Em kings of convenience:

Top 10 Gringo – Ranking robusto desta semana reúne no topo Billie Eilish, Royal Blood, Girl in Red e grande elenco. Mas… Anitta??

>>

* Têm semanas que montar o nosso top 10 é dar atenção a artistas que a gente acabou de conhecer e nem sabe ainda muito qual é a deles. Porque tudo que seguimos mais de perto às vezes anda devagar. Nestes dias essa situação não rolou. Uma galera que a gente já acompanha, segue e presta atenção parece ter combinado de soltar novidades excelentes de uma só vez. Uma fato que deixou nossa missão bem complicada aqui, com vários potenciais números 1 na mão. Se o que a gente sempre fala aqui, que o importante é a playlist gostosa que essas músicas reunidas gera, isso não chega a ser complicaaaaaado exatamente, né? Charminho nosso.

billietopquadrado

1 – Billie Eilish – “Your Power”
A missão do segundo disco é um trabalho árduo mesmo quando o primeiro não bombou, digamos. Imagina então quando esse seu álbum de estreia é um múltiplo vencedor do Grammy que te levou a conquistar o mundo inteiro até mesmo antes de ser lançado? É daí que Billie Eilish assume essa complicada missão, que tudo indica que será bem-sucedida, incluindo até algumas transformações de personalidade, sinal de crescimento, de querer sair do lugar onde sempre esteve. Até agora os três singles de “Happier than Ever” são excelentes e o mais recente, “Your Power”, além de revelar mais a fundo novo visual e postura, relevam uma Billie ainda mais afiada e sutil em seu recados na letra corajosa que expõe uma questão tão pessoal – um retrato sobre abuso de poder em um relacionamento, talvez inspirado em seu próprio namoro com um cara mais velho. Cada um com suas cobras, ela mostrando a dela.

2 – Royal Blood – “Trouble’s Coming”
Ao se reinventar mais “dançante”, e aqui as aspas são importantes, o duo do Royal Blood conseguiu dar um novo gás para o seu som e garantir a sua volta às principais arenas do rock mundial – quando elas tiverem funcionando a toda, lógico. Proporção é uma questão aqui. Em uma banda com a fama do duo Royal Blood movimentos bruscos são sempre sentidos por fãs e não fãs. Um erro e acabou. Mas não é o caso da vez. Aqui eles entregam vários prováveis hits que podem tocar sem medo em rádios pelo mundo. Talvez ele percam algum fã mais radical no processo, mas é do jogo.

3 – Black Midi – “Slow (Loud)
A versão loud de “Slow”, novo single do Black Midi lançado nas plataformas, é a mesma música que estará no disco novo que vem aí, só que ligeiramente mais alta, como descreveu a banda. Lógico que gostamos da versão mais barulhenta e pegada. Sendo o conteúdo o mesmo, vale notar que o Black Midi deve aperfeiçoar sua lógica complicada de nos fazer perdidos em tentar rotulá-los (jazz? indie? experimental?), proposta em seu primeiro álbum, repetindo a tarefa agora em “Cavalcade”, a segunda aventura de estúdio da banda prevista para o fim do mês. A gente já ouviu por aqui e entrega um spoiler rápido: está menos jam, mais melodioso. Mas do jeito Black Midi, claro.

4 – Girl in Red – “Did You Come?”
A gente sabia que ia amar o disco de estreia da norueguesa Girl in Red, que saiu sexta passada. Além dos singles que já curtíamos todos, um petardo desses em direção a um namorado que traiu a narradora da música. Não é lamento, não. É um chega para lá daqueles. Dolorosamente divertido.

5 – Kings of Convenience – “Rock Trail”
Foram 12 anos sem música nova, mas a dupla norueguesa do altão Erlend “Shhhh” Øye com o parça das antigas Eirik Glambek Bøe não perdeu a forma que consagrou seu trabalho lá atrás. Uma afiada dupla de violões e vozes que se encontram harmoniosamente em belas melodias e climas deliciosos, arriscamos a dizer um parente de uma MPB bem feita, cancioneira. No caso do KoC, sabe aquele som que pede uma tarde de sol, um vinho, um parque, alguns amigos? Tem quem ache caído, pode ser, mas nem tudo é ruído nesta vida barulhenta.

