Em kiss:

Kiss fez o último show do mundo em 2020. E o mais caro. Assista as duas horas da apresentação em Dubai

>>

Captura de Tela 2021-01-04 às 9.57.27 AM

* O espalhafatoso grupo de hard rock americano Kiss, formado nos anos 70 e ainda kicking (mais ou menos), fez um grandioso show de despedida de 2020 em Dubai, nos Emirados Árabes, no dia 31 de dezembro, quinta passada. A apresentação especial, que aconteceu no famoso hotel Atlantis, teve transmissão ao vivo para o mundo via streaming, mas 3 mil fãs foram permitidos na plateia, dentro de condições de distanciamento exigidas.

O Kiss estava no meio de sua turnê final, que deve continuar em 2021 por mais 150 shows, se a pandemia deixar.

No show do Ano Novo, ou despedida do complicado ano velho, o Kiss tocou por mais de duas horas seus principais clássicos. O streaming, cujos passes para assistir pela internet custavam de US$ 40 a US$ 1000, foi em 360º, com 50 opções de câmeras.

Foi anunciado ainda que o custo de produção desse concerto do Kiss foi recorde: U$ 1 milhão foi gasto em pirotecnia e US$ 750 mil em cuidados anti-Covid.

Por que em Dubai? A banda revelou que escolheu os Emirados para um show desse porte por causa do controle que o país árabe tem da pandemia. E que nos EUA os riscos seriam bem maiores. E que um espetáculo desses em Dubai dá um caráter global de música e viagem que combina com o jeito Kiss de ser. Ok…

O show inteirinho, por enquanto, está aqui embaixo.

>>

Coronavírus update: shows de Billie Eilish, Morrissey, Post Malone e outros estão suspensos pelo mundo no mês de março

>>

030220_billie2

Duas das maiores empresas de entretenimento do mundo, a Live Nation e a AEG resolveram adiar turnês de seus artistas no mês de março devido à pandemia do coronavírus.

A medida afeta shows de nomes como Elton John, Billie Eilish, Kiss, Post Malone, TOOL, Morrissey, Thundercat, entre outros, pelo mundo todo.

Nas últimas horas, diversos eventos foram adiados/cancelados, incluindo o South by Southwest, o Coachella e o Lollapalooza Argentina, além de shows de artistas como Madonna, Pearl Jam, Liam Gallagher e Tame Impala.

Morrissey Performs at The Anthem in Washington, D.C.

>>

Só acaba quando termina: KISS anuncia turnê de despedida para valer e inclui quatro shows no Brasil em 2020

>>

041119_kiss4

Banda que mais faz despedidas no mundo ao lado do Exaltasamba, o KISS anunciou a que eles garantem ser enfim a última turnê da carreira, que começa no fim deste ano e termina só em 2021.

Entre as dezenas de datas estão quatro no Brasil para maio do ano que vem. A primeira delas será dia 12/5, em Porto Alegre. Dois dias depois, será a vez de Curitiba receber o grupo. A turnê seguirá para São Paulo, no Allianz Parque, no dia 16 de maio, e termina em Uberlândia, no estádio Parque do Sabiá, dia 19 de maio.

A perna latina da despedida do KISS inclui shows também em El Salvador, Costa Rica, Colômbia, Peru, Chile, Paraguai e Argentina.

Chamado de “End Of The Road”, o giro mundial começa pela Oceania em novembro deste ano. A data oficial de despedida é 17 de julho de 2021, em Nova York, onde a banda foi formada.

“Esta será nossa última turnê. Será o maior e mais explosivo show que já fizemos. Pessoas que nos amam, venham nos ver. Se você nunca nos viu, essa é a hora. Será o show”, destacou Paul Stanley, em comunicado à imprensa.

>>

Os pequenos indies vs. os MONSTROS DO METAL: Balaclava Fest equilibra as guitarras no final de semana

>>

* De um lado do ringue, Ozzy Osbourne, Kiss, Judas Priest, Motorhead, Manowar e demais integrantes da galera da pesada, literalmente. Todos amontoando metaleiros numa Arena Anhembi lotada neste final de semana em São Paulo.

Do outro lado… os indies.

Untitled-1

O atuante selo-produtora-banda-agitadores da Balaclava armou para este mesmo final de semana, no “indie” Centro Cultural de São Paulo, com ingressos a R$ 20 a inteira, por dia, o Balaclava Fest, evento que reúne uma banda de Portland (nem o Brooklyn, NYC, é mais indie que Portland hoje em dia), a Shivas, o distinto senhor Mac McCaughan, que já foi e, vá lá, é líder do Superchunk (uma das bandas mais indies da história), além de uma dupla de bandas do próprio selo, os brasileiros Shed e Soundscapes. O sábado tem Shivas + Shed, o domingo traz Mac Superchunk e Soundscapes.

Ozzy, Shivas (foto acima), Kiss, Mac McCaughan, Judas Priest, Palmeiras, Santos.

São Paulo vai ser um agito neste final de semana.

>>