Em kid cudi:

Drake mostra músicas novas e alimenta treta com o Kid Cudi, parece

>>

241016_drake2

O fenômeno Drake continua no gás. Depois de lançar o álbum “Views” neste ano, o canadense anunciou para dezembro um novo projeto, tratado por ele como “playlist”, mas que terá canções inéditas dele e de seu selo, OVO.

Neste domingo, no programa do selo que vai ao ar na Beats 1, da Apple, Drake mostrou três faixas novas, chamadas “Two Birds One Stone”, “Seakin” e “Fake Love”. Uma quarta gravação, uma remix de “Wanna Know”, do rapper Dave, também foi divulgada.

O som que mais chamou a atenção é “Two Birds One Stone” que, segundo alguns, traz referências a Kid Cudi, que pouco antes de entrar em processo de reabilitação disse que Drake usa um ghost writer em suas canções.

Na nova faixa, o rapper canadense canta linha citando o disco de estreia de Kid Cudi, chamado “Man on the Moon”. O site “Consequence of Sound” destacou o trecho: “You were the man on the moon / Now you just go through your phases / Life of the angry and famous”.

Todas as faixas podem conferidas abaixo.

>>

Kid Cudi grava nova música e reabre especulações sobre a trilogia “Man On The Moon”

>>

280316_kidcudi2
Kid Cudi nunca escondeu seu apreço pela lua e boa parte de seus fãs ainda esperam pelo encerramento da trilogia “Man on the Moon”, que teve seus dois capítulos iniciais com os discos “Man On The Moon: The End Of Day” e “Man On The Moon II: The Legend of Mr. Rager”, em 2009 e 2010 respectivamente.

Depois disso, o rapper americano soltou mais três discos, o último deles “Satellite Flight: The Journey to Mother Moon”, em 2014. Neste fim de semana que passou, Kid Cudi deu um sopro de esperança aos seus fãs.

O rapper soltou uma nova música gravada recentemente com dois dos produtores dos seus discos iniciais, Plain Pat e Mike Dean. Da reunião, apareceu “The Frequency”, o que bastou para começarem as especulações em torno de “Man On The Moon III”.

Entre 2014 e 2015, Kid Cudi andou dizendo que iria lançar a sequência. Depois o papo esfriou. Agora…

>>

Kid Cudi mostra música inédita e “descartável”, mas que parte o coração

>>

040315_kidcudi2

Meio fissurado com a lua, o rapper americano Kid Cudi está trabalhando em um novo álbum, que tem o título “Man on the Moon III” e deve sair em algum momento deste ano. Vale lembrar que o álbum anterior do mano de Cleveland também tem referência à “moon” no título: “Satellite Flight: The Journey to Mother Moon”.

No meio destes dois lançamentos, ele resolveu soltar uma canção inédita que não entrou no disco anterior e pelo visto não faz parte do próximo lançamento.

“love.” foi gravada durante as sessions do álbum passado, mas não entrou na versão final do disco nem foi lançada como lado-b. Produzida pelo próprio Kid Cudi, “love.” tem Dot Da Genius nos teclados e um sample de “Sunblocks”, do Ratatat. O rapper descreveu a faixa assim: “Hope it brings you some peace if you have a lonely heart out there.”

>>

Aos 45 do 2º tempo, Kid Cudi solta uma das melhores músicas do ano

>>

171213_kidcudi

O rapper treta gênio Kid Cudi, mais uma das atrações do Lollapalooza Brasil 2014, vai soltar “a qualquer momento” seu novo EP com título gozado: “Satellite Flight: The Journey to Mother Moon”. O mano de Cleveland prometeu esse EP em outubro. Na época, escreveu “Thats the title of the EP fyi. Lets dream again” em seu Twitter. Avisou, em um show no Texas, que a data oficial do lançamento seria conhecida 24 horas antes do registro sair. E que sairia em algum momento nos três meses seguintes. Estamos no prazo, ainda.

Hoje, Kid Cudi soltou a faixa que dá título ao EP, com opção de download gratuito. Ainda dá tempo de escolher essa “Sattelite Flight” como uma das melhores do ano, né?

>>

Kanye West tem certeza que é Deus, mas não evita o vazamento do disco novo. Ouça cinco faixas de “Yeezus”

>>

* Oh God! Haha

A nova viagem sonora do complicado rapper Kanye West vai ser lançada na próxima segunda-feira, dia 17 de junho. Mas, bingo, já está entre nós. Toma essa, Yeezus.

O álbum, que foi produzido pelo renomado Rick Rubin, expoente principalmente na produção de discos de rock, tem diversas participações. Tem o Justin Vernon, do Bon Iver, Frack Ocean, Kid Cudi, Daft Punk e… Deus.

Bem isso. Na aguardada faixa 3 do disco, West diz que é “Deus”. Como se não bastasse, no tracklitst oficial aparece “I Am A God (featuring God)”. Sério. O Daft Punk, segundo as prévias, participa da faixa 2, “Black Skinhead”. Mas na lista de músicas vazada, o duo francês não aparece nos créditos. Daí surge a dúvida: será que o “featuring God” é o…

Kanye West, em recente entrevista para o New York Times, disse que o disco é uma espécie de busca pelo hip hop de vanguarda, com pitadas de rock e eletrônica dos anos 80/90, mas que a influência profunda é o “house de Chicago”. Para isso, ele queria um produtor conceituado. “Ainda sou um puto aprendendo sobre minimalismo e Rick Rubin é o mestre. É uma grande bênção ter a oportunidade de trabalhar com ele. Quero dizer que depois de trabalhar com o Rick, percebi porque ainda não ganhei Álbum do Ano, mesmo tendo produzido “Watch the Throne” e “Dark Fantasy”, contou.

A Popload separou 5 faixas de “Yeezus”, esse novo filho divino do Kanye West. “Black Skinhead”, a suposta faixa com participação do Daft Punk, vem separada. No outro arquivo, uma compilação com as faixas “Oh Sight”, “I Am A God”, “Hold My Liquor” (com participação do Justin Vernon) e “Guilt Trip”, que tem como special guest o Kid Cudi.

* A capa do disco é bem… minimalista.

* “Yeezus”, tracklist
01. On Sight
02. Black Skinhead
03. I Am A God (Featuring God)
04. New Slaves (Featuring Frank Ocean)
05. Hold My Liquor (Featuring Chief Keef & Justin Vernon)
06. I’m In It
07. Blood On The Leaves
08. Guilt Trip (Featuring Kid Cudi)
09. Send It Up (Featuring King L)
10. Bound 2 (Featuring Charlie Wilson)