6 – Beach Bunny – “Cloud 9”
Quem acha que no TikTok não tem espaço para hits com guitarras tem que escutar “Cloud 9”, megafenômeno do pequenininho grupo americano Beach Bunny, de Chicago, quarteto indie liderado pela fofa Lili Trifilio. São 78 MILHÕES de streams na plataforma jovem-dancinha. Pensa. Esse sucesso alavancou a música em ambientes mais tradicionais, como o Spotify e até programas de TV nos EUA, que a banda até já frequentava antes de ser tornar fenômeno. É que agora o status dessa molecada é/está outro.

7 – Teenage Fanclub – “Silent Song”
Teenage Fanclub não tem erro. Em seu novo álbum, “Endless Arcade” a sempre linda banda escocesa não só se mostra que está firme em sua “velhice indie” (aqui tem um conceito que talvez seja desnecessário explicar) como segue produzindo, talvezzzzzz, um de seus melhores repertórios, se você praticar o desapego ao passado. “Silent Song” é sobre uma poderosa música que não precisa de palavras: a mensagem está no olhos, na alma. Uma conexão dessa dispensa palavras.

8 – Burna Boy – “Kilometre”
Burna Boy conquistou um Grammy ano passado na categoria meio controversa da polêmica premiação da indústria americana que é a de world music – mas é o Grammy, né? Outro papo. Com boa entrada nessa indústria citada, na imprensa pop dos EUA e bombando Billboard, o artista nigeriano soltou um single que comemora esse sucesso todo e ao mesmo tempo avisa aos novatos, nesta sua música, que sua trajetória de sucesso não começou ontem, com esse tardio reconhecimento do “primeiro mundo”. Ele já tem sua estrada. Estrada quilométrica. Respeita o cara.

9 – Violet Grohl e Dave Grohl
Que voz tem a filha do Dave, Violet, 15 anos. É um barato ver a dupla aqui no primeiro single dela, com protagonismo realçado ainda que numa música de outro, um cover esperto da sensacional banda punk X. E ainda mais a versão ao vivo que rolou em um programa de televisão nos EUA, que contou com o ex-Nirvana Krist Novoselic no baixo e o ex-Slayer Dave Lombardo na bateria. Se o pai liberar o zap para mais convites desse porte, Violet já tem algumas superbandas para imaginar.

10 – Anitta – “Girl from Rio”
Anitta é brasileira, mas achamos que vale a brincadeira de jogar ela aqui entre os gringos. Até porque (1) a música é de exportação, cantada em inglês, e (2) a meta dela nesta canção e ultimamente na vida é começar a rivalizar de vez com os grandes nomes do pop mundial. E talvez role. É um acerto a maneira como ela pega uma das canções mais populares e brilhantes da história, que é “Garota de Ipanema”, e dá seu toque moderno nos novos versos. Quer forma melhor de tocar corações do mundo todo com uma melodia que já está lá, mas para uma nova geração? A gente comenta melhor na CENA. Apropriação cultura? Our asses.

*****

*****

* A imagem que ilustra este post é da nova Billie Eilish nova.
* Este ranking é formulado por Lúcio Ribeiro e Vinícius Felix.

>>

Primavera Sound, Barcelona. Balanço final

>>

Chegou ao fim o cada vez maior Primavera Sound, realizado na cidade de Barcelona, um dos eventos que dá boas vindas aos inúmeros festivais do verão europeu. Durante cinco dias, mais de 200 atrações se espalharam por 8 palcos no Parc Del Fórum, na cidade do time do Messi.

O evento, que foi mostrado em partes ao vivo pelo YouTube, reservou uma programação mais “indie-indie” no sábado e no domingo, se é que você me entende.

Nomes importantes como Beach House, Kings Of Convenience, Black Lips, Verônica Falls e Justice estiveram entre as atrações do final de semana. No total, cerca de 150 mil pessoas participaram do Primavera Sound, que terá uma versão portuguesa, no Porto, no próximo final de semana.

Já Barcelona se prepara para mais um grande evento. Na semana que vem acontece o big Sónar Festival, em sua “casa”, com Hot Chip, James Murphy, Lana Del Rey, New Order, Fatboy Slim, The Roots, deadmau5, Flying Lotus, Friendly Fires e Metronomy. Só para citar 10. Se tudo der certo, vamos conferir esse de perto.

