid A”, outra obra-prima, essa um pouco mais recente, do cultuado Radiohead, tocado ao vivo e na íntegra pela banda Radiohead Cover. O Thom Yorke está convidado a participar, se quiser. Alguém avisa?

No Cinesthesia “Kid Nosferatu”, o filme + música tem sua exibição a partir das 22h. O ingresso, a carga que ainda resta, está disponível aqui e dá direito a pipoca grátis à vontade e uma cerveja. A casa abre, toda climática, às 21h.

Considerado um dos 100 filmes mais importantes da história do cinema, “Nosferatu, Uma Sinfonia do Horror” é tido ainda como a segunda mais bem avaliada produção de terror de todos os tempos. É uma versão “pirata” de “Dracula”, clássico vampírico de Bram Stoker, numa interpretação expressionista alemã rodada em 1921, que de tão impactante depois também viraria obra clássica.

“Kid A” é, “apenas”, o quarto disco da banda do vampiro Thom Yorke, o sucessor de “OK Computer”, que causou comoção mundial ao ser “vazado” na internet em 2000, uma data ainda rara de lançamentos vazados. Foi considerado o álbum mais antecipado dos últimos 30 anos, na linha do “In Utero”, do Nirvana, por vir depois de uma obra-prima que catapultou a banda à estratosfera musical. É tido o mais bem acabado produto a ousar misturar o fino da indie music, mais IDM, krautrock, experimentalismos gerais, post-rock etc.

“Nosferatu” e “Kid A”, uma trombada clássica de música e cinema, vão poder ser “sentidos” hoje à noite, em São Paulo, em uma sincronia absurda e assustadora. E essa é a ideia.

Screen Shot 2015-02-20 at 9.36.27

>>