Em king krule:

Popnotas – O podcast do Mano Brown. O bebê pelado do Nirvana. O King Krule ao vivão

>>

– O fera King Krule anunciou hoje o lançamento, já para 10 de setembro, de um novo álbum, ao vivo, chamado “You Heat Me Up, You Cool Me Down”. Junto com essa notícia, ele já solta o primeiro single deste disco live, a música “Stoned Again”, com vídeo de uma performance dele para a canção no Olympia, em Paris. Um pouquinho antes de o mundo ficar doente, Krule excursionou com sua banda pela Europa, o que inclui esse show na França. O material, 17 faixas, foi pescado dessas performances. E incluem músicas como “Baby Blue” e “Out Getting Ribs”.

– Às portas de completar 30 anos de seu lançamento, o fabuloso disco do Nirvana, o “Nevermind”, um dos álbuns mais famosos da história do rock, cuja capa icônica traz um bebê pelado numa piscina, dentro d’água, indo atrás de uma nota de 1 dólar num anzol, está sendo processado por esse bebê. Assim: Spencer Elden, hoje com 30 anos, porque foi o personagem dessa capa do “Nevermind” aos 4 meses de idade, entrou na Justiça contra Cobain (espólio), Grohl e Novoselic por exploração sexual infantil. Acostumado a aparecer nas notícias tooooooooda vez que uma efeméride envolve o revolucionário segundo álbum do grupo de Seattle, desta vez ele quer pelo menos US$ 150 mil por “ter sofrido danos por sua vida inteira como resultado de ter aparecido na capa”. Em 2016, na época do aniversário de 25 anos do disco, ele não só se mostrava felizão por ter participado da capa do disco, ainda sem ter ideia do que estava fazendo, como topou recriar a capa e posar segurando o disco, para várias revistas músicas e jornais. Ele até num primeiro momento queria posar nu, tal qual sua versão bebê de 4 meses. Mas acabou usando um short de natação. O discurso hoje dentro das medidas legais que Elden vem tomando contra a banda é “Todo mundo no mundo todo já viu meu pênis”. A foto foi tirada numa piscina em Pasadena, Califórnia, pelo fotógrafo Kirk Weddle, contratado pela DGC Records, pertencente ao grupo Universal, para fazer as opções de capa do disco. A ideia do bebê na piscina é de Kurt Cobain e Dave Grohl, depois que viram um programa na TV sobre parto na água. Spencer Elden era o filho recém-nascido de um amigo salva-vidas do fotógrafo. E então tudo aconteceu. Vamos ver como essa história se desdobra. O “Nevermind” foi lançado no dia 24 de setembro de 1991.

– Para um cara que tem na palavra seu maior trunfo, o rapper Mano Brown, a voz principal do cheio de vozes e fundamental grupo de hip hop Racionais MC’s, estreia amanhã, quinta, no Spotify o podcast “Mano a Mano”, semanal e gratuito. O podcast terá 16 episódios, no que seria uma primeira temporada, será sempre uma conversa de Brown com um convidado, daí o nome “Mano a Mano”. Nos mais variados temas: de política e música a esporte e religião. Entre os nomes confirmados para “encarar” o rapper e cantor estão Karol Conká, Drauzio Varella, pastor Henrique Vieira, Vanderlei Luxemburgo e Fernando Holiday. “O Mano a Mano é uma continuidade do que acontece no meu dia-a-dia. Eu não sou cercado apenas por pessoas que pensam como eu, então a gente conversa e debate. No podcast, não quero criar confronto de ideias, mas abrir uma possibilidade de diálogo com pessoas diferentes, controversas, amadas e odiadas”, diz Brown (foto na home da Popload, em clique de Pedro Dimitrow/Spotify). O convidado do primeiro episódio, o da estreia amanhã, não foi divulgado. Aqui, um trailer de “Mano a Mano”:

>>

POPNOTAS – Arca vira mãe, King Krule mexe com Lennon e Future Islands no Tiny Desk

>>

King Krule, o ruivo inglês de voz cavernosa, que já ganhou taaaaantos posts por aqui, soltou uma cover de “Imagine” de John Lennon que ficou bem ao seu estilo. Uma guitarra solitária (e por vezes bem torta) acompanha seu vozeirão que quase recita a música. Coisa mais linda.