Alguns amigos da Popload que estiveram in loco no Primavera Sound fizeram seus Top 5 entre as dezenas de shows do evento. Vamos às listinhas:

Marcelo Costa (Scream & Yell e Sonora)
1) Jeff Mangum
2) Spiritualized
3) Refused
4) Girls
5) The Weeknd
Menção honrosa: Afghan Whigs, Wedding Present e Wilco

Rodrigo Levino (Folha de São Paulo)
1) Afghan Whigs
2) Jeff Mangum
3) Girls
4) Spiritualized
5) The Weeknd
Menção honrosa: Wilco

Paulo Terron (Rolling Stone Brasil)
1) Big Star’s Third / Sister Lovers
2) Afghan Whigs
3) Jeff Mangum
4) Wavves
5) Marianne Faithful
Menção honrosa: The Weeknd


Atlas Sound


Kings Of Convenience


Justice

>>

Tem Quer Ver Isso Aí: a semana na POPLOAD

>> SHOWS & FESTIVAIS:

– Saiba como foi o UMF: o Old Order, os cabelos Skrillex e a eletrônica punk metal.
POPLOAD GIG 9: KINGS OF CONVENIENCE
KoC fazem o João Gilberto. Sshhh.
POPLOAD GIG 10: Breakbot e Drunk Disco (Curitiba) irão dividir o palco com o The Rapture. Woohoo! o/
POPLOAD GIG 10: THE RAPTURE. Não é por nada, não, mas já está ‘meio’ sold-out.
LIBERTINES em… Goiás: CARL BARAT soltinho pelas ruas de Pirenópolis.
Momento EGO: Carl Barat toma ‘breja’ em Goiânia, e COM TRUISE passeia pelo Rio.
– Os NOVOS CURITIBANOS no SxSW.
OOOOPS: site do SÓNAR é o novo pôster do LOLLAPALOOZA!

>> O espírito do CLASH: Mick Jones aprontando aaaltas confusões.

>> MIIKE SNOW DIABÓLICO.

>> OCCUPY RADIOHEAD.

>> O tal do dubstep, minha gente…: SKRILLEX, em gráficos.
>> Djâstan Bieber também quer brincar de dubstep.

>> AAAAH LANA da Semana:

– A capa do disco e a Laninha, aos cinco anos de idade.
POPLOAD WAS THERE: Lana Del Rey ao vivo em NY.

>> Nossa nova banda predileta é…: SUBBURBIA, de Curitiba. Dá uma olhada neste vídeo.

>> SEMANA BLACK KEYS:

– Acompanhe a Popload stalkeando o BLACK KEYS!
– Popload ainda na cola deles.
“Lonely Boy”, ao vivo no The Colbert Report
“Gold on the Ceiling”, ao vivo no David Letterman.
– Mais: vídeo de fã, entrevista e mais uma versão ao vivo de “Gold on the Ceiling”

>> FOSTER THE PEOPLE da semana: Novo vídeo, novo remix.

>> REQUEBRAAAA! O Tropicalismo Tropicaô Tropicaliente do novo indie.

>> O RAP É O NOVO ROCK — Parte 4: iAM1 e o… FOLK-HIP-HOP! o_O

>> Não sobrou espaço (cóf cóf) pra mais ninguém: ADELE é a número 1 de 2011, segundo a “Rolling Stone”.
>> Para a NME, o ano também foi das minas: melhor álbum para a PJ Harvey! E melhor música para… *rojões* Lana Del Rey *rojões*

>> SHHHH – PARTE I: Não Existe Silêncio em SP, o dossiê.

>> O MELHOR DO TWITTER: edição SSSHHHHHHH – Parte II

O MELHOR DO TWITTER: THE SSSSHHHHH EDITION

>>

* Os comentaristas do site de microblog Tuírer dizem o que pensam sobre: os shows em São Paulo, as taxas de (in)conveniência, o futebol, a “Playboy”, as roupas da Patrícia Poeta, o cabelo da Fátima, o Instagram e até sobre a Gal. As imagens são do meme do ano, o tal do dubstep.

 

@sosjorginho E VOCÊ QUE ACHAVA QUE A CANTORA DO LED ZEPPELIN ERA MAIOR NEGONA PELA BONITA VOZ QUANDO FOI VER , MÓ LOIRINHO AZEDO

@chicobarney Esse frio em dezembro é mais uma prova da dominação ianque na nossa cultura popular

@Rafalopers Derrubei todo yakult no chão maior lactovacilo

@oimperador Imagina se o Tolstói tivesse nascido em Goiânia, Guerra e Paz se chamaria Entre tapas e beijos.

@malvados Fui para São Paulo em um Fokker da Avianca. Foi meu primeiro momento de religiosidade em 37 anos de ateísmo.

@caioo “Eu tenho vontade de jogar uma boneca inflável na estação consolação/paulista às 6h da manhã pra ver até onde ela chega”

@FabioRex Eu uso oculos escuros no metrô e fico fingindo q sou o jack nicholson no oscar

@neozeitgeist Vdd. Uma vez cheirei a timeline toda e qse rolou uma Cassia Eller RT @estadao Twitter causa mais danos que cocaína, diz governo chinês

@mashable Angry Birds Dress Makes Big Fashion Statement http://on.mash.to/u1lE7B

 

 

@christel_escosa Musically speaking, Kings of Convenience @Cine_Joia were lovely. But I don’t like being talked to like I’m a five year old child. #Sorray

@renatissima Sabe qdo vc tá na escola, prestando atenção, anotando, mas a professora fica parando pra dar bronca? #PoploadGig

@ivanmarsiglia Quem viu me esclareça, por favor: Kings of Convenience achou que era João Gilberto ou o público do Cine Jóia achou que era a Vila Olímpia?

@josepelegrini Daqui a pouco o KOC vai começar a exigir que só entre no show gente com uma relação estável, dentro dos preceitos do ‘cara lá de cima’

@reverbcity Olha o KOC ontem no Cine Joia http://youtu.be/MqjzYXCQ2M8 (palmada em quem cantou junto, não pode! hehehehehehehehe)

@yadayadayada Queria ir num show do KoC com um megafone só para gritar “pamonha, pamonha, pamonha! pamonha de… Piracicaba! o puro creme do milho!”

@yadayadayada POR FAVOR, SILÊNCIO NO TWITTER: tá tocando KoC no meu ipod.

@leodiaspereira Uma banda de funcionários da Ticketmaster chamada Kings of Tax Convenience

@dgdgd A TAXA DE INCONVENIÊNCIA É O FLANELINHA DO ROCK

@aiturrusgarai Meu GPS é tão vagabundo que, se eu estiver na Suiça, marca “Gramado”

@gravz Em minha lápide estará escrito: NÃO FECHEM A ABA DA BARBARA EVANS

@Barbaraevans22 Genten!!!! Até o papai noel do shopping tem a minha playboy  #choquei hahahaha http://pic.twitter.com/8vuDbEhw

 

 

@mauriciostycer Sócrates, doctor-folksinger-activist http://nyti.ms/tx6SR1

@felipem79 A rádio BBC 5 Live agora presta homenagem ao Sócrates com um programa de meia-hora. Abriram com vinheta de narração sobre uma música do D2

@alecduarte No obituário, The Economist chama Sócrates de ‘handsome’http://is.gd/51Q9rQ

@Palmeirenses_ Sócrates queria morrer com o Corinthians campeão e assim foi. Vou falar q quero morrer com o Corinthians campeão da América pra ser imortal.

@microcontoscos Acabou o futebol. Já é? ( ) Natal ( ) Carnaval ( ) BBB

@FabioSRN Flamengo, Vasco e Fluminense na Libertadores. Botafogo é um bairro bonito

@RMotti Devia ter uma rede social pra galera ficar buzinando e deixar nós não-campeões em paz

@microcontoscos “Ai, como eu tô bandida!” (Cartaz segurado por torcedora corintiana no Pacaembu)

@gpavoniO Lupi escolher um dia de rojões, comemorações e buzinaço pra entregar o cargo? Boa estratégia, hein

@Dflorenzano Sorrateiramente, num domingo à noite, dividindo atenções c/ o Brasileirão, Carlos Lupi pede exoneração do cargo! Coragem, virtude de poucos!

@chicobarney Um filme tipo Alta Fidelidade, mas é um cara que vai na casa das pessoas perguntar pq deram unfollow

@FabioRex A Gal é tipo uma Maria Bethania só que sem a testa de cachalote

@oluizmarcondes STALKER é uma palavra muito pesada. Prefiro o termo “admirador investigativo”

@EWDarrenFranich Chewbacca will be on “Glee.” The universe is exploding. http://t.co/2Q2RAbwc

 

 

@diegomaia Swedish House Mafia mandando um remix de Coldplay. O mundo não fica mais mocassim do que isso

@ferrrr Eu doo meu rim se alguém me convencer que tem uma experiência prazerosa no show do DFA

@SylvainJustum Não trate como New Order quem te trata como Soulwax

@flaviadurante O show do DFA deve ser a mesma sensação de ter o saco apertado! deve ser isso!!!