– Sempre é bom ver uma apresentação do Future Islands. Afinal, Sam Herring, vocalista da banda, é uma atração a parte com seus movimentos dance, seus socos no coração e improvisações vocais que aumentam consideravelmente as versões ao vivo da banda perto das de estúdio. Por isso, o Tiny Desk Home deles, o programa clássico da NPR Music, agora gravado nas casas (ou outro lugar seguro), está imperdível. No repertório, canções do disco mais recente da banda, o ótimo “As Long As You Are”. Sam arrasa.

– A imparável Arca, artista pop e transgressora e futurista, DJ, cantora e compositora venezuelana radicada em Barcelona, fez nascer um outro projeto, deu à luz uma nova faceta de suas várias facetas, assumiu seu lado MADRE. E com a estampa Madre e com a ajuda do violoncelista, produtor e compositor londrino Oliver Coates lançou um EP com quatro faixas, puxadas por uma música que se chama exatamente “Madre feat. Oliver Coates”. A canção, meio “bíblica”, faz parte de uma trilha sonora que Arca compôs para o último episódio da falada série “Euphoria”, da HBO. E tem um vídeo conceitão. Tipo assim:

– Semana passada o espertíssimo duo texano psicodélico Black Pumas (foto na chamada da home) se apresentou no programa do Stephen Colbert, na TV americana. Eles tocaram a faixa “Colors”, um dos singles de seu auto-intitulado disco de estreia, lançado em 2019. Tá na hora do segundo disco, não? Para completar a parada, já que a dupla de Austin resolveu sair da toca, eles gravaram dois singles especiais para o Spotify. A própria “Colors”, desta vez com os jazzeiros da Hypnotic Brass Ensemble de Chicago participando, e a grande “Sugar Man”, do poeta e guitarrista Sixto Rodriguez, de Detroit. Sabe a história do Rodriguez com a África do Sul, né? Não?

>>

Canal francês ARTE antecipa na internet show inédito de King Krule para o programa ECHOES, da Jehnny Beth

>>

070420_kingkrule

Além de ser uma cantora bem foda, Jehnny Beth, líder do ótimo grupo de meninas Savages, agora é apresentadora de um programa musical com bate-papo bom.

ECHOES está indo ao ar no canal francês ARTE e quem esteve por lá recentemente foi o grande King Krule. Ele gravou o programa dias antes do lançamento de seu terceiro álbum, “Man Alive”, e por lá tocou seis músicas novas.

O programa vai ao ar na TV dia 1º de maio, mas já está disponível na internet como “um presente aos fãs”, já que os shows praticamente no mundo todo estão suspensos.

Sobre o ECHOES, Jehnny disse em entrevista recente que era um projeto que ela queria se envolver há um bom tempo. “Sempre quis reunir músicos e permitir que essas pessoas do nosso meio se interajam. Compartilhar nossos erros, nossas histórias engraçadas, prazeres, arrependimentos. É um reflexo natural durante as conversas entre artistas. Quero trazer para o público o tipo de discussões mais íntimas e inspiradoras que testemunhei tantas vezes”.

A apresentação do King Krule, inédita, pode ser conferida abaixo.

>>

Veterano de 25 anos, King Krule libera “Man Alive!”, seu primeiro álbum em três anos

>>

240816_kingkrule2

O ruivo de voz cavernosa Archy Marshall, que conhecemos melhor como King Krule, lança nesta sexta-feira, o dia oficial de lançamentos de discos no mundo todo.

“Man Alive!” possui canções de um projeto anterior, o filme “Hey World!”, feito pelo próprio britânico de 25 anos. Este é o primeiro disco do King Krule desde 2017 e sucede o bom “The OOZ”.

Puxado por ótimos singles como “(Don’t Let The Dragon) Draag On” e “Cellular”, o álbum com as 14 canções pode ser ouvido abaixo.

>>

Com vídeo animado e surreal, King Krule divulga último single do novo álbum que sai nesta semana

>>

230817_kingkrule2

O menino King Krule, talentoso, viajado e dono de uma voz singular, vai lançar na próxima sexta-feira, dia 21 de fevereiro, seu aguardado disco novo.

“Man Alive!” terá canções do filme “Hey World!”, feito pelo próprio, e acaba de ganhar seu último single antes do lançamento. Trata-se de “Cellular”, faixa responsável pela abertura do projeto, apresentada em um vídeo animado e psicodélico, feito por Jamie Wolfe.

No total são 14 músicas novas neste primeiro projeto do cantor e músico inglês em três anos. O vídeo para “Cellular” pode ser conferido abaixo.

>>