@gangrenadiario Bernard Summer, uma mistura das reclamações de João Gilberto e um Elton John sem ginga

@renatissima Será q eu me irrito com o cara de regata cantando o ooô de Use Somebody no meio do show do Old Order (risos) #UMF

@diplo Stole a drum stick from new orders backline gonna make a tune called “bizzare dub triangle” http://lockerz.com/s/161831274

@diplo Diplo + caetano veloso kinda big deal http://lockerz.com/s/163270275

@kamille Tumblr da semana (viciante): Awesome people Hanging out with Pregos –http://awesomepeoplewithpregos.tumblr.com/

@garconetchen GENTE INSTANLEI ESSE STRAGAM NO MEU ANDROID E TOU TIRANDO FOTO DO ANIVERSAIRIO DOS MEU AFILHADO http://yfrog.com/od585ej

@tiposdehipster Hipster que vai reclamar da orkutização do Instagram no Android, mas pagou o iPhone em 24x

@djmulher PAGODE HIPSTER ——–> http://on.fb.me/snqG5n

@biagranja Pra nossa satisfação, as fotos de Mark Zuckerberg que cairam na rede já viraram MEME!http://ow.ly/7RQpn :)))

@gustavomiller Emicida bateu Capital Inicial na categoria arroz de festival: Urban Music, Coachella, Rock in Rio, SWU, Sonar… Tudo check!

 

 

@encostanoacosta E-MO-CI-O-NAN-TE essa retrospectiva de cabelos de fátima bernardes! to chorando aqui

@alvaroleme Fátima Bernardes: uma carreira que se divide em AP E DP (antes e depois da PROGRESSIVA)

@tuliopb Jornal Nacional da transição Fátima-Poeta entrou para o Hall de Bizarrices da Globo, ao lado do nascimento da Sasha e debate de 1989

@alvaroleme Uma coisa chama a atenção no vídeo retrospectiva da Patricia Poeta: ela sempre combinou a sombra de olho com a blusa. MEDO

@maritramontina William Bonner: “Bonita também é sua… carreira, Patrícia”. Ufa, Fátima!

@tiposdebiscat Biscat que tá vendo o JN e querendo enxergar maldade em tudo: “OLHA LÁ, OLHA A CARA DE ÓDIO DA FÁTIMA OLHANDO PRA PATRÍCIA POETA”

@danilocorci RT @PatriciaPoeta: I just ousted @FatimaBernardes as the mayor of Jornal Nacional on @foursquare!

@JuliaJups Pronto, globo. agora todo dia soa como domingo. VLW

@katylene Fatinha agora vai poder fazer o jantar praquele bando de criança e ficar escolhendo lãnjerrie pra apimentar a relação #BotaForaDaFatinha

@pauloborgia Gente… RT @realwbonner: Lenços ao alcance da mão

@rlevino Essa roupa da Patrícia Poeta não pode ter sido uma escolha

@pinkywainer Mas porque a Pat Poeta acredita tanto num cetim?

@encostanoacosta Fico muito feliz que a patricia poeta mude pro jornal nacional. afinal, lá só dá pra ver a parte de cima da roupa dela. ;=)

@aperteoalt Fico pensando no Bonner e na Fátima Bernardes tendo uma DR. Deve ser meio “…e eu acho isso! É com você, Bonner”.

@alemaouc Se 2011 fosse uma mulher, eu casava na hora

 

>>

Não existe silêncio em SP

>>

* Ou: São Paulo I love you, but you bring me (them) down.

* São Paulo anda chateando os artistas. O sujeito que diz que não tem amor nesta cidade, o rapper rapster Criolo, toca hoje à noite no Cine Joia, com ingressos esgotadíssimos. As entradas sold-out, o pedido de imprensa e a forte solicitação de “cortesias” dão a medida da fama do Criolo na “superfície” sonora paulistana. Para o Criolo, “vamos fazer barulho aê”.

* Polêmica do dia foi a Popload Gig de ontem, com o grupo norueguês Kings of Convenience tocando no Cine Joia. A cada música, o singular Erlend Oye pedia silêncio para as 1300 pessoas que abarrotaram a casa para vê-lo. Para criar um clima de mantra para as delicadas músicas da banda. Mas foi se irritando, chegou a pôr a mão no ouvido na hora das palmas, disse que achava que o público paulista fosse melhor que o carioca (para provocar) e para amigos disse que dificilmente tocaria de novo em SP. Mas horas depois se desculpou no Facebook do Kings of Convenience. “I can only apologize. I behaved very un-professional. Sorry to you and everyone in the crowd. Erlend.” Muitos fãs reclamaram do jeito rude de Erlend. Outro tanto reclamou da falta de educação mesmo do público paulista. Outro tanto reclamou da casa. Outro tanto não reclamou de nada e amou o show. E então seguimos com nossa programação…

